Adicionando SWAP no OpenBSD

Publicado por Andre Luiz Facina em 03/08/2008

[ Hits: 5.472 ]

 


Adicionando SWAP no OpenBSD



Há dois jeitos de adicionar mais espaço de SWAP no OpenBSD sem a necessidade de adicionar mais um disco e criar uma partição para ela. Abaixo segue um pequeno HOWTO.

Swapping em um arquivo

Swapping em um arquivo é a maneira mais rápida e fácil para obter mais espaço de SWAP. Para começar você pode ver o quanto possui e está usando de SWAP utilizando o "swapctl".

swapctl -l
Device      512-blocks     Used    Avail Capacity  Priority
swap_device      65520        8    65512     0%    0

Isso mostra os dispositivos que estão atualmente sendo utilizados para SWAP e as suas respectivas estatísticas.

No exemplo acima só há um dispositivo chamado "swap_device". Esse é o espaço em disco utilizado para SWAP e aparece como partição "b" quando visualizada com o disklabels.

Como você também pode ver no exemplo acima, esse dispositivo não está sendo muito usado no momento, mas para efeito desse documento nós adicionaremos mais 32 MB de SWAP, supondo que fosse necessário.

O primeiro passo para a criação de um dispositivo SWAP é a criação de um arquivo. A melhor ferramenta para isso é o utilitário "dd" . Aqui vai um exemplo de criação de um arquivo em /var/swap com o tamanho de 32MB:

sudo dd if=/dev/zero of=/var/swap bs=1k count=32768
32768+0 records in
32768+0 records out
33554432 bytes transferred in 20 secs (1677721 bytes/sec)

Uma vez que isso tenha sido feito, podemos tornar o arquivo um dispositivo de SWAP, para isso seguem os seguintes comandos:

sudo chmod 600 /var/swap
$ sudo swapctl -a /var/swap


Agora precisamos verificar se o arquivo foi adicionado corretamente na lista de dispositivos de SWAP:

swapctl -l
Device      512-blocks     Used    Avail Capacity  Priority
swap_device      65520        8    65512     0%    0
/var/swap        65536        0    65536     0%    0
Total           131056        8   131048     0%

Agora que o arquivo está configurado é preciso adicionar uma linha no arquivo de configuração /etc/fstab, de modo que o arquivo de SWAP seja carregado no próximo boot.

cat /etc/fstab

/dev/wd0a / ffs rw 1 1
/var/swap /var/swap swap sw 0 0

Swapping via dispositivo vnode

Essa é a solução mais definitiva para acrescentar espaço de SWAP. Para o SWAP permanente, primeiro faça o kernel com o vnd0c como SWAP. Se você tem o "wd0a" como o filesystem "/" , é o wd0b provavelmente o SWAP, use esta linha no arquivo de configuração do kernel:

config    bsd     root on wd0a swap on wd0b and vnd0c dumps on wd0b

Depois de fazer isso o arquivo que será usado para SWAP precisa ser criado. Você deve fazer isso usando o mesmo comando, como no exemplo acima:

sudo dd if=/dev/zero of=/var/swap bs=1k count=32768
32768+0 records in
32768+0 records out
33554432 bytes transferred in 20 secs (1677721 bytes/sec)

Agora adicione o dispositivo no arquivo /etc/fstab.

cat /etc/fstab

/dev/wd0a / ffs rw 1 1
/dev/vnd0c none swap sw 0 0

Nesse ponto o computador precisa ser reiniciado para que as alterações do kernel entrem em vigor. Uma vez que tenha sido feito, é hora de configurar o dispositivo de SWAP e para isso utilize o comando vnconfig.

sudo vnconfig -c -v vnd0 /var/swap
vnd0: 33554432 bytes on /var/swap

Agora na última etapa, adicione o dispositivo de SWAP e depois verifique se o dispositivo foi adicionado corretamente.

sudo swapctl -a /dev/vnd0c
$ swapctl -l

Device      512-blocks     Used    Avail Capacity  Priority
swap_device      65520        8    65512     0%    0
/dev/vnd0c       65536        0    65536     0%    0
Total           131056        8   131048     0%

André Facina e Tatiana Xavier.

Outras dicas deste autor

Ipband - Monitorando sua conexão

Quotas de disco no OpenBSD

Migrando para o Ext4, o novo file system Linux

GlusterFS - Cluster de Filesystem no Linux

Renomeando arquivos com caracteres especiais

Leitura recomendada

Quem se logou no seu sistema

Programa travou e não responde? Use a função xkill

Adicionando e apagando usuários no OpenBSD

Compactando arquivos no Linux

Proteção de tela em modo Shell

  

Comentários
[1] Comentário enviado por shaitannechrist em 04/08/2008 - 03:18h

Gostei dessa!
apesar de que meus servidores consomem uma palha de memória!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts