Criando uma ISO de DVD "bootável" do Slackware

Publicado por Francisco Ambrozio em 15/06/2009

[ Hits: 10.769 ]

Blog: http://franciscoambrozio.wordpress.com

 


Criando uma ISO de DVD "bootável" do Slackware



Para aqueles que mantém um espelho do repositório de pacotes do Slackware Linux em seu próprio micro (especialmente para os que usam a versão current), aqui vai uma dica de como criar um DVD "bootável" a partir destes pacotes:

Basta ir até o diretório-pai onde estão os arquivos e executar o seguinte comando:

# mkisofs -o /tmp/slackware-dvd.iso \
    -R -J -A "Slackware Install" \
    -hide-rr-moved \
    -v -d -N \
    -no-emul-boot -boot-load-size 4 -boot-info-table \
    -sort isolinux/iso.sort \
    -b isolinux/isolinux.bin \
    -c isolinux/isolinux.boot \
    -V "SlackDVD" .


Com isto uma ISO chamada "slackware-dvd.iso" será criada no diretório /tmp. Depois é só usar seu queimador de DVDs favoritos e gravar seu DVD de instalação do Slack.

Fonte:
Outras dicas deste autor

Listando arquivos que contém determinado padrão recursivamente dentro de um diretório

Atualizando Slackware 12.0 para -current (pré 12.1)

Tar: Descompactando arquivos específicos

Restaurando a lixeira no KDE

Player mp3 em modo texto

Leitura recomendada

Aliases - apelidos para comandos

Comandos úteis no Linux

Montar partição na memória RAM

history - Procurar comandos antigos

Trabalhando com arquivos RPM

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fco em 15/06/2009 - 17:58h

Apesar de ter colocado o comando como sendo executado pelo root ("#") isto não é um requisito. Pode ser executado como usuário comum.

[2] Comentário enviado por augustouser em 15/06/2009 - 21:34h

Bacana.

[3] Comentário enviado por albfneto em 15/06/2009 - 22:02h

Olha, eu nunca usei isso, mas interessa a mim, copiar linux já configurado, sem precisar reconfigurar tudo é legal.
Isso funcionaria no meus Gentoo e Sabayon?

[4] Comentário enviado por fco em 16/06/2009 - 08:21h

Grande albfneto,

Cara, sinceramente não sei se funcionaria com Gentoo (creio até que não, pois a forma de lidar com pacotes entre Slack e Gentoo é diferente), mas, tendo em vista que o Gentoo trabalha com a idéia de stages parece, pelo menos na teoria, que não seja impossível de gerar, sei lá, um stage3-custom.tar.bz2. ;)



Contribuir com comentário