Consultando qual o repositório está ativo no slackpkg usando apenas o grep

Publicado por Mauricio Ferrari em 28/08/2020

[ Hits: 340 ]

Blog: http://linguagemcfacil.mozello.com/

 


Consultando qual o repositório está ativo no slackpkg usando apenas o grep



Caso esteja usando o Slackware, talvez você queira consultar para alguma outra coisa, qual é o repositório que o slackpkg está usando nesse para atualizar os pacotes.

Então você opta por usar o "cat" combinado com "grep" para fazer a consulta dessa forma:

cat /etc/slackpkg/mirrors | grep brasil
# ftp://ftp.slackware-brasil.com.br/slackware64-14.2/
# http://ftp.slackware-brasil.com.br/slackware64-14.2/
# ftp://ftp.slackware-brasil.com.br/slackware64-current/
http://ftp.slackware-brasil.com.br/slackware64-current/


Já serve, mas vamos supor que você não configurou o repositório do Brasil e não se lembra qual foi o repositório para poder fazer o filtro com o grep. Aí você terá que consultar o arquivo mirrors e ir procurando qual linha está descomentada.

OPA! No arquivo mirrors do slackpkg, tudo é comentado. Aí para configurá-lo você só descomenta a linha do repositório a ser usado. Então, basta encontrar um comando que consiga nos mostrar qual é a linha em um arquivo que não está comentada, pois essa linha será o repositório configurado no arquivo mirror. E o grep consegue fazer isso:

grep -v '#' /etc/slackpkg/mirrors
http://ftp.slackware-brasil.com.br/slackware64-current/

O pulo do gato está no parâmetro "-v", que tem a função de omitir as linhas que possuam determinado padrão que no nosso caso é o "#". Uma simples consulta em grande estilo.

Espero ter ajudado.

Outras dicas deste autor

OpenArena que funciona no Linux Mint 20

Erro ao Instalar o "ttf-mscorefonts-installer" no Ubuntu [Resolvido]

Desbloquear Pendrive Protegido Contra Gravação

Instalando a última versão do LibreOffice no Linux Mint e Ubuntu

Letras Bacanas no seu Shell Script sem Figlet

Leitura recomendada

Gravando logs do comando dd (clonagem de HDs e partições)

Sed - Adicionar uma Linha em Branco no Final do Arquivo

Adicionando SWAP no OpenBSD

Scripts adduser (para criar usuários) em distros não Debian - Para iniciantes

Acessando máquinas Windows a partir do Linux na sua rede

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts