WordPress com Docker

Neste artigo, iremos criar uma aplicação de forma simples usando Containers Docker. Trabalharemos com WordPress, que é conhecido como o mais popular CMS (acrônimo para: Content Management System), sistema de gerenciamento de conteúdo. Ele também é conhecido pela sua facilidade de instalação.

[ Hits: 7.234 ]

Por: Renato Diniz Marigo em 24/11/2016 | Blog: http://www.renatomarigo.com.br


Introdução



Docker é uma plataforma Open Source para desenvolvimento de aplicações em containers. O Docker tem como objetivo, fazer a entrega de aplicações de forma rápida e sem complicações. Com Docker, você pode separar as suas aplicações em containers que, futuramente, podem ser recriados em caso de falha e escalável com facilidade, dependendo da necessidade.

O que o Docker promete: "Construa o Navio e Execute".

Mais informações podem ser obtidas na documentação oficial do projeto:
Caso você não tenha o Docker Engine instalado em seu sistema, pode seguir um processo simples de instalação de um artigo que criei anteriormente no VOL:

Requisitos

Cenário proposto - instalação do Centos 7 Minimal.

Instalação do pacote Python-pip:

# yum install epel-release
# yum install python-pip

Instalação do Docker Engine, que pode ser seguida neste link:
A instalação do Docker Compose é simples e, neste caso, pode ser feita através do comando:

# pip install docker-compose

Verifique a instalação do Docker Compose:

# docker-compose --version
Caso apresente este erro:

pkg_resources.DistributionNotFound: backports.ssl-match-hostname>=3.5

Atualize o pacote:

# pip install backports.ssl_match_hostname --upgrade
Agora que estamos com os requisitos atendidos, criaremos o nosso projeto.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Definição / Construindo e acessando um projeto
   3. Pontos relevantes
Outros artigos deste autor

Instalação do CentOS Atomic para Gerenciamento de Containers Docker

Tutorial de instalação do Squid no CentOS

Zabbix Server 2.0 no Ubuntu Server 12.04 - Instalação e configuração

Zabbix Server 2.0 no CentOS - Instalação e configuração

Debian Linux 4 iniciando o Windows como terminal server

Leitura recomendada

Nagios + NagiosQL + PNP4Nagios

Controle de banda dos usuários secretos do Mikrotik

Acessando remotamente máquina Windows dentro de uma VPN através do Ubuntu

Guia do Desktop Redondo - Fedora 7

Comandos para redes wifi

  
Comentários
[1] Comentário enviado por AdiosKid em 25/11/2016 - 02:32h

achei muito fod*, inclusive funciona com o outro web server online, eu tenho o nginx aqui e funcionou perfeitamente adicionando a porta no localhost.

mas minha duvida é. onde eu posso alterar os arquivos do Wordrpess diretamente ? não tem nada dentro da pasta .data/db/wordpress/

quer dizer nada, que normalmente deveria ter.

[2] Comentário enviado por renizgo em 28/11/2016 - 16:49h


[1] Comentário enviado por Otaku em 25/11/2016 - 02:32h

achei muito fod*, inclusive funciona com o outro web server online, eu tenho o nginx aqui e funcionou perfeitamente adicionando a porta no localhost.

mas minha duvida é. onde eu posso alterar os arquivos do Wordrpess diretamente ? não tem nada dentro da pasta .data/db/wordpress/

quer dizer nada, que normalmente deveria ter.


O que você precisa ter é um volume persistente também para a estrutura Web por exemplo /var/www/..., Neste diretório terão todos os arquivos persistidos da sua estrutura do Wordpress.

Por exemplo:
volumes:
- "/mnt/wordpress/word01/wordpress:/var/www/html"
- "/mnt/wordpress/word01/logs:/var/log/apache2/"

Com isso você tem a persistência de dados dos logs e da sua estrutura Web.

Espero ter ajudado.


Contribuir com comentário