BackTrack 4 e criptografia de pasta

Publicado por Mauro Risonho de Paula Assumpção A.K.A firebits em 17/09/2009

[ Hits: 9.801 ]

 


BackTrack 4 e criptografia de pasta



eCryptfs é um kernel do sistema de arquivos de criptografia nativa. É também um sistema de arquivos stacked, o que significa que eCryptfs deve trabalhar em cima de outro sistema de arquivos como ext3. O resultado disto é que você não precisa alocar espaço para eCryptfs, ela vai crescer e encolher quando você adicionar arquivos a ele.

A instalação

Instale eCryptfs do pacote ecryptfs-utils com o comando abaixo no seu terminal:

# apt-get install ecryptfs-utils
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta

A configuração

Crie um novo diretório para criptografar. Neste caso eu usei um diretório chamado Private na minha pasta home:

# mkdir ~/Private

Se você não quer que outros usuários fiquem espionando em seu sistema na pasta privada, mude suas permissões para negar qualquer pessoa, menos o seu acesso de usuário:

# chmod 700 ~/Private
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Agora monte um sistema de arquivos eCryptfs novo em sua nova pasta:

# mount -t ecryptfs ~/Private ~/Private

Você será perguntado sobre algumas questões de configuração eCryptfs. Eu selecionei para usar uma senha, o padrão de criptografia AES e chave de 32 bits. Observe os padrões, indicados entre colchetes, se você não tiver certeza sobre uma opção. eCryptfs notará que esta é a primeira vez que você está usando sua senha e perguntará se ele pode salvar um hash para que ele não tenha que te avisar o tempo todo.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
E para concluir a montagem:
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Primeiro passo para testar: a criação de um material na pasta para criptografar.

Agora, para testar a criptografia, vá para a pasta privada, crie um arquivo e desmonte a pasta ~/Private.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
A segunda etapa de teste: tente ler o arquivo quando a pasta criptografada é desmontada. A pasta privada encriptada é desmontada agora... Tente ler o arquivo.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta

O resultado

Agora, remontar a partição e dar uma olhada na pasta criptografada.
Linux: BackTrack 4 e Criptografia de Pasta
Pronto! Seguindo estes passos suas pastas estarão criptografadas e testadas se realmente estão.

Esta dica foi traduzida do Backtrack USA e adaptada para o Brasil.

Outras dicas deste autor

Acessando AP Wireless Zinwell G200 via Putty

Instalando o LibreOffice RC2 - substituto do OpenOffice, agora da Oracle (Ubuntu)

Executando scan com NMAP conforme suas ordens (voz) - parte 1 (alto-falantes)

O Google traduz automaticamente para você! (apenas texto, não figuras)

Conflito na tecla F10 para sair do MC (midnight commander) dentro do Gnome

Leitura recomendada

Configurando modem Lucent v90 no Ubuntu 7.04

Velocidade de navegação vs taxa de transferência

Algumas dicas para novatos

Tunelamento usando SSH

LPIC-1 - objetivo 101.1 - identificar e editar configurações de hardware

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Gyrlano em 18/10/2009 - 17:39h

Aconteceu um problema comigo ao usar o Karmic beta, selecionei a opção de criptografar meus arquivos, mais tarde tive alguns problemas com o sistema e o reeinstalei, mas a partição em que estavam armazenados meus arquivos, tipo: músicas, videos e outros está criptografada, ao acessá-lá consigo ver a pasta ecryptfs e em seguida a pasta private, só que ao acessar a pasta private não consigo acessar meus arquivos pois só aparecem pastas e documentos criptografados, gostaria de uma mão pra resolver esse probelma. Obrigado.

[2] Comentário enviado por felipealexandre em 23/07/2010 - 22:46h

muito legall
testei e deu certo.

[3] Comentário enviado por m4cgbr em 02/06/2012 - 08:49h

Muito legal!

Porém eu particularmente achei o TrueCrypt mais prático.

Valeu pela dica.



Contribuir com comentário