Viegas Rubim RMS

Viegas Rubim é um conjunto de scripts para clonagem de máquinas Desktop. Baseado na idéia Mondo Rescue, mas com uma grande diferença no fato de ser especializado em clonar mais de uma máquina. Usando o bittorrent como principal diferencial, foram realizados testes no CCC CEFETMG em que foram clonadas 58 máquinas com Windows e GNU/Linux em 1h 20min, sendo o tamanho da imagem 20 GB.

[ Hits: 9.891 ]

Por: Vinicius Tinti de Paula Oliveira em 14/10/2008


Introdução



Primeiramente gostaria de dizer que infelizmente o projeto está inacabado. :(

Faltam desenvolvedores e um time de testes, mas vou passar aqui a idéia central por trás dos scripts.

Um de meus objetivos é compartilhar esse software com a comunidade e também atrair possíveis colaboradores.

Os scripts estão em um inglês muito ruim (o meu), mas dá para entender.

Se ficou interessado, participe da página no sourceforge:

Viegas Rubim at Sourceforge.net

Fico muito grato.

Ambiente

Imagine-se um administrador de 58 máquinas desktop. Então um belo dia lhe dizem: "instale esses programinhas aqui, leva 10 minutos".

Ok, 10 minutos, só que vezes 58 mais o tempo de ir máquina a máquina, isso é uma eternidade!

Solução: Porque não instalar apenas em uma máquina e clonar em todas as outras?

Daí surgiu o primeiro script que deu origem ao Viegas, o script foi desenvolvido por Cristiano Dias Lopes Goulart. Basicamente era gerada uma imagem colocada em um servidor web e em seguida com um live-cd (Finnix) baixávamos as imagens uma a uma e instalávamos. Com o passar do tempo fomos aprimorando as configurações até o seguinte estágio:
  • uma partição para o Windows;
  • uma partição para o GNU/Linux;
  • uma partição para o Sistema de Resgate (Viegas Rubim GNU/Linux);
  • uma partição para Armazenamento (detalhe: o tamanho dessa partição é maior que as outras três).

Com isso criamos várias rotinas de clonagem. Como agora existe um sistema voltado somente para isso, não precisamos mais do live-cd. Colocando scripts na inicialização, é possível realizar manutenção "remota". Por exemplo adicionamos nos três sistemas as seguintes rotinas:
  • baixe um arquivo do servidor web chamado noauto.sh ou noauto.bat;
  • baixe um arquivo do servidor web chamado auto.sh ou auto.bat;
  • execute o auto.sh ou auto.bat.

Com isso podíamos instalar e remover programas apenas atualizando os scripts no servidor web.

Agora depois de montada essa estrutura só faltava criar uma estrutura caso as máquinas fossem novas, ou seja, sem nenhum sistema pré-instalado. Outro problema era a restauração de muitas máquinas simultaneamente, uma vez que o gargalo ficava no servidor.

Enquanto uma única máquina baixa aproximadamente 48 MB em uma rede gigabit half duplex, 20 ao mesmo tempo baixam a 1,2 MB. Esse fato levou a usar uma outra solução de propagação das imagens, o BitTorrent.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Solução
Outros artigos deste autor

N2N: Layer Two Peer-to-Peer VPN

Leitura recomendada

zsh (Z shell) - Uma alternativa ao bash

Servidor de Banco de Dados + Servidor Web PHP

Shared Config com Apache a la brasileira

Controle de banda no Apache 1.3.X com mod_bandwidth (Slackware)

Impressora Lexmark USB no Slackware 10.2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por comfaa em 14/10/2008 - 09:00h

Muito Bom Artigo !!!

Abraços

[2] Comentário enviado por thiagodvp em 14/10/2008 - 09:45h

Mto bom o artigo.
Espero que escreva uma continuação deste com um exemplo prático
Parabéns

Abs

[3] Comentário enviado por reng.unip em 14/10/2008 - 09:55h

Parabéns pelo artigo, para quem dá suporte ou gerencia um parque de TI é uma mão na roda. Muito bom mesmo.

Abraço...

[4] Comentário enviado por julianjedi em 14/10/2008 - 13:28h

Muito interessante ... ideal também para lan houses ... gostei muito ... ja foi para os meus favoritos e essa semana ira tambem para minha lan ... abraço!!!

[5] Comentário enviado por dandelion em 15/10/2008 - 16:34h

TINTI!!!!

Parabéns pelo artigo!!! Vejo que está aproveitando bem a estrutura do CEFET pra aprimorar seus conhecimentos!!!

Abração cara!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts