openSUSE Tumbleweed Snapshots - A Melhor Forma de Controle de Atualizações e Quebras do Sistema

Como controlar de uma forma eficiente, as atualizações da versão rolling release do openSUSE e diminuir as chances de quebra do sistema, sendo possível "voltar" os pacotes e repositórios para um estado anterior onde tudo funcionava.

[ Hits: 914 ]

Por: niquelnausea em 14/09/2020


Observações



Como foi demonstrado, o tumbleweed-cli é uma ferramenta em linha de comando bastante simples de ser usada, e que possibilita alterar o snapshot usado de forma bastante simples e rápida, porém algumas observações são importantes:
  • O openSUSE Tumbleweed, vez ou outra, disponibiliza alguns pacotes que não são totalmente compatíveis com todos os outros, ou mesmo com suas dependências totalmente satisfeitas, é raro mas as vezes acontece;
  • Uma das dúvidas mais comuns, é se não seria mais simples usar o snapper e simplesmente voltar o sistema para uma versão anterior, e a resposta é provavelmente não. Nem todos usam a solução disponibilizada pela equipe do openSUSE (Btrfs + snapper), e mesmo usando esta solução, o usuário ainda estaria com os repositórios com possíveis pacotes problemáticos disponibilizando as mesmas atualizações, e com isso instalar novos pacotes ou atualizar o sistema pode ser um problema;
  • Distros de lançamento contínuo, muitas vezes precisam recompilar centenas de pacotes apenas para manter a compatibilidade com alguma nova versão de alguma biblioteca, e um pacote que para ser instalado ontem não precisaria puxar dezenas de atualizações, para ser instalado hoje pode ter que fazer isto, o uso do tumbleweed-cli pode economizar uma grande espera e necessidade de reiniciar o sistema, já que em ambientes de produção, ou mesmo para quem quer um sistema atual, mas aceitas as inconveniências das rolling release, estar fixo um ou mais dias em um snapshot não é um problema, além da facilidade de corrigir possíveis problemas;
  • O Arch Linux parece apresentar menos problemas com atualizações do que o openSUSE Tumbleweed (baseado em meu uso entre os dois sistemas), porém, o camaleão oferece facilidades e recursos que ou seriam muito trabalhosos para serem implementados no Arch, ou são inexistentes, e mesmo com os possíveis problemas de atualização, ainda acho o Tumbleweed uma opção melhor de distro rolling release para a maioria das pessoas que procuram este modelo de sistema;
  • Enquanto os repositórios estão fixados em um snapshot, o zypper funcionará sem nenhuma diferença para instalação de pacotes ou mesmo atualizar o sistema limitado a versão contida naquele snapshot (mantido por aproximadamente um mês), porém, para novas versões ou para usar snapshots mais recentes, é obrigatório atualizar o repositório de referencia, e é exatamente isso que o tumbleweed-cli faz;
  • Use sempre a opção zypper dist-upgrade para atualizar o sistema;
  • Apesar de estarmos tratando sobre possíveis problemas, distros rolling release, muitas vezes são descritas como geleias (instáveis) e isso não é verdade, na maioria das vezes a peça atrás do teclado é a responsável, seja por não conhecer ou por não seguir as práticas recomendadas por seus desenvolvedores.

Referências


Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Observações
Outros artigos deste autor

Usando Sistema de Arquivos BTRFS - Subvolumes, Snapshots e Compactação

openSUSE Argon

Leitura recomendada

KDE 4 dentro do Openbox

Mamãe, quero Arch! (parte 2 - final)

Antergos - Um caminho para conhecer o Arch Linux

Crise de distro!

A Catedral e o Bazar - Eric S. Raymond

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Fabio_Farias em 15/09/2020 - 08:20h

Eu não uso o openSUSE Tumbleweed. Uso somente as versões regulares. Mas foi bom saber da existência dessa ferramenta de controle para as atualizações constantes do Tumbleweed. Parabéns pelo artigo.

[2] Comentário enviado por PL45T1C0 em 15/09/2020 - 11:13h

Cara, Parabéns pelo artigo!
Sempre que vou usar uma distro Rolling fico entre Arch e Tumbleweed.
Seu artigo acabou de incluir mais alguns pontos para o Tumbleweed.

[3] Comentário enviado por caffilhobr em 15/09/2020 - 12:21h

Excelente artigo, uso o Leap pela estabilidade mas vou dar uma olhada no TW.

[4] Comentário enviado por -josinaldo- em 15/09/2020 - 12:55h

Realmente acho o tratamento de pacotes no openSUSE muito eficiente, a documentação do artigo usa uma linguagem acessível e rica em detalhes.
Excelente artigo, e escreva mais sobre o openSUSE..

[5] Comentário enviado por LckLinux em 15/09/2020 - 18:28h

Parabéns, camarada. Nada como aprender através de um escrito bem construído, como é o caso \o/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts