BackTrack 4 e criptografia de pasta

Publicado por Mauro Risonho de Paula Assumpção A.K.A firebits em 17/09/2009

[ Hits: 9.912 ]

 


BackTrack 4 e criptografia de pasta



eCryptfs é um kernel do sistema de arquivos de criptografia nativa. É também um sistema de arquivos stacked, o que significa que eCryptfs deve trabalhar em cima de outro sistema de arquivos como ext3. O resultado disto é que você não precisa alocar espaço para eCryptfs, ela vai crescer e encolher quando você adicionar arquivos a ele.

A instalação

Instale eCryptfs do pacote ecryptfs-utils com o comando abaixo no seu terminal:

# apt-get install ecryptfs-utils
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta

A configuração

Crie um novo diretório para criptografar. Neste caso eu usei um diretório chamado Private na minha pasta home:

# mkdir ~/Private

Se você não quer que outros usuários fiquem espionando em seu sistema na pasta privada, mude suas permissões para negar qualquer pessoa, menos o seu acesso de usuário:

# chmod 700 ~/Private
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Agora monte um sistema de arquivos eCryptfs novo em sua nova pasta:

# mount -t ecryptfs ~/Private ~/Private

Você será perguntado sobre algumas questões de configuração eCryptfs. Eu selecionei para usar uma senha, o padrão de criptografia AES e chave de 32 bits. Observe os padrões, indicados entre colchetes, se você não tiver certeza sobre uma opção. eCryptfs notará que esta é a primeira vez que você está usando sua senha e perguntará se ele pode salvar um hash para que ele não tenha que te avisar o tempo todo.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
E para concluir a montagem:
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Primeiro passo para testar: a criação de um material na pasta para criptografar.

Agora, para testar a criptografia, vá para a pasta privada, crie um arquivo e desmonte a pasta ~/Private.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
A segunda etapa de teste: tente ler o arquivo quando a pasta criptografada é desmontada. A pasta privada encriptada é desmontada agora... Tente ler o arquivo.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta

O resultado

Agora, remontar a partição e dar uma olhada na pasta criptografada.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Pronto! Seguindo estes passos suas pastas estarão criptografadas e testadas se realmente estão.

Esta dica foi traduzida do Backtrack USA e adaptada para o Brasil.

Outras dicas deste autor

Repositórios para Ubuntu que não estão mais em atualização oficial

Problemas BIOS Laptop Acer Aspire 2050-1317 - Debian 4 Etch e Lenny

Conflito na tecla F10 para sair do MC (midnight commander) dentro do Gnome

Falando sobre Pentesting (teste de invasão)

O Google traduz automaticamente para você! (apenas texto, não figuras)

Leitura recomendada

LILO - Gerenciador de boot para Linux

Instalando driver nvidia no OpenSuSE Linux

Verificando a versão do Slackware

Instalando e configurando servidor SSH (Ubuntu)

Mirror local com apt-proxy

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Gyrlano em 18/10/2009 - 17:39h

Aconteceu um problema comigo ao usar o Karmic beta, selecionei a opção de criptografar meus arquivos, mais tarde tive alguns problemas com o sistema e o reeinstalei, mas a partição em que estavam armazenados meus arquivos, tipo: músicas, videos e outros está criptografada, ao acessá-lá consigo ver a pasta ecryptfs e em seguida a pasta private, só que ao acessar a pasta private não consigo acessar meus arquivos pois só aparecem pastas e documentos criptografados, gostaria de uma mão pra resolver esse probelma. Obrigado.

[2] Comentário enviado por felipealexandre em 23/07/2010 - 22:46h

muito legall
testei e deu certo.

[3] Comentário enviado por m4cgbr em 02/06/2012 - 08:49h

Muito legal!

Porém eu particularmente achei o TrueCrypt mais prático.

Valeu pela dica.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts