Como configurar proxy no Google Chrome para Linux

Publicado por DANIEL DA SILVA MATOS JUNIOR em 31/07/2017

[ Hits: 10.935 ]

 


Como configurar proxy no Google Chrome para Linux



Quantos fóruns você visitou, assim como eu, procurando de um site a outro uma maneira de colocar proxy no Google Chrome porque a rede wifi que você quer usar faz essa exigência (né)?

A questão é que o Chrome não possui esse suporte para proxy no Linux, como o há, no Windows. O que os desenvolvedores poderiam resolver bem rápido e ainda não tiveram a pachorra de fazer...

Para completar, não sou muito bom com a linhas de comando no terminal Linux porque às vezes elas não executam (o que não é um problema porque a interface gráfica ajuda muito).

Eu já havia lido que você pode habilitar o proxy para todo o sistema pelo terminal, segui as etapas mas não consegui. Fuçando alguns dias na net, achei esse modo facilzinho que pra você também vai ser moleza.

Sem mais delongas, o que você deve fazer é:

Se você não tem um wifi aberto por aí, e já precisa usar essa rede, use outro navegador (Firefox) ou baixe a extensão "SWITCHY OMEGA" no formato CRX (SWITCHY OMEGA.crx).

Então, abra o Chrome, no Menu clique em "Mais Ferramentas" > "Extensões" . Pegue o arquivo em crx e solte lá.

Exemplo prático: Google Chrome: como instalar extensões que não estão na Web Store - TecMundo

Após instalada, abra a extensão e clique em "Option" e ali, coloque o proxy que você precisar.

No meu caso eu coloquei o proxy que a faculdade exige para usar. E também, eu queria usar o Chrome, porque gosto de usar o ARC\welder, que roda aplicativos Android direto no navegador.

Espero ter ajudado!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Mudando tipo de autenticação do Squid para algumas máquinas

Criando um THINCLIENT de baixo custo com Raspberry

Ferramentas do Kali no Ubuntu

Configuração do yum com proxy no CentOS

Gping - ping com gráfico

  

Comentários
[1] Comentário enviado por andreduartesp em 31/07/2017 - 13:50h

O chrome usa as configurações de proxy do sistema, no windows ele abre a tela de configuração do próprio sistema, asim como no mac. No linux ele tenta detectar seu DE, caso seja um suportado (gnome, plasma ou unity) ele abre a config do ambiente, caso seja um ambiente não suportado, o melhor é recorrer a uma extensão mesmo.

[2] Comentário enviado por /bin/laden em 01/08/2017 - 11:05h


[1] Comentário enviado por andreduartesp em 31/07/2017 - 13:50h

O chrome usa as configurações de proxy do sistema, no windows ele abre a tela de configuração do próprio sistema, asim como no mac. No linux ele tenta detectar seu DE, caso seja um suportado (gnome, plasma ou unity) ele abre a config do ambiente, caso seja um ambiente não suportado, o melhor é recorrer a uma extensão mesmo.


Não há necessidade de extensões! Basta um simples:

google-chrome --proxy-server=host:porta

Isso pode ser executado num terminal, ou simplesmente editando-se o atalho no DE que chama o Chrome.

[3] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 10/01/2018 - 11:38h

Legal, mas tem nativo....

https://www.vivaolinux.com.br/dica/Proxy-no-Google-Chrome-e-Vivaldi

#-------------------------------------------------------------------------------------#
Administrador de Redes Mistas Linux/Windows
LPI 101-102
LPI 201
Para consultas particulares acesse:
www.cunhatec.com.br

"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts