Como instalar o Steam no GNU/Linux

Publicado por Daniel Atilio em 21/02/2013

[ Hits: 12.752 ]

Blog: http://terminaldeinformacao.com/

 


Como instalar o Steam no GNU/Linux



Olá pessoal.

Hoje falarei um pouco do projeto Steam da Valve, e mostrar como é efetuada a instalação em qualquer distribuição GNU/Linux (focando em Ubuntu, openSUSE, Fedora e derivadas).

Para quem deseja ler todo o conteúdo com imagens, siga:
O Steam é um projeto criado pela Valve em resposta a jogos de mídia física e às dificuldades em conseguir bons jogos via Internet.

O Steam surgiu primeiramente na plataforma Windows, porém, com o advento do sistema e o foco em usuários cada vez mais domésticos, a Valve decidiu criar uma versão para as distribuições GNU/Linux. Apesar de ser a primeira versão e ter ainda alguns probleminhas, o software roda normalmente.

Primeiramente, antes de baixar o aplicativo você deve ter uma conta na própria Steam (para poder comprar jogos, jogar online, etc), acesse esse link abaixo para efetuar o cadastro:

Método normal: Instalando no modo gráfico

Abaixo mostrarei onde baixar o pacote Steam nos repositórios diretos de distribuições conhecidas.

Arch Linux: Baixe o pacote do Steam para o Arch Linux acessando o link abaixo e instale normalmente conforme configuração do sistema:
Fedora: Baixe o pacote do Steam para o Fedora acessando o link abaixo, conforme a configuração da distribuição (dois cliques, por exemplo) e instale normalmente:
Gentoo: Baixe o pacote do Steam para o Gentoo acessando o link abaixo e instale conforme a configuração da distribuição:
openSUSE: Acesse esse link abaixo, escolha seu sistema SUSE (12.1, 12.2, Factory), então selecione a opção "1 Click Install". Após clicar, confirme e vá avançando.
Ubuntu: Baixe o pacote referente ao Ubuntu no link abaixo, após o download, clique duas vezes sobre o arquivo baixado e instale normalmente.

Método alternativo: Instalando em modo texto

Ubuntu e derivados (pacote ".deb"):

1. Baixe o pacote ".deb" através desse comando:

# wget http://media.steampowered.com/client/installer/steam.deb

2. Após baixar, é só executar o comando de instalação de pacotes ".deb":

# dpkg -i steam.deb

Fedora/openSUSE e derivados (pacote ".rpm"):

1. Primeiramente, acesse a pasta raiz do seu usuário (pasta home/seu_usuario) e baixe o pacote ".deb":

cd ~
$ wget
http://media.steampowered.com/client/installer/steam.deb

2. Após baixar, descompacte o pacote ".deb" com o seguinte comando (caso já esteja na pasta de download, ignore o primeiro comando):

cd ~
$ tar vx steam.deb


3. Você terá 3 arquivos descompactados, o "debian-binary", "control.tar.gz" e "data.tar.gz". Instale o rpmbuild em sua distribuição. Abaixo, os comandos de instalação nas distribuições mais conhecidas.

Fedora/CentOS/Red Hat (e derivados):

sudo yum -y install rpm-build

openSUSE:

sudo zypper install rpmbuild

4. Crie um diretório de trabalho para o rpmbuild, então renomeie e copie o arquivo "data.tar.gz" para um diretório de trabalho do rpmbuild:

cd ~
$ mkdir -p ~/rpmbuild/SOURCES/
$ cp -f data.tar.gz ~/rpmbuild/SOURCES/steam.tar.gz


5. Baixe o arquivo específico para o rpmbuild, certificando se está na pasta raiz do seu usuário:

cd ~
$ wget
https://github.com/xvitaly/steamrpm/raw/master/steam.spec

6. Execute o rpmbuild, executando o arquivo específico baixado.

cd ~
$ rpmbuild -ba steam.spec


7. Agora basta instalar o pacote compilado.

Fedora/CentOS/Red Hat (e derivados):

sudo yum -y localinstall ~/rpmbuild/RPMS/noarch/steam*

openSUSE:

sudo zypper install ~/rpmbuild/RPMS/noarch/steam*.rpm

Executando

1. Para executar, procure no menu por Steam
2. Ou pressione Alt+F2 e digite: steam
3. Ou por último (mais recomendado, pois caso aconteça algum erro, é apontado possíveis soluções), execute pelo terminal:

steam

Após executar, será mostrada uma tela de atualização.

Finalizando, será mostrada uma tela para cadastro/login.

Após acessar, provavelmente se for sua primeira vez, será enviado um e-mail solicitando confirmação, após a confirmação, você pode acessar o Steam normalmente. E, provavelmente, será solicitado para atualizar o Steam, atualize normalmente e reinicie o aplicativo.

Erro de Network

Pessoal, caso aconteça o erro:
unable to connect to Steam Network 'Offline Mode'

Tente atualizar as libs referentes à conexão com a Internet, ou a parte gráfica.

No meu caso, para resolver esse erro, conectei num lugar diferente, por exemplo, eu estava conectado em uma rede que bloqueava conexões com jogos, testando na minha casa, deu certo. Pode ser possível que o servidor do Steam esteja offline.

E em último caso, tente executar usando root:

su

E depois:

# steam

* Lembrando: Todos os passos acima foram testados e o Steam foi instalado normalmente no openSUSE.

Para sair do programa, caso tenha dúvidas, basta clicar em: Steam → Sair/Steam → Exit

Guia de referência: Tutorial: Como instalar o Steam no Linux « Terminal de Informação

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Quake 2 no Ubuntu 10.10

Salvando jogos em flash para seu PC

Minetest - Pacote de expansão

Steam não reconhece controle do Xbox [Resolvido]

Nintendinho no seu Fedora

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mastermanson em 21/02/2013 - 12:35h

no ubuntu tem 1 maneira mais facil
clique na central de aplicativos do ubuntu
digite steam na busca
selecione o pacote do steam
clique em instalar

[2] Comentário enviado por fmj1988 em 17/04/2013 - 20:42h

Boa noite, como eu faço para instalar no ubuntu a steam em uma partição diferente.
Obrigado

[3] Comentário enviado por Daniel Atilio em 07/05/2013 - 10:44h

Muito Obrigado pela dica mastermanson.
Quanto sua dúvida fmj1988, não entendi, instalar a steam em uma partição diferente do Ubuntu? Seria instalar o aplicativo, fora da / e|ou da /home/ ? Se for isso, não tenho conhecimento no Ubuntu para dizer se é possível ou como fazer, desconheço um método para isso, mas existem aplicativos executáveis, que você simplesmente copia o app e executa, mas também não conheço o steam para linux com esse método.
Abraços.



Contribuir com comentário