Controlando o brilho pelo teclado em notebook no GNU/Linux

Publicado por Fernando T. Da Silva em 29/09/2021

[ Hits: 455 ]

Blog: http://meumundotux.blogspot.com.br/

 


Controlando o brilho pelo teclado em notebook no GNU/Linux



Em algumas distribuições ou versões do GNU/Linux, o ajuste do brilho usando a tecla "FN" mais tecla de "Brilho sobe" e "Brilho desce", pode não funcionar nativamente com alguns notebooks.

Mas mesmo que elas não funcionem nativamente, desde que os arquivos actual_brightness, bl_power, brightness, device, max_brightness, power/, subsystem, type e uevent existirem com o seus valores referentes ao brilho, a partir do diretório /sys/class/backlight/ onde o caminho completo varia conforme o driver utilizado pelo sistema...
Isto indica que o ajuste do brilho da tela está disponível então podemos ajustar o brilho usando o comando echo com redirecionamento do valor desejado para o arquivo ou usando o comando xbacklight, o que é muito mais fácil, e neste caso, faremos uma associação do comando xbacklight com as teclas "FN" "Brilho sobe" e "Brilho desce" do notebook, podendo agora fazer o ajuste via teclado pela tecla de função padrão "FN".

Vale lembrar que este procedimento somente funcionará se o driver de vídeo nativo da distro for compatível com a placa de de vídeo e monitor do notebook, mesmo que o uso da tecla FN + "combinação" não funcione nativamente, onde então podemos atribuir programas as estas teclas para executar as mesmas funções originais fazendo uma associação com as mesmas.

Conhecendo o comando de terminal xbacklight

O xbacklight pode ser utilizado numa caixa executar, executado por um arquivo .desktop automaticamente na pasta ~/.config/autostart de gerenciadores de janelas Desktop ou um arquivo para inicializar apps automaticamente utilizado por window manager sem precisar utilizar janela de terminal para isto.

Para instalar em distros Debian ou derivadas:

sudo apt install xblacklight

Descobrir a porcentagem do brilho atual

Numa janela de terminal execute o comando xbacklight sem parâmetros, e será exibido o valor relativo a porcentagem que está regulado o brilho, onde o valor 100% é o brilho máximo que o seu monitor está utilizando:

xbacklight
100.000000

IMPORTANTE

Quando a utilização da tecla "FN" + teclas de brilho não funciona nativamente por default, neste caso o brilho sempre estará em 100% e a configuração do brilho dependendo do app utilizado, não fica salva automaticamente, devendo refazer o ajuste do brilho na próxima vez que o computador for ligado, e mais adiante demonstrarei como salvar a porcentagem de brilho para iniciar sempre com o mesmo valor com a utilização do xbacklight ao iniciar o seu ambiente gráfico.

Definindo o brilho em 60%

Para isto usamos a opção -set que define o nível do brilho diretamente para o valor especificado.

xbacklight -set 60

Conferindo:

xbacklight
59.995169

O nível do brilho que estava em 100% agora ficou em 60% (arredondamento).

Reduzindo o nível do brilho em 10%

Utilize a opção -dec para reduzir o nível do brilho com o valor desejado, neste exemplo é -10%:

xbacklight -dec 10

Conferindo:

xbacklight
49.987924

O brilho que estava em 60% foi reduzido para 50% (arredondamento).

Aumentando o nível do brilho em 10%

Utilize sempre a opção -inc para aumentar o nível do brilho com o valor desejado, neste exemplo é +10%

xbacklight -inc 10

Conferindo:

xbacklight
59.987119

O nível do brilho que estava antes em 50%, agora ficou novamente em 60% (arredondamento).

Para ajuda:

xbacklight -help

Associando o xbacklight com as teclas "FN" mais "Brilho sobe" e "Brilho desce"

O seu ambiente gráfico desktop provavelmente já tenha um app gráfico para criar teclas de atalhos para comandos e ações do sistema, mas caso não tenha, relatarei sobre o uso do xbindkeys que pode ser utilizado em qualquer ambiente desktop ou window manager.

Para instalar em distros Debian e derivadas use o comando:

sudo apt install xbindkeys

Após instalado devemos criar primeiro o arquivo de configuração com o comando abaixo:

xbindkeys --defaults > /home/seu-user/.xbindkeysrc

Criando o atalho de teclado para diminuir o brilho (Brilho desce)

Execute o comando abaixo em uma janela de terminal e pressione simultaneamente as teclas "FN" + "Brilho desce":

xbindkeys -k
Press combination of keys or/and click under the window. You can use one of the two lines after "NoCommand" in $HOME/.xbindkeysrc to bind a key. "NoCommand"     m:0x0 + c:232     XF86MonBrightnessDown

Agora utilizando um editor de texto ASCII de sua preferência copie a saída do comando acima e cole no arquivo .xbindkeysrc que está oculto no seu HOME.

leafpad .xbindkeysrc

Na parte "NoCommand" coloque o nome do executável do comando desejado com o seus flags caso necessário.

Exemplo: substitua "NoCommand" por "xbacklight -dec 10" onde será usando o xbacklight com opção reduzir em -10% ou seja toda vez que pressionar simultaneamente as teclas "FN" + "Brilho desce" será diminuído em 10% do brilho atual.

"xbacklight -dec 10"
    m:0x0 + c:232
    XF86MonBrightnessDown

Para entrar em efeito o novo atalho de teclado configurado, é necessário matar o processo atual do xbindkey e executar novamente xbindkey sem paramentos.

killall xbindkeys
xbindkeys

Criando o atalho de teclado para aumentar o brilho (Brilho sobe)

Execute o comando abaixo em uma janela de terminal e pressione simultaneamente as teclas "FN" + "Brilho sobe".

xbindkeys -k
Press combination of keys or/and click under the window. You can use one of the two lines after "NoCommand" in $HOME/.xbindkeysrc to bind a key. "NoCommand"     m:0x0 + c:233     XF86MonBrightnessUp

Copie a saída do comando acima e cole no arquivo .xbindkeysrc que está oculto no seu HOME.

leafpad .xbindkeysrc

Substitua "NoCommand" por "xbacklight -inc 10" onde será usando o xbacklight com incremento de +10% ou seja toda vez que pressionar as teclas "FN" + "Brilho sobe" será aumentado sempre em 10% do brilho atual, até chegar ao valor máximo que é 100%.

Conteúdo parcial (as últimas linhas) do arquivo .xbindkeysrc após feita a associação das teclas.

"xbacklight -dec 10"
    m:0x0 + c:232
    XF86MonBrightnessDown

"xbacklight -inc 10"
    m:0x0 + c:233
    XF86MonBrightnessUp
##################################

# End of xbindkeys configuration #

##################################

NOTA: para que os atalhos criado com o xbindkeys funcione no próximo boot, ele deve ser sempre executado, e para fazer que ele inicie junto com o seu gerenciador de janela Desktop, basta criar um arquivo .desktop manualmente em ~/.config/autostart, ou usar a item do seu ambiente gráfico para incluir programas pra iniciar automaticamente, ou colocar em um arquivo que é utilizado pelo seu window manager para executar apps automaticamente na inicialização, onde em qualquer uma das opções citadas nunca é preciso utilizar janela de terminal na configuração, bastando somente o comando xbindkeys.

Salvando o nível de brilho do xbacklight

Para sempre utilizar o mesmo nível do brilho ao iniciar o seu ambiente gráfico preferido.

Para ambientes gráficos completos tipo Desktop

Utilizando um editor de texto ASCII puro:

Crie o arquivo xbacklight.desktop em ~/.config/autostart/ com um editor de texto ASCII puro com o conteúdo abaixo:

[Desktop Entry]
Version=1.0
Type=Application
Comment=Salvando o ajuste de brilho da tela
Exec=xbacklight -set 40
Terminal=false

Quando você ligar o computador ou fizer logoff, o nível de brilho de 40% será carregando junto com o seu ambiente gráfico.

Utilizando o app padrão do seu Gerenciador de janelas:

Configurando programas para iniciar automaticamente no Desktop LXDE.

No LXDE, acesse Menu Configurações/Aplicativos padrões do LXSession na guia Inicio automático ao lado do botão +Adicionar digite somente: xbacklight -set 40 e depois clique no botão Adicionar.

Para outros ambientes gráficos Desktop, o procedimento é similar apenas varia o caminho e o nome do app.

Iniciando o app automaticamente em window manager

No Openbox puro coloque a linha "xbacklight -set 40" no final do arquivo ~/.config/openbox/autostart.sh .

No Window Maker coloque a linha "xbacklight -set 40" no final do arquivo ~/GNUstep/Library/WindowMaker/autostart.

Iniciando o app xbindkeys junto com o seu ambiente gráfico

Para que os atalhos de teclados configurado no arquivo ~/.xbindkeysrc funcione automaticamente o comando xbindkeys deve ser carregado junto com o seu ambiente gráfico.

O procedimento é exatamente o mesmo feito anteriormente em "Salvando o nível de brilho do xbacklight", basta somente colocar o comando xbindkeys e não precisa especificar ou marcar janela de terminal.

Outras dicas deste autor

Sbopkg_gui - sua central de programas para o Slackware.txt

ClamAV no sendto do Thunar

Renomeado em Massa com GPRename

Instalação do driver NVidia proprietário no Salix 14.1

Instalando o CPU-X no Debian

Leitura recomendada

ACER 4520 Ubuntu

Instalando o driver da Nvidia no Mandriva 2008

Como montar um testador de USB (USB teste)

Instalar impressoras Lexmark no Ubuntu Linux

Configurando o modem cs-11 da Nokia no Ubuntu

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 02/10/2021 - 10:13h


Muito bom. Aqui, eu fiz outra maracutaia bem mais loka que essa. Funciona, mas tive que abrir mão de algumas outras funções que eu pouco usava. Acho essa opção sua melhor. Quando eu tiver tempo, vou tentar essa dica.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts