Compartilhamento simples de arquivos com Samba no CentOS 6.4

Publicado por Thiago Henrique F. Margonar em 14/03/2014

[ Hits: 73.819 ]

 


Compartilhamento simples de arquivos com Samba no CentOS 6.4



E aí, galera!

De modo prático, vamos fazer uma configuração básica de um servidor Samba para somente compartilhar arquivos no modo público e no modo privado.

Instalando e configurando

Instalando Samba:

# yum install samba samba-client

Criando e dando permissão às pastas:

# mkdir /maquina01
# mkdir /dados
# chmod 777 /dados


Alterando arquivo smb.conf do Samba:

# vim /etc/samba/smb.conf

[global]
netbios name = Server
server string = ServidorSamba
workgroup = WORKGROUP
local master = yes
os level = 100
preferred master = yes
wins support = yes

printing = cups
load printers = yes

map to guest = bad user
guest account = admin    ;Usuário admin

[printers]
comment = Impressoras
print ok = yes
guest ok = yes
path = /var/spool/samba

[maquina1]
   comment = Maquina01
   path = /maquina01    ;Pasta que só a máquina 192.168.254.49 irá acessar
   public = yes
   writable = yes
   printable = no
   hosts allow = 192.168.254.49    ;IP da máquina que terá acesso

[arquivos]
  path = /dados    ;Compartilhamento público
  writable = yes
  guest ok = yes

Após o arquivo modificado, reinicie o serviço:

# service smb restart
# service nmb restart


Não se esqueça de permitir o servidor Samba no seu Firewall, adicionando as regras:

-A INPUT -p udp --dport 137 -j ACCEPT
-A INPUT -p udp --dport 138 -j ACCEPT
-A INPUT -p tcp --dport 139 -j ACCEPT

Acessando

→ No Windows:

No Explorer, você pode acessar digitando: \\ip_do servidor

Observe que, se você não for o IP da máquina 1, você não tem acesso à pasta da mesma.

→ No GNU/Linux:

Para criarmos um mapeamento no GNU/Linux, editaremos o arquivo /etc/fstab:

# vim /etc/fastab

Obs.: cuidado para não apagar as demais linhas de montagem.

Insira a seguinte linha no arquivo:

//servidor/arquivos /mnt/Pasta smbfs username=admin,password=123456,uid=admin 0 0

Onde:
  • username=admin,password=123456 :: é o login e senha que serão usados para acessar o servidor;
  • uid=admin :: é o usuário local (no cliente GNU/Linux) que terá acesso completo aos arquivos dentro da pasta montada;
  • 0 0 :: é um "nada a declarar", que indica que não temos opções adicionais.

O servidor foi configurado para permitir o acesso usando a conta guest. Na opção username=, podemos colocar qualquer usuário e qualquer senha na password=.

Para que a alteração entre em vigor sem precisar reiniciar o micro, use o comando mount -a (no cliente), como root:

# mount -a

Agora, podemos acessar os arquivos, sem precisar copiá-los para a sua máquina.


Espero ter ajudado galera.
Abraços.

Outras dicas deste autor

Instalando Ruby on Rails no CentOS

Acessando seu Ubuntu por um terminal Windows de outra rede

CentOS + xrdp - Acessando CentOS pelo Windows (Acesso remoto da área de trabalho com "Mstsc.exe")

Backup semanal/mensal/anual do PostgreSQL

Funções em Shell Script

Leitura recomendada

Ubuntu sem antialias com fontes estilo Windows XP

Compilar kernel Linux 2.6.36 no Debian Squeeze

Emerald no Ubuntu 11.10 - Como instalar e ativar

Linux com Inteligência Artificial

Chaveiro padrão bloqueado no Ubuntu - Como se livrar

  

Comentários
[1] Comentário enviado por RBZ em 15/07/2014 - 12:48h

Não funcionou para mim.
Não deu nem sinal de vida.

Existem comandos para testar os passos ?
Pois se não, fica difícil saber onde está o problema.

Abs



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts