Como se tornar root no Ubuntu com 2 comandos

Publicado por Mário Mayerle Filho em 10/07/2010

[ Hits: 64.154 ]

Blog: http://m2f0.com

 


Como se tornar root no Ubuntu com 2 comandos



Uma das dicas mais visitadas no Viva o Linux é como se tornar root ou como usar a conta root no Ubuntu. Como a técnica que utilizo não está explicada nessa dica, resolvi compartilhar com todos criando outra.

Para se tornar root no Ubuntu, abra um terminal de usuário normal e digite:

sudo bash

Será pedida a senha do usuário root, que por sua vez é a mesma senha do usuário normal. Pronto!

Agora vamos a explicação: o Bash é o shell padrão do usuário root no Ubuntu (interpretador de comandos). Se você executa o comando "bash" como root, usando o sudo na frente, você tem acesso ao shell do root e pode fazer tudo que o root faz na máquina. Os logs gerados pela utilização do bash também serão os logs do root.

Abraços a todos.

Outras dicas deste autor

Instalando a impressora LexMark x1270 no Ubuntu Lucyd

Utilize SD cards no Aspire 5050 (com adaptador ENE Technology Inc) no Ubuntu

OpenDNS FamilySHield - Aprenda, em 10 passos, a barrar a pornografia no seu navegador

Leitura recomendada

Comandos para Postfix

Processos de usuário em segundo plano e como manipulá-los

Super usuário no modo gráfico

Criando pastas em massa rapidamente no Linux

Referência de comandos Unix/Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tiagoalam em 10/07/2010 - 09:34h

O "sudo su" é ainda mais simples...

[2] Comentário enviado por franciscosouza em 10/07/2010 - 16:59h

$ sudo -i

Só ler o manual do sudo :)

[3] Comentário enviado por izaias em 10/07/2010 - 18:54h

Todas são bem-vindas e quanto mais conhecimento MELHOR!!!

Gostei da dica!

[4] Comentário enviado por mariomayerle em 10/07/2010 - 19:17h

Opa! Beleza. Parece que virou uma competição. Mas essa não foi a minha intenção. Valeu os comentários galera. E o sudo -i vale abrir outra dica.
Abraços a todos !!!

[5] Comentário enviado por beijer em 10/07/2010 - 23:37h

Hehehe no slack and debian nós não temos isso!

[6] Comentário enviado por PerryWerneck em 11/07/2010 - 11:23h

Pode até ter virado competição mas que foi instrutiva foi. Eu sempre usei o sudo su mas essa é uma idéia diferente; o sudo -i então eu nem sabia.

Parabéns por levantar o assunto.

[7] Comentário enviado por andreaszaia em 11/07/2010 - 11:26h

O interessante eh que mesmo vc impedindo o login do root nos terminais ( editando o /etc/securetty ) se consegue um shell root com o "sudo bash" enquanto que com o "sudo su" não!

[8] Comentário enviado por deni em 12/07/2010 - 11:09h

ola Mário.se tua intenção era dar uma dica te garanto que foi bem alem disso.sou novo no Linux e isso me esclaraceu uma duvida que tinha.leio bastante mas nem sempre consigo entender.parabens.um abraço

[9] Comentário enviado por Cristiano Faria em 12/07/2010 - 15:43h

Como comentário posso deixar uma dúvida?

Estava nessa página http://www.vivaolinux.com.br/topico/QEMU/USB-no-Virtual-Box/ pra configurar a USB do sistema convidado XP por meio do virtualbox no meu Ubuntu 9.10 e segui as dicas abaixo (postei lá também pra ver se alguém sabe o que houve...)


"antes de acrescentar a linha:
none /proc/bus/usb usbfs devgid=46,devmode=664 0 0
no ficheiro fstab. Verifique o GID do seu usuário, faca um.
#cat /etc/group
verifique qual o número que aparece na linha do seu usuário, substitua este número pelo número 46, e siga os passos do naldin.
se não funcionar de uma olhada aqui. http://www.miguelarcanjo3.4mg.com/cgi-bin/blog";

Não funcionou e fui para a página indicada. Ali segui os passos:

"1.Criar um novo groupo, chamado usb. Ex: #groupadd usb
2.Adicionar-se a esse grupo. Ex: #usermod -G usb nome_usuario
3.Descubrir o ID do grupo. Ex: #grep usb /etc/group o resultado sera identico a "usb:x:502:aluno" onde 502 é o ID do grupo.
3.Acrescentar a linha none /sys/bus/usb/drivers usbfs devgid=502,devmode=664 0 0 no ficheiro /etc/fstab
4.Reiniciar o pc e desfrute."

Não funcionou o USB do Virtualbox (convidado XP) e ainda BLOQUEOU o meu próprio usuário, e agora aparece uma mensagem dizendo que ele não faz mais parte da lista dos SUDOERS. Bloqueou tudo, internet, drive de DVD/CD, etc
Poderia corrigir fácil com a senha do ROOT, mas não me lembro dela...
O que eu posso fazer agora?

[10] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 16:12h

Cristiano, eu começaria resolvendo problema alterando a senha do root. Faça o seguinte:
1 - Quando a máquina bootar e aparecer o menu do grub, selecione o kernel que desejas usar e precione a letra "e". Você entrará em modo de edição da linha;
2 - na linha central que começa com kernel, digite no final da linha o seguinte: init=/bin/bash;
3 - de um enter seguido da letra "b" para bootar o sistema;
4 - isso irá retomar o boot do sistema em modo root;
5 - o sistema estará em modo somente leitura então remonte o sistema com: mount –o remount,rw /
6 - apague a senha atual do root no arquivo /etc/shadow. A linha deve ficar assim: root::0:0... ou seja, apague o conteúdo entre o primeiro delimitador e o segundo delimitador (:);
7 - salve o arquivo e de um reset a quente, só dessa vez heim ;-D
8 - a maquina irá bootar e você poderá logar como root sem senha;

To tentando lembra de uma outra forma (mais fácil) de bootar como root pra mudar a senha, mas fugiu no momento. Quando elmbra vou postar aqui tb.
Abraços a todos.
Espero ter ajudado

[11] Comentário enviado por mariomayerle em 12/07/2010 - 16:24h

Lembrei de outro modo:
1 - Edite a linha de boot do grub apertando "e"
2 - No final da linha apague do "ro" (read only) em diante;
3 - Digite "rw 1 init=/bin/bash" (read write);
4 - dê enter e depois "b";
5 - pronto, você entrou como root. Procure o arquivo /etc/shadow e retire o conteúdo dentro dos delimitadores: root::0:0...

O interessante de comentar é que o número 1 depois do rw indica que o sistema irá iniciar em init1, ou seja, em modo manutenção.

Abraços a todos

[12] Comentário enviado por Cristiano Faria em 13/07/2010 - 07:51h

Olá Mário!

Muito obrigado pela presteza na ajuda. Queria responder ontem mesmo mas o notebook estava em casa.

Enfim, tentei a corrreção pela segunda dica (a primeira não tentei porque no meu grub não tem uma linha que começa com "kernel")
Troquei a linha do "ro" (read only) em diante; e digitei "rw 1 init=/bin/bash" (read write).
O meu boot ocorre com ctrl+x.

Isso realmente funcionou: entrei como root e capaz de editar os arquivos do sistema. Ao entrar na pasta etc digitei o comando
#nano shadow
e o arquivo abriu para minha edição. Fiz uma cópia do mesmo antes de editar, o que é muito aconselhável...

No entanto a sintaxe final da linha que vc descreveu (de todas as linhas, na verdade) terminava com ::: em vez de ... . Tentei das duas formas root::0:0... e root::0:0:::

Salvei em ambas e dei o reset "a quente" como vc disse. Boot e tentativa de login como root, mas nada aconteceu. Continuava a pedir senha de root.
Vi que existe também o arquivo shadow- na mesma pasta. Fiz a mesma coisa com e ele e nada aconteceu.

Talvez posso ter feito algo errado...

[13] Comentário enviado por Cristiano Faria em 13/07/2010 - 15:53h

Sim, eu fiz algo errado. O meu erro é ser noob. :( O que eu achava ser uma senha errada de root era na verdade a ausência dela. :(

A entrada como root funcionou perfeitamente (Troquei a linha do "ro" (read only) em diante; e digitei "rw 1 init=/bin/bash" (read write), boot com ctrl+x)
Após isso reestabeleci os arquivos shadow e shadow- originais. (pelo menos me preocupei com o backup).

Em seguida:
passwd root (cria senha do root, confirme, enter, exit, exit)
boot usuário bloqueado (gráfico)
sistema
administração
usuários e grupos
logar root (chavezinha) para alterações (entra com senha do root)
liberar usuário bloqueado.

Minhas desculpas Mário , apesar de poder dizer que antes de perguntar pesquisei bem no fórum.
Um grande abraço!

[14] Comentário enviado por dede-pb em 25/10/2010 - 16:15h

Profº, gostaria de saber pq toda vez q eu faço o login no winpx, aparece uma tela com dizendo q não consegue grarvar o arquivo *.pwl?
Uso servidor linux susi



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts