Alterar programa padrão para arquivos no Deepin

Publicado por Eduardo Mozart de Oliveira em 31/07/2017

[ Hits: 1.875 ]

Blog: http://www.eduardomozartdeoliveira.wordpress.com/

 


Alterar programa padrão para arquivos no Deepin



O Deepin é uma distribuição baseada no Debian Sid "Unstable", que na sua última versão teve o Nautilus substituído pelo Deepin File Manager (dde-file-manager).

Apesar do Deepin File Manager dar ao sistema um ar único, ele está em suas primeiras versões e uma das principais funcionalidades que ainda não foram desenvolvidas no Deepin é a possibilidade de alterar o programa padrão para determinada extensão.

É possível dar botão direito no arquivo e, em "Abrir com", abrir com outro aplicativo. Porém, realizar este procedimento com arquivos que você lida frequentemente (como executáveis do Wine) torna-se cansativo.

Eu abri um feedback no fórum da Deepin sobre a ausência desta funcionalidade, porém, ainda não recebi retorno.

Apesar desta funcionalidade não estar disponível via interface gráfica, é possível alterar a preferência padrão editando o arquivo de tipos MIME do usuário atual.

Tipo MIME são usados para caracterizar os arquivos para que o sistema operacional possa saber como abri-lo. [1]

Ele é parte da "mágica" do Linux, que detecta o tipo MIME do arquivo e pode abrir o programa corretamente para exibir o arquivo, ainda que ele não possua extensão.

Para atribuirmos um tipo MIME a um aplicativo, precisamos descobrir o tipo MIME do arquivo usando o comando xdg-mime:

xdg-mime query filetype Outlive.exe
application/x-ms-dos-executable

Nós não associamos arquivos diretamente a comandos, mas sim, a arquivos *.desktop, que possuem uma descrição, nome, logo do programa, comentários, entre outras informações sobre determinado programa.

Em geral, pacotes que possuem interface gráfica instalam arquivos *.desktop automaticamente com a finalidade de exibir um atalho no "Menu iniciar" da interface gráfica das distribuições Linux, normalmente nas seguintes localizações:
  • /usr/share/applications (para aplicativos instalados a nível de sistema)
  • ~/.local/share/applications (para aplicativos instalados a nível de usuário, ex: aplicativos Wine)

Você pode usar o Terminal, executar o comando "cd /usr/share/applications" (ou "cd ~/.local/share/applications") e digitar o comando "ls -la" para listar todos os atalhos disponíveis.

Se no "Menu iniciar" não exibir o programa que você deseja associar, você poderá precisar criar o atalho manualmente. Isso é comum, principalmente em executáveis instalados pelo Wine. Por exemplo, para criar um atalho para o jogo para Windows "Outlive", é necessário criar um arquivo *.desktop manualmente no diretório ~/.local/share/applications, caso contrário, ele não será exibido no Menu iniciar.

nano ~/.local/share/applications/outlive.desktop

[Desktop Entry]
Name=Outlive
Comment=
Exec=wine /home/eduardo/.wine/drive_c/Outlive/Outlive.exe
Icon=/home/eduardo/.wine/drive_c/Outlive/1.png
Terminal=false
Type=Application
Categories=Game;
Keywords=Games

Em geral, as opções são auto-explicativas.

Adicionaria apenas um pequeno comentário em relação a "Categories". Algumas distribuições (como o Deepin) usam este valor para separar os programas em (pasmem) categorias.

A iniciativa FreeDesktop definiu categorias comuns para atalhos, que podem ser encontradas em:
(mude a categoria de acordo com a categoria que o programa melhor se encaixa - no meu caso, como o Outlive é um jogo, ele enquadra-se na categoria "Game")

Caso você queira preservar as opções disponíveis em "Abrir com", você pode encontrar os programas padrões a nível de sistema com o comando:

cat /usr/share/applications/mimeinfo.cache |grep application/x-ms-dos-executable
application/x-ms-dos-executable=org.gnome.FileRoller.desktop;wine.desktop;

Agora, edite o arquivo de tipo MIME do usuário atual com o comando:

~/.local/share/applications/mimeapps.list
Linux: Alterar programa padrão para arquivos no Deepin
Na seção "[Default Applications"], adicione o tipo MIME encontrado no comando anterior (application/x-ms-dos-executable) seguido do arquivo *.desktop (wine.desktop) com o respectivo programa, como abaixo:

[Default Applications]
application/x-ms-dos-executable=wine.desktop

Na seção "[Added Associations]", modifique a ordem dos aplicativos padrões para o tipo MIME como abaixo:

[Added Associations]
application/x-ms-dos-executable=wine.desktop;org.gnome.FileRoller.desktop;

Neste caso, o aplicativo padrão para executar arquivos *.exe torna-se o Wine, mas o Gerenciador de arquivos compactados (File Roller) continua sendo uma opção disponível ao darmos botão direito no executável e selecionarmos "Abrir com".

Referências

[1] CCM. Formato de arquivos MIME. http://br.ccm.net/contents/649-formato-de-arquivos-mime (Último acesso em 16/07/2017)

[2] Arch Linux. Default applications. https://wiki.archlinux.org/index.php/default_applications

Outras dicas deste autor

Como instalar o Ruby on Rails no CentOS 6

Como restaurar o tema padrão do Ubuntu

Ícone do network-manager mostra "Dispositivo não gerenciável" na área de notificações do Ubuntu [Resolvido]

Traduza textos selecionados em seu Desktop Linux com atalho de teclado e notificações

Configurando Proxy no Eclipse IDE

Leitura recomendada

Codecs para Ubuntu e derivados via AptURL

Instalar pacotes proprietários no Linux Fedora 10

Ativando proxy transparente no Squid 2.6.x

Dez coisas que você precisa saber sobre Zona Reversa. Com exemplos.

Guia pós-instalação do Fedora 21 Xfce Spin

  

Comentários
[1] Comentário enviado por pereiraeduardo em 31/07/2017 - 19:21h

Olá Eduardo Mozart como vaí?
Vamos lá...
Sobre "...Apesar desta funcionalidade não estar disponível via interface gráfica..." como dito acima, gostaria de dizer que na atual versão do Deepin a 15.4.1 com o mesmo comando com o botão direito do mouse sobre o arquivo, seguindo um pouquinho adiante e clicando em "propriedades", na janela que se abre você pode definir o aplicativo padrão de abertura para aquele tipo de extensão de arquivo. Basta clicar na opção desejada e vera que o tipo de aplicativo definido como padrão fica marcado, simples assim.
Agora com relação específica sobre executáveis do wine, não posso dizer pois a tempos não uso o wine.
Espero poder ter ajudado, pois acredito que é um dos sistemas e maneiras mais fáceis de definir um aplicativo padrão em Linux, inclusive por interface gráfica.
Um grande abraço

PS: não consegui responder no forum do Deepin, então postei um feedback novo por lá.
http://feedback.deepin.org/feedback/detail/6467

[2] Comentário enviado por jaysponsored em 01/08/2017 - 06:12h

Legal! Testei aqui e funcionou! Obrigado pela contribuição @pereiraeduardo!
Mas o post continua sendo interessante, pelo menos àqueles que querem automatizar o processo de definição de programas padrões no Deepin, ;)
Na época que escrevi esta dica, esta funcionalidade (alterar o programa padrão pela GUI) ainda não existia.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts