Criando playlist de músicas ou arquivos de áudio (*.m3u)

Publicado por CLAUDIO ADAO AMORIM DE SOUZA em 05/06/2013

[ Hits: 12.385 ]

 


Criando playlist de músicas ou arquivos de áudio (*.m3u)



Vamos imaginar um cenário:

Você precisa fazer uma seleção de músicas ou de áudio tutoriais para um evento e vai usar o computador pra agitar a galera, ou ainda, um determinado número de músicas e adicionar uma propaganda (vinheta) ou informação qualquer já pré-determinada!

Existe alguns tocadores (players) no GNU/Linux que já fazem isso pra você, porém, o grande barato é você saber como funciona. É coisa fácil, garanto!

Você não precisa mudar arquivos de áudio de suas pastas, apenas terá que apontar o endereço, você dominará rápido o assunto.

Vamos ao que interessa:

1. Localize a pasta dos áudios.

2. Clique com o botão direito em qualquer arquivo da pasta e depois, em "Propriedades".

3. Copie o endereço completo exibido em "Localização" (se for muito longo, maximize a tela e copie todo).

4. Invoque o terminal (Ctrl+Alt+t).

5. Digite:

cd /cole_a_localização

6. Digite:

ls

Obs.: não deixe a tela do terminal muito larga para os nomes dos arquivos não ficarem um ao lado do outro. Quando queremos que fiquem um abaixo do outro.

7. Selecione no terminal os arquivos de áudio e copie (Ctrl+Shift+c).

8. Abra seu editor de texto favorito e cole (Ctrl+c).

* Nota: aparecerá apenas o nome delas, você precisará retornar ao terminal e copiar o endereço que ficará antes do nome do arquivo de áudio. Não se esqueça de acrescentar depois do endereço "/" - sem aspas, claro.

9. Salve o "arquivo_com_nome_que_desejar.m3u", ou outro formato, que conhecer.

10. E, para finalizar, localize uma gatinha(o) pra dançar, que teu GNU/Linux comanda a festa!

Dica: o Totem é ótimo para executar e ainda permite a repetição continua e/ou aleatória.
Linux: Como fazer uma playlist para suas músicas ou arquivos de áudio no formato *.m3u


Outras dicas deste autor

Criando arquivo de calendário no formato iCalendar (*.ics) no LibreOffice Calc

Leitura recomendada

Desvendado o aMSN para Ubuntu Linux rodando em MAC

Sendmail + SMTP GMAIL

Entenda o uso de profiles no Funtoo

Migração NIS -> LDAP + SAMBA mantendo a senha

Geração de arquivos PDF com o CUPS-PDF

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts