Deixando o SU colorido no Slackware

Publicado por David em 17/11/2005

[ Hits: 8.833 ]

Blog: http://twitter.com/dias_david

 


Deixando o SU colorido no Slackware



Se você usa Slackware, deve ter notado que o ls não sai colorido quando você precisa usar o su (e olha que no Slackware se usa bastante!). Essa dica é só por padrão estético, para que o su fique com ls colorido!

Como usuário root (pode ser no SU mesmo), crie um arquivo em /root chamado .bashrc (lembre-se do ponto no início, ele está oculto). Este arquivo é responsável por carregar variáveis sempre que um usuário for utilizar o sistema, mesmo que não se logue. Coloque em /root/.bashrc as seguintes linhas:

export LS_OPTIONS=--color
alias ls="ls $LS_OPTIONS"

Isso cria uma variável chamada LS_OPTIONS, cujo conteúdo é a sintaxe --colors (que faz o ls ficar colorido) e um alias que diz que sempre que alguém digitar ls, o comando ls --color deverá ser executado.

Caso queira incrementar mesmo o negócio, pode copiar as linhas do arquivo /etc/profile que tratam das cores no ls, procure nesse arquivo por dircolors e lscolors.

É isso e que a força esteja com vocês!

Outras dicas deste autor

Resolvendo cores e resolução da tela nas placas Permedia 3DLabs no Ubuntu 8.04

Usando o seu CD do Slackware como disco de boot

Corrigindo desmontagem automática no HAL com Debian Lenny

Renomeando nomes de documentos no Google Docs

Leitura recomendada

VirtualBox não reconhece dispositivos USB do hospedeiro (host)

Notificação de e-mail (Gmail) com notify-send

Ubuntu 10.04 / Gnome 2.30 - Barra de localização "editável" do Nautilus

Como instalar o KDE no Ubuntu 11.10

Manjaro com Kernel panic após múltiplo-boot [Resolvido]

  

Comentários
[1] Comentário enviado por igorsds em 18/11/2005 - 11:39h

legal.. valeu ae pela dica..

[2] Comentário enviado por henbran em 27/12/2008 - 12:07h

Boa Tarde.

Editei o referido arquivo, porém no Debian e o que muda é somente que as linhas já estão lá, porém comentadas. Basta descomentá-las. Observação importante é que no Debian a linha => export LS_OPTIONS=--color, usa aspas simples; e a linha =>
alias ls="ls $LS_OPTIONS" também usa aspas simples.

E VIVA O LINUX.
Paulo
www.henbran.com.br



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts