Ctrl+C e Ctrl+V no Terminal Linux

Publicado por Mauricio Ferrari em 24/05/2020

[ Hits: 1.788 ]

Blog: http://linguagemcfacil.mozello.com/

 


Ctrl+C e Ctrl+V no Terminal Linux



Ultimamente, me veio essa ideia na cabeça de configurar o terminal do Linux para usar somente Ctrl+C e Ctrl+V. O terminal do Linux vem configurado por padrão para copiar e colar com Ctrl+Shift+C e Ctrl+Shift+V.

Muitos usuários iniciantes no Linux reclamam que não conseguem copiar comandos no terminal justamente porque querem usar o método tradicional de copiar e colar e que no terminal os comandos para isso são diferentes. Por isso, decidi resolver essa questão e ensinar um método simples para copiar e colar no terminal pelo método convencional.

Primeiramente, vamos considerar que essas que essas configurações são específicas de cada terminal e deve-se realizar o mesmo procedimento em todas. Eu vou usar como exemplo o Konsole do KDE.
Vamos primeiro analisar um problema, quem já tem mais experiência no Linux sabe o papel do Ctrl+C para encerrar scripts e programas executados via terminal. A cópia com o Ctrl+C não irá funcionar, pois ao tentar fazer a cópia o terminal irá travar sendo impossível realizar outras tarefas nesse terminal se não fecha-lo e iniciá-lo novamente. Como alternativa, é possível desabilitar o sinal de interrupção ^C gerado pelo Ctrl+C para a finalização de scripts usando o stty:

stty intr ""

Mas como eu acho importante ter um sinal de interrupção do tipo, eu uso:

stty intr ^X

O Ctrl+X passa a fazer o papel do Ctrl+C que agora está liberado para a uso.
Mas para a alteração persistir, o comando deve ser salvo no .bashrc:

stty intr ^X >> $HOME/.bashrc

Agora em Configurações, vamos em Configurar Atalhos...

Clique em Colar, Personalizado e ao clicar em Nenhum você vai poder fazer a atribuição pressionando Ctrl+V.

Em Copiar, Personalizado e ao clicar em Nenhum você vai poder fazer a atribuição pressionando Ctrl+C.
Agora, ao fazer o teste, você verá que agora você irá copiar e colar os comandos no terminal como você sempre quis.

Outras dicas deste autor

Gerenciador de Arquivos no Modo ROOT

Sed - duplicando linhas

Melhor Controle de Memória de Strings em C

Instalando o Shutter no Linux Mint 20 e Ubuntu 20.04

Limpeza Extra no Slackware

Leitura recomendada

Habilitando temas no Grub 2

Personalizando o sidux, agregando repositórios e alguns aplicativos criticos

Ethereal resolvendo dependência da libnetsnmp.so.10

Erro ao compilar ffmpeg4 [Resolvido]

Resolução em "modo texto"

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 24/05/2020 - 13:55h

Curti esse hack, vou usar aqui.

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 24/05/2020 - 15:22h

Só tem um probleminha no qual não me liguei, o comando "stty intr ^X" deve ser inserido no .bash para persistir e esqueci de colocar aí.

$ stty intr ^X >> /home/$USER/.bashrc

Aí já fica para todos os terminais.



___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 02/06/2020 - 22:55h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 24/05/2020 - 15:22h

Só tem um probleminha no qual não me liguei, o comando "stty intr ^X" deve ser inserido no .bash para persistir e esqueci de colocar aí.

$ stty intr ^X >> /home/$USER/.bashrc

Aí já fica para todos os terminais.



___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


Foi feita uma atualização nessa dica.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts