Acentuação correta para usuários no Suse 9.3

Publicado por Israel Mendonça em 29/03/2006

[ Hits: 11.261 ]

 


Acentuação correta para usuários no Suse 9.3



A acentuação padrão do sistema é UTF-8, com isso os editores de texto como o Kwrite exibem um texto com codificação ISO-8859-1 de maneira errada, a menos que o usuário escolha essa codificação, mas fazer isso toda vez é muito chato.

Outra coisa que me chateava era o XMMS, que no KDE mostrava os acentos incorretamente. Para corrigir isso eu alterei o arquivo /home/meu_usuario/.profile e adicionei a seguinte linha:

export LANG=pt_BR

Pronto, ao entrar novamente no KDE meus editores passaram a usar a codificação ISO-8859-1 ao invés de UTF-8, e meu XMMS passou a exibir os acentos corretamente.

Fica aí minha dica para quem estiver passando por esse pequeno mas chato probleminha, OK! :D

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Instalando e atualizando o rdesktop no Fedora

Tocando um som na saída do Blackbox

Logitech Marble Mouse

Configurando a inicialização do Blackbox

Acessando o site do BB (Banco do Brasil) no Linux Mint 17 e Ubuntu 14

  

Comentários
[1] Comentário enviado por panzerdivision em 30/03/2006 - 15:04h

Mas em que lugar do profile eu ponho esse comando no inicio, meio ou fim dele?

[2] Comentário enviado por PCMasterPB em 01/04/2006 - 01:21h

panzerdivision, olhe aí como está meu .profile:

# Sample .profile for SuSE Linux
# rewritten by Christian Steinruecken <cstein@suse.de>
#
# This file is read each time a login shell is started.
# All other interactive shells will only read .bashrc; this is particularly
# important for language settings, see below.

test -z "$PROFILEREAD" && . /etc/profile

# Most applications support several languages for their output.
# To make use of this feature, simply uncomment one of the lines below or
# add your own one (see /usr/share/locale/locale.alias for more codes)
#
#export LANG=de_DE@euro # uncomment this line for German output
#export LANG=fr_FR@euro # uncomment this line for French output
#export LANG=es_ES@euro # uncomment this line for Spanish output
export LANG=pt_BR

# Some people don't like fortune. If you uncomment the following lines,
# you will have a fortune each time you log in ;-)

#if [ -x /usr/bin/fortune ] ; then
# echo
# /usr/bin/fortune
# echo
#fi

É o que já veio de exemplo, eu só acrescentei a linha onde está escrito "export LANG=pt_BR". Espero que isto o ajude em sua dúvida. ;D

[3] Comentário enviado por PCMasterPB em 08/04/2006 - 23:19h

Duas pequenas ressalvas devem ser feitas aqui, a primeira é que em redes mistas, quando o windows grava algum arquivo via rede SAMBA (na realidade, quem grava é o SAMBA, o windows envia o arquivo), os acentos serão mostrados com acentuação incorreta, pois o SAMBA grava os arquivos usando codificação utf8. Eu ainda não descobri como sanar esse problema.

A segunda é para aqueles que tem partições do windows (no caso FAT32, ainda não testei com NTFS e nem pretendo por enquanto) e que são montadas durante o boot, elas estarão montadas com codificação utf8. Para que elas sejam mostradas corretamente, você pode editar seu /etc/fstab e ver o ponto de montagem referente ao windows, por exemplo, pode estar algo assim:

/dev/hda1 /windows/C vfat users,exec,gid=users,umask=0002,utf8=true 0 0

Para enxergar os acentos usando a nova codificação eu tive que fazer isso:

/dev/hda1 /windows/C vfat users,exec,gid=users,umask=0002,utf8=false 0 0

Como eu sou o único usuário em minha máquina, isso não interfere, mas se a máquina possuir outro usuário e este estiver usando a codificação utf8, ele irá enxergar os acentos de forma errada. Isto deve ser levado em conta, pois se ele gravar um arquivo neste ponto de montagem usando a codificação utf8, então será vc que verá os acentos trocados. Ou seja, vai virar um carnaval em seu sistema.

Vou tentar achar um jeito mais simples e fácil, e que não tenha esses pequenos impecilhos. Por enquanto, é melhor usar a codificação padrão mesmo, que é a utf8, para não ter que quebrar muito a cabeça, e quando precisar que um arquivo seja salvo em iso-8859-1, mandar o programa salvar nessa codificação.

Quando eu descobrir um jeito que seja rápido e indolor, eu posto aqui ok. Obrigado pela atenção e se alguém puder ajudar nisto, fico grato ok. ;D

[4] Comentário enviado por filype em 24/08/2006 - 22:18h

q massa cara! isso era uma das coisas que me fazia não usar o linux. Na empresa eu compartilho arquivos de projetos com um colega, ele no windows usa iso-8859-1 e no SuSE eu só conseguia utf-8 as vezes com mto custo conseguia alguma coisa, já fiz testes com está conf e agora está blz! ;]

obrigado.

[5] Comentário enviado por sonety em 25/03/2007 - 11:22h

ae eu so mto mto leigo no linux to usando soh a 3 dias e meus acento taum com problema to usando o kde mas naum entendi o q vc falo como eu corrijo issu?



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts