Aprenda a voar sem segredos com o Kernel Linux 2.6.34-omnislash

Publicado por Guilherme Moreira de Oliveira em 31/08/2011

[ Hits: 7.636 ]

Blog: http://umaaventuranolinux.blogspot.com/

 


Aprenda a voar sem segredos com o Kernel Linux 2.6.34-omnislash



O seu Ubuntu anda meio lento? O Omnislash pode resolver!!! O Omnislash é um kernel Linux voltado a performance, e o Ubuntu, como quer ser compatível com tudo acaba com o kernel meio "inchado" e prejudica um pouco a performance do Ubuntu.

O Omnislash

O Omnislash apareceu pela primeira vez por aqui em 2008. Recomendo a qualquer potencial interessado que leia com atenção as advertências (e procedimentos de solução de problemas)

Temos dois métodos para instalá-lo: O modo 'fácil e rápido" e o modo "ultra difícil e demorado"

Instalacão "fácil e rápida" do Omnislash 32 bits

Primeiro, baixe os headers e o image do omnislash pelos seguintes endereços: Verifique o sha1sum dos pacotes:

sha1sum linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb
c1031a08b69c29ff5a2054452340ed8e988d564b linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb
6981cc4b981b1a56bc34844d3c3b17e7db1be9c6 linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb

Eu recomendo que salve os .deb na sua pasta pessoal.

Instalaremos com:

sudo dpkg -i linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb

Depois de instalar daremos o seguinte comando:

sudo mkinitramfs -o /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4 /lib/modules/2.6.34-omnislash1.4.4

Agora atualize o GRUB:

sudo update-grub

Reinicie o computador e aproveite o Omnislash, no primeiro boot demora um pouco mais, depois inicia como um foguete!!!

Instalacão "fácil e rápida" do Omnislash 64 bits

Para aqueles que tem processador 64 bits, a dica é essa:

Primeiro baixe os pacotes do headers e o image do omnislash: Verifique os MD5sum dos pacotes:

md5sum linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb
3d7a719a368701753eb7de9152389d7da95c388f linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb
41396252ed6dbc46e1902c2a23af4dedd418b20c linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb

Recomendo que salve os .deb na sua pasta pessoal

Instalaremos com:

sudo dpkg -i linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86-64_amd64.deb

Depois de instalar daremos o comando:

sudo mkinitramfs -o /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4 /lib/modules/2.6.34-omnislash1.4.4

Agora atualize o GRUB:

sudo update-grub

Instalação "ultra difícil e demorado" do Omnislash

1. Em primeiro lugar vire o root e baixe as bibliotecas de compilação mais alguns utilitários

sudo su
# aptitude install build-essential bin86 kernel-package libqt3-mt-dev wget libncurses5 libncurses5-dev

2. Agora baixe a versão 2.6.34 do kernel vanilla e o patch omnislash e a configuração para o kernel: Após baixar os arquivos:

unzip omnislash1.4.4.zip
md5sum linux-2.6.34.tar.bz2 configx86 configx86-64 omnislash.bz2

Veja se o resultado dos números é igual a esse:

10eebcb0178fb4540e2165bfd7efc7ad linux-2.6.34.tar.bz2
3769b1358b069fcb8c3861cf4fa2b6c7 configx86
5d634c92ef28d2bde65e4b10f776cd31 configx86-64
cbd42eaaf44a1fd2223eb5e6a45b42b3 omnislash.bz2


3. Copie o arquivo baixado para "/usr/src" para isso digite os comandos abaixo:

su
# cp linux-2.6.34.tar.bz2 omnislash.bz2 configx86 configx86-64 /usr/src

Descompactação e link simbólico:

# cd /usr/src
# tar -xvjf linux-2.6.34.tar.bz2
# chmod -R a-s /usr/src/linux-2.6.34

Obs.: Possivelmente será necessário usar o comando acima em distribuições baseadas no Debian.

# rm -rf linux && ln -s /usr/src/linux-2.6.34 linux
# cp omnislash.bz2 configx86 configx86-64 /usr/src/linux
# cd /usr/src/linux

Colocando o patch e a configuração otimizada:

# bzcat omnislash.bz2 | patch -p1

Caso use a arquitetura x86 (32bits) use o comando abaixo:

# cp /usr/src/linux-2.6.34/configx86 .config && make xconfig

Caso use a arquitetura x86-64 (64 bits) use o comando abaixo:

# cp /usr/src/linux-2.6.34/configx86-64 .config && make xconfig

Customização do kernel

Chegamos ao ponto de escolher o que queremos no nosso kernel, para que ele se adapte as nossas necessidades, seja um desktop, servidor ou um laptop. Se você sabe o que está fazendo fique a vontade, explore e customize. A configuração está com o foco em desktops por isso talvez nem seja necessário mexer.

Depois das alterações salve o arquivo e agora vamos para o próximo passo.

Compilação do kernel, digite os seguintes comandos:

# make-kpkg clean
# make-kpkg --initrd --revision=x86 kernel_image kernel_headers modules_image

Caso seja um dual ou quad core use o comando abaixo para acelerar a compilação:

# CONCURRENCY_LEVEL=2 make-kpkg --initrd --revision=x86 kernel_image kernel_headers modules_image

E agora é só esperar até compilar e criar um deb. O tempo de compilação varia de 40 minutos a 4 horas.

E por último apague o link simbólico e a pasta onde houve a compilação ("/usr/src/linux" e "/usr/src/linux-2.6.34") para instalar.

# cd /usr/src
# rm -rf /usr/src/linux
# rm -rf /usr/src/linux-2.6.34

Se você não fizer esses comandos acima as compilações serão ligadas a pasta linux-2.6.34 ao invés do header, e este não é o método correto.

# cd /usr/src
# dpkg -i linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb

Obs.: É claro que se for 64 bits o nome será diferente hein.

Após a instalação é necessário criar o initrd e passar a informação ao grub:

# mkinitramfs -o /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4 /lib/modules/2.6.34-omnislash1.4.4

Depois dê o último comando:

# update-grub

E ai reinicie seu PC.

Depois leia aqui http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,29799.msg377615.html#msg377615

Desfrute do novo kernel!

Conclusão

Depois que instalei o Omnislash o desempenho do meu computador melhorou muito, antes demorava um pouco para iniciar, mas o Omnislash faz o que promete.

Mas uma coisa que ninguém deve esquecer: Sempre façam backup!

Obs.: Acho que agora vocês vão entender porque recomendei que salvassem os .deb na sua pasta pessoal, é que no terminal sempre aponta para a sua pasta pessoal.

Outras dicas deste autor

Tutoriais de Shell Scripts

Deixando o KDE mais leve

Câmera Kodak EasyShare

Configurando o Unity 2D

Como instalar temas plasma do KDE

Leitura recomendada

Papercraft baseado no Tux

I Semana do Software Livre de Americana - SP

O comando YES

Add-ons para o Basic Linux

Configurando interface de rede em servidores Red Hat e CentOS 7

  

Comentários
[1] Comentário enviado por leandro em 31/08/2011 - 09:14h

Boa dica!

Eu já tinha testado o .deb antes.

Só não tinha encontrado o patch na época, vou testar aqui.


Você sabe se o projeto Omnislash foi descontinuado? Por que o desenvolvimento parou na série 2.6.34, e já foram lançados tantos releases do Kernel oficial...

[2] Comentário enviado por Under.son em 31/08/2011 - 09:35h

@Leandro

O "desenvolvedor" do Kernel Omnislash estava com alguns projetos maiores, e que demandava mais tempo, por isso o Kernel Omnislash meio que parou no tempo, mas ele já retomou o projeto e está trabalhando em cima de uma nova versão. Vamos aguardar...

Só uma dica: o procedimento "ultra difícil e demorado" é válido para distros "Debian-like", como o Ubuntu. Para a instalação em outras distros, basta adaptar o procedimento de compilação de Kernel particular de cada uma.

[3] Comentário enviado por removido em 31/08/2011 - 09:56h

Ótima dica, vou testar assim que puder, estou muito ineteressado em performance.

[4] Comentário enviado por milesmaverick em 31/08/2011 - 10:39h

Eu uso, e estou satisfeito.

[5] Comentário enviado por wingnux em 31/08/2011 - 10:44h

Os deb não instalam no Linux Mint 11 32bit:


wingnux@wingnux-desktop ~/Downloads $ sudo dpkg -i /home/wingnux/Downloads/linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb /home/wingnux/Downloads/linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb
dpkg: error processing /home/wingnux/Downloads/linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb (--install):
parsing file '/var/lib/dpkg/tmp.ci/control' near line 3 package 'linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4':
error in Version string 'x86': version number does not start with digit
dpkg: error processing /home/wingnux/Downloads/linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb (--install):
parsing file '/var/lib/dpkg/tmp.ci/control' near line 3 package 'linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4':
error in Version string 'x86': version number does not start with digit
Errors were encountered while processing:
/home/wingnux/Downloads/linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb
/home/wingnux/Downloads/linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb

[6] Comentário enviado por leandro em 31/08/2011 - 11:02h

@ Under.son . Obrigado.
Pra quem já se aventurou em aplicar patches para melhorar o desempenho, sabe o quão é difícil aplicar mais de um patch na mesma fonte sem dar erros no Make. O que torna projetos assim (incluindo o projeto PF), uma mão na roda.

[7] Comentário enviado por removido em 31/08/2011 - 12:58h

Fiz um teste com um classmate CCE: http://va.mu/Ea7K que tinha um arranque de 80 seg com o ubuntu 10.04.

Com esse kernel o arranque caiu para 60 seg exatos! Um ótimo ganho!

O boot já e agradou, agora preciso ver o comportamento do resto do sistema. Esse omnislash tem tudo para estar na próxima versão do UbuntUCA!

ABraço

[8] Comentário enviado por removido em 31/08/2011 - 15:40h

Nunca vi tanta diferença de desempenho. Não foi só o boot que melhorou. A velocidade e o tempo de resposta do sistema inteiro estão muito mais rápidos.

Nem mesmo aquele famoso "patch milagroso" implantado no kernel fez tanta diferença quanto o omnislash.

Parabéns ao seu desenvolvedor!

Tentei entrar em contato com ele através do Ubuntu-fórum, mas não consegui :(

[9] Comentário enviado por leandro em 31/08/2011 - 17:18h

Compilando agora...

Pena que não consegui aplicar o patch em outras versões além desta 2.6.34.

@ Gedimar, você também poderia dar uma olhada no projeto -PF. Ele reune em um só patch os já conhecidos BFS, BFQ (utilizados pelo Omnislash), somando o CK e o TUXOnIce. Este último é perfeito para portáteis, já que implenta um novo modo de hibernação/suspensão; tornando este processo mais rápido.
Uma descrição> http://va.mu/EbUK

Página do projeto > http://pf.natalenko.name/

Eu só não utilizo ele por causa da incompatibilidade CK / Jdownloader : http://www.vivaolinux.com.br/topico/Kernel-Linux/Patch-Kernel-CK-e-JDownloader

Por enquanto sigo em busca do Kernel perfeito,rsrs.

[10] Comentário enviado por leandro em 31/08/2011 - 18:24h

Terminei...
Deu erro! kkkk
Tela preta ao acabar de carregar todo o Kernel. No modo Recovery um Erro no X:
# startx

"fatal error:
Module i915 not found
EE= nodevices detected

Fatal server error
No screens found"

Este erro me fez lembrar, eu já tinha testado esse patch antes, e tinha dado o mesmo erro...

Só depois do erro que eu procurei testar os pacotes .deb.


"errar uma vez é humano, persistir no erro é burrice",rsrs.

[11] Comentário enviado por removido em 31/08/2011 - 19:51h

Olá Lenadro,

Já estou baixando o -PF para testá-lo, muito obrigado pela dica. Eu fico muito contente em conhecer esses projetos, pois realmente preciso de performance, esses laptops classmates são muito limitados.

Abraço

[12] Comentário enviado por milesmaverick em 02/09/2011 - 17:32h

@ leandro

Parece que os seus drivers não foram detectados... No meu a tela de boot, fica horrivel.
"errar uma vez é humano, persistir no erro é burrice", verdade...

meu boot de 60 segundos caiu para 45, agora está em 30 segundos...

[13] Comentário enviado por leandro em 04/09/2011 - 07:54h

Deve ter ocorrido este erro, porque eu utilizei uma config personalizada. Eu sempre uso ela para todo kernel que compilo e nunca dá problemas, estranho...

Da próxima vez, vou utilizar a config oficial (que vem junto ao pacote do patch), para ver se dá certo.

Mas só quando eu tiver um tempinho...

Obrigado.

[14] Comentário enviado por alexfs0 em 25/12/2011 - 18:55h

Bom, botei o ubuntu 10.10 aqui só pra testar isso. A distro em si já era muito rápida, com esse kernel tunado então, ficou mais ainda.
O único problema que tive foi com a wireless do meu pc que parou de identificar, mas ai me virei aqui e consegui deixar tudo certinho. :)
Valeu!!!

[15] Comentário enviado por milesmaverick em 30/12/2011 - 22:16h

de nada

[16] Comentário enviado por corrosiontears em 15/09/2013 - 12:32h

Eu sei, esse Kernel e Patch foram descontinuados. Mas será que se eu pegar o Kernel 3.11 da Linux Foundation e rolar a compilação com Esse Patch funciona?

[17] Comentário enviado por leandro em 15/09/2013 - 19:07h


[16] Comentário enviado por corrosiontears em 15/09/2013 - 12:32h:

Eu sei, esse Kernel e Patch foram descontinuados. Mas será que se eu pegar o Kernel 3.11 da Linux Foundation e rolar a compilação com Esse Patch funciona?


Dificilmente funcionaria...

Os patches são feitos diretamente nos arquivos fonte, ou seja, você pega uma versão específica, modifica e cria o arquivo patch a partir das alterações que você fez.

Você pode testar aplicando o patch: se der muitas mensagens de erro na hora de aplicar, pode desistir que vai dar erro na hora de compilar. Se não der nenhuma mensagem de erro (ou aquelas várias perguntas), pode compilar.

Abraço.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts