Comandos de manipulação de terminal

Publicado por Cesar Filie em 06/06/2013

[ Hits: 14.005 ]

 


Comandos de manipulação de terminal



write

Envia uma mensagem a um terminal.

Sintaxe: write usuário [tty]

Opção:
  • Usuário :: indica o login do usuário a quem desejamos enviar uma mensagem. Se o destinatário estiver logado em outra máquina, adiciona o caractere @ e o nome da máquina (host), sem nenhum espaço. E para enviar a mensagem, pressione Ctrl+D.
  • tty :: indica para qual terminal virtual do usuário a mensagem deve ser enviada.

Exemplo:

write saulo
Você viu aquela menina do SAE?

write [email protected]_da_máquina  # Onde nome_da_máquina é o host
Você é estranho!

write [email protected]_da_máquina tty2
Cadê a pizza?

talk

Permite conversar com outro usuário. O servidor talk deve ser configurado e inicializado em todas as máquinas que utilizam esse comando.

Sintaxe: talk <usuário> [tty]

Opção:
  • Usuário :: indica o login do usuário a quem desejamos conversar. Se o destinatário estiver logado em outra máquina, adiciona o caractere @ e o nome da máquina (host) sem nenhum espaço. Para interromper, pressione Ctrl+C.
  • tty :: indica para qual terminal virtual do usuário a conversação deve ser conduzida.

Exemplo:

talk Thiago
$ talk [email protected]_da_máquina
$ talk [email protected]_da_máquina tty2


wall

Envia uma mensagem a todos os usuários logados no sistema.

Sintaxe: wall mensagem

Exemplo:

wall 'faltam 10 minutos para desligar o sistema'


mesg - controla o recebimento de mensagens pelo terminal. Sem argumentos, mostra o estado atual.

Sintaxe: mesg [opções]

Opção:
  • y :: ativa o recebimento de mensagens.
  • n :: desativa o recebimento de mensagens.

Exemplo:

mesg y

Outras dicas deste autor

O comando ping

Comandos de manipulação de arquivos e diretórios

O comando telnet

Comandos de paginação

Gerenciador de pacotes RPM

Leitura recomendada

Instalando pacotes RPM no Slackware 13.0

systemctl - Ferramenta para gerenciar serviços

Remoção de pacotes RPM

Instalar pacotes RPM no Ubuntu

Como instalar o Lazarus no Fedora 27 [vídeo]

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário