Desabilitando o indexador de arquivos Baloo no KDE Plasma

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 21/03/2018

[ Hits: 9.403 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Desabilitando o indexador de arquivos Baloo no KDE Plasma



Seres humanos e ubunteiros, aqui começa mais uma Dica do Dino® trazendo para todos vocês a alegria de usar um bom, velho, sujo e fedorento terminal. Hoje eu decidi experimentar o KDE Plasma, já que me fizeram uma propaganda ótima dele, e em menos de uma hora de uso eu notei que o meu Slackware estava tão lento quanto um Debian-like desenvolvido por um astronauta quebrador de sistemas operacionais e cujo o nome significa "eu não sei GNU/Linux" em um idioma africano qualquer. Como um bom Dino®, revirei o computador até descobrir o vilão.

O KDE Plasma possui um serviço de indexação de arquivos chamado Baloo, que é tão gordo, pesado e lento quanto o urso homônimo da animação Disney. Não é de hoje que os usuários reclamam sobre a voracidade que esse serviço possui em consumir recursos de máquina, e não é de hoje que essas reclamações são ignoradas pela equipe do KDE. Aqui no meu computador esse ubunteiro bateu nada mais, nada menos, do que 50% de consumo de RAM e 45% de processamento. O pior que eu não poderia desinstalar esse pedaço de Fedora porque o Dolphin não executa sem ele. Legal, né?

Para a sorte de todos os envolvidos, o Dino® sempre consegue chegar a uma solução simples que envolve o uso casual de um terminal - essa pequena coisa que marca a distinção entre win-users e GNU/linuxers. Enfim, vamos aos procedimentos?

Removendo o Baloo da inicialização automática

Esse é simples. Execute os comandos:

# rm /etc/xdg/autostart/baloo_file.desktop
# touch /etc/xdg/autostart/baloo_file.desktop


O touch é para garantir que o KDE não tente recriar o maldito arquivo.

Modificando o $HOME/.config/baloofilerc

O arquivo $HOME/.config/baloofilerc contém todas as configurações que o Baloo usa. Para desabilitar o indexador de arquivos do Shuttleworth, é preciso apagar o conteúdo do $HOME/.config/baloofilerc e substituir por:

[Basic Settings]
Indexing-Enabled=false

[General]
first run=false

Matando o ser divino de vez

Para finalizar o procedimento, nada como um uso maroto de:

rm -rf ~/.local/share/baloo
$ kill -9 $(pidof baloo_file)
$ kill -9 $(pidof baloo_file_extractor)


Reinicie o computador imediatamente após a execução desses comandos. Voilá! Adeus Baloo!

Conclusão

E é isso, senhores, aqui termina mais uma Dica do Dino®, que deseja a todos vocês um sonoro GET SLACK OR DIE!!!

Outras dicas deste autor

Gerencie a bateria do seu notebook usando o powertop

Atualizando Fedora 21 para 22 sem usar FedUp, Yumex ou Fedy

Software Data Cable - Transfira arquivos de aparelho Android para computador via Wireless

Imprimindo para PDF a partir de programas rodando sob o Wine no openSUSE 13.2

Plugin Pipelight no Fedora 20

Leitura recomendada

kappfinder: utilitário que busca e cria links no KDE

Configurando HSP56 MR driver Smartlink no Ubuntu 9.04

Squid - Calculando cache_dir e cache_mem

Configurando aceleração 3D e Compiz-Fusion no Mandriva 2009.0

Terminal Transparente no Manjaro Gnome

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Jefferson_Tadeu em 07/06/2020 - 21:09h

Esse serviço influência na inicialização do sistema?
Notei que o kde plasma no kubuntu 20.04 é uma verdadeira carroça pra iniciar.
Leva cerca de 60 segundos só pra chegar na tela de login após selecionar o sistema no menu do grub, e mais uns 40 segundos pra iniciar o desktop após entrar com a senha no login.

Minha máquina é um Xeon X5460/ 8gb ddr2/ HD 160gb + HD 500gb. Em dual boot com windows onde o windows está no HD de 160gb e o kubuntu no de 500gb.

Sei que não é um hardware muito atual, mas já notei um início bem mais rápido em outros distro Linux ou windows.

Sou iniciante em Linux, tem como eu criar uma espécie de ponto de restauração antes de fazer modificação no sistema para poder restaurar caso algo de errado e bug o sistema?

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 21/04/2021 - 20:56h


Muito bom. Vou testar aqui.
___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[3] Comentário enviado por Zansa em 25/10/2021 - 09:09h

Excelente dica, utilizo o Manajro e esse indexador por diversas vezes travou meu sistema, inicialmente achava que com o tempo melhoraria, não sei se pq tenho muitos arquivos em mais de um disco, infelizmente só piorou com o tempo e tentei diversas soluções que andei encontrando na internet por fim desisti e acabei por desativar. Embora a ferramenta teoricamente é útil e eu utilizava acabou se tornando uma dor de cabeça com o tempo, ele costuma topar o processador minha memória RAM e ainda dava conta de encher minha swap.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts