Ctrl+C e Ctrl+V no Terminal Linux

Publicado por Mauricio Ferrari em 24/05/2020

[ Hits: 4.903 ]

Blog: https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento

 


Ctrl+C e Ctrl+V no Terminal Linux



Ultimamente, me veio essa ideia na cabeça de configurar o terminal do Linux para usar somente Ctrl+C e Ctrl+V. O terminal do Linux vem configurado por padrão para copiar e colar com Ctrl+Shift+C e Ctrl+Shift+V.

Muitos usuários iniciantes no Linux reclamam que não conseguem copiar comandos no terminal justamente porque querem usar o método tradicional de copiar e colar e que no terminal os comandos para isso são diferentes. Por isso, decidi resolver essa questão e ensinar um método simples para copiar e colar no terminal pelo método convencional.

Primeiramente, vamos considerar que essas que essas configurações são específicas de cada terminal e deve-se realizar o mesmo procedimento em todas. Eu vou usar como exemplo o Konsole do KDE.
Vamos primeiro analisar um problema, quem já tem mais experiência no Linux sabe o papel do Ctrl+C para encerrar scripts e programas executados via terminal. A cópia com o Ctrl+C não irá funcionar, pois ao tentar fazer a cópia o terminal irá travar sendo impossível realizar outras tarefas nesse terminal se não fecha-lo e iniciá-lo novamente. Como alternativa, é possível desabilitar o sinal de interrupção ^C gerado pelo Ctrl+C para a finalização de scripts usando o stty:

stty intr ""

Mas como eu acho importante ter um sinal de interrupção do tipo, eu uso:

stty intr ^X

O Ctrl+X passa a fazer o papel do Ctrl+C que agora está liberado para a uso.
Mas para a alteração persistir, o comando deve ser salvo no .bashrc:

stty intr ^X >> $HOME/.bashrc

Agora em Configurações, vamos em Configurar Atalhos...

Clique em Colar, Personalizado e ao clicar em Nenhum você vai poder fazer a atribuição pressionando Ctrl+V.

Em Copiar, Personalizado e ao clicar em Nenhum você vai poder fazer a atribuição pressionando Ctrl+C.
Agora, ao fazer o teste, você verá que agora você irá copiar e colar os comandos no terminal como você sempre quis.

Outras dicas deste autor

Frescuradas no Interpretador de Comandos do Terminal no Linux

Tenha um aquário no seu terminal no Debian, Ubuntu, Linux Mint e derivados

Plugin auto-pairs no Vim

Melhor Controle de Memória de Strings em C

Exibindo o nome completo dos pacotes instalados no Debian e derivados

Leitura recomendada

Como mudar a aparência da tela de login do Ubuntu 10.04

Tint2 com menu do Openbox

Alterar posição dos botões de janela no Ubuntu 10.04

Instalação do Pico

Ubuntu 10.04 / Gnome 2.30 - Barra de localização "editável" do Nautilus

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 24/05/2020 - 13:55h

Curti esse hack, vou usar aqui.

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 24/05/2020 - 15:22h

Só tem um probleminha no qual não me liguei, o comando "stty intr ^X" deve ser inserido no .bash para persistir e esqueci de colocar aí.

$ stty intr ^X >> /home/$USER/.bashrc

Aí já fica para todos os terminais.



___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 02/06/2020 - 22:55h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 24/05/2020 - 15:22h

Só tem um probleminha no qual não me liguei, o comando "stty intr ^X" deve ser inserido no .bash para persistir e esqueci de colocar aí.

$ stty intr ^X >> /home/$USER/.bashrc

Aí já fica para todos os terminais.



___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


Foi feita uma atualização nessa dica.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts