Configurar Apache e MySQL para não iniciar no boot no Linux Mint e Ubuntu

Publicado por Lisandro Guerra em 24/03/2015

[ Hits: 37.100 ]

Blog: https://spartanix.com/

 


Configurar Apache e MySQL para não iniciar no boot no Linux Mint e Ubuntu



Caros amigos, depois de publicar o artigo sobre instalação de servidor LAMP aqui no VOL, várias pessoas tem perguntado como fazer para que os serviços não iniciem no boot, já que isso deixa a inicialização mais lenta.

Se você não viu o artigo, segue o endereço:
Preparei, então, esta dica para ajudar aos amigos que estão com esta dificuldade. Bem, vamos ao que interessa.

Para configurar que o servidor Apache não inicie no boot, podemos usar o "update-rc.d", que funciona tanto no Linux Mint 17.1, quanto no Ubuntu 14.04.

Veja o comando:

sudo update-rc.d -f apache2 remove

É claro que quando ligar o computador da próxima vez e quiser usar o Apache, você terá que iniciar manualmente com o comando:

sudo service apache2 start

Para configurar o MySQL faremos o mesmo processo, mas com um passo a mais. Precisaremos editar o arquivo mysql.conf e localizar a linha de start on. Podemos fazer isso usando qualquer editor de textos como root. Vejamos uma maneira:

sudo update-rc.d -f mysql remove

gksudo gedit /etc/init/mysql.conf

No Linux Mint 17.1 achamos a seguinte configuração bem no início do arquivo:

start on runlevel [2345]
stop on starting rc RUNLEVEL=[016]

É só comentar a linha do start on colocando o símbolo # no início da linha. Fica assim:

#start on runlevel [2345]
stop on starting rc RUNLEVEL=[016]

Aqui no Ubuntu o arquivo está um pouco diferente, mas foi fácil achar a linha de start on:

start on (net-device-up
    and local-filesystems
    and runlevel [2345])
stop on runlevel [016]

É só comentar todas as linhas que fazem parte do start on colocando o símbolo # no início delas, conforme segue:

#start on (net-device-up
#    and local-filesystems
#    and runlevel [2345])

stop on runlevel [016]

Assim como no caso do Apache, quando ligar o computador da próxima vez terá que ativar o MySQL manualmente com o comando:

sudo service mysql start

Esta era a dica.
Abraços e até uma próxima oportunidade.

Fontes


Outras dicas deste autor

Linux Mint atualizando versões 17 e 17.1 para 17.2 Rafaela

who - Comando com exemplos

Docky sem âncora

Processos rivais

cut - Comando com exemplos

Leitura recomendada

Red Hat: Como adicionar o subscription number após a instalação

Gforce e framebuffer no modo texto sem problemas

Habilitando sons do sistema no GNOME 2 do Debian 6

MATE Desktop no Ubuntu 13.04

Configurando Atualizações do Ubuntu

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts