Um pouco da história do Debian GNU/Linux

Que tal revermos um pouco da história de uma das mais famosas distros Linux da atualidade neste breve artigo?

[ Hits: 67.246 ]

Por: Percival F. Jr. em 13/12/2005 | Blog: http://www.debianbrasil.890m.com


As versões



Como foi dito, a primeira versão do Debian nasceu em Agosto de 1993, nomeada de 0.01, que progrediu até Dezembro do mesmo ano até a versão 0.90.

Em janeiro de 1994, na versão 0.91 surge um sistema que podia instalar e desinstalar pacotes e contava com 12 desenvolvedores.

Passados mais de 12 meses, é lançada a versão 0.93R5, em Março de 1995. Cada pacote foi, a partir daqui, colocado sob a responsabilidade de um desenvolvedor. O gerenciador de pacotes, chamado DPKG ( Debian PacKaGe ), era utilizado para se instalar pacotes, após terminada a instalação do sistema base.

Nova versão é lançada no final do mesmo ano, o mês é Novembro. A versão, chamada 0.93R6, é a última que conta com o formato binário a.out e é quando aparece o dselect. A equipe já contava com 50 desenvolvedores.

Ocorre um erro em relação à versão 1.0, que nunca foi lançada. Um empresa lançou um versão em desenvolvimento e a colocou como 1.0. Como não teria o padrão de qualidade de um Debian, foi desaconselhado seu uso.

A primeira versão do Debian com um codinome foi a 1.1, apelidada de BUZZ (Junho de 1996). Se você observar bem, a partir desta, todas terão um nome de um dos personagens do desenho animado "TOY STORY". Neste caso, foi o Buzz Lightyear. A explicação para tal codinome deve-se ao fato de que Bruce Perens, que trabalhava na época para a PIXAR, assumiu a liderança do projeto.

A versão seguinte, com o apelido de REX (1.2), saiu em Dezembro de 1996, e já contava com 848 pacotes e 120 desenvolvedores.

Nota-se o rápido progresso da distro, quando, apenas alguns meses depois, foi lançada a versão BO (em Julho de 1997), que alcançava a marca de 200 desenvolvedores e 974 pacotes.

O primeiro Debian com suporte à várias arquiteturas surgiu com a versão HAMM (2.0), em 24 de Julho de 1998. Os números: 1500 pacotes e 400 desenvolvedores.

Em Março de 1999, sai a versão 2.1, de apelido SLINK, que já não cabia mais em um CD apenas, pois já eram 2250 pacotes. Surge o APT, que muitos julgam ser o responsável pelo contínuo crescimento do Debian.

A POTATO (2.2) nasceu em Agosto de 2000 e passou a apresentar 3900 pacotes e 450 desenvolvedores.

Dois anos depois, em Julho de 2002, é lançada a versão WOODY (3.0). Enorme salto em número de pacotes (8900 pacotes), contidos em 7 CDs e incluído o KDE.

A versão atual, no momento que escrevi este artigo, é a SARGE (3.1), tendo sido lançada em Junho de 2005. O número de pacotes passa a mais de 15000 e é adotado um sistema de instalação amigável.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Do que trata o artigo?
   2. A proposta "DEBIAN"
   3. As versões
   4. O contrato social: compromisso com a liberdade
   5. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Como selecionar que processos serão iniciados ao boot - sysv-rc-conf

Songbird - Conheçam o media-player da Mozilla

Princípios do APT-GET: Conheça esta fantástica ferramenta do Debian

Analisando processos em seu GNU/Linux

Weechat - Conheçam este cliente peso-pena para IRC

Leitura recomendada

SSH - Tradução da man page

SliTaz: pequeno, rápido, estável e fácil de utilizar!

GNOME Slacky 2.20.3

Instalando o Fedora Core 5 para iniciantes

Como acessar outras máquinas Linux remotamente

  
Comentários
[1] Comentário enviado por birilo em 13/12/2005 - 07:33h

HAHAHHAHAHAHA....

Eu tinha certeza que os nomes SID Sarge Woody e Potato era de algum filme.... rs rs rs rs

Velho, geralmente eu não curto muito esses artigos "não-técnicos"... Mas esse ficou muito show pra matar a curiosidade... hehehehe

Parabéns ae guri!

[]s
Danilo

[2] Comentário enviado por robsontex em 13/12/2005 - 10:30h

Parabéns pelo seu artigo, que aborda de forma bem sucinta o mundo Debian. Tenho todo respeito pelas demais distribuições e seus usuários, mas o Debian tem realmente um lugar de destaque no "universo GNU/Linux". Por fim, fica a dica para um outro bom site sobre Debian, voltado principalmente a administradores de redes:

http://www.debian-administration.org/.

Valew

[3] Comentário enviado por nane_eli em 13/12/2005 - 10:49h

Parabens, ótimo artigo.
Bom saber a historia desta, que é minha distro favorita, a qual defendi inumeras vezes.
Agora posso acrescentar alguns itens em sua defesa.. he he he
Convido, todos que ainda estão em duvida qual distro usar, que provem o doce sabor do Debian.
Valeu.
Eliane

[4] Comentário enviado por laranjeira em 13/12/2005 - 12:04h

Otimo artigo... parabens!

[5] Comentário enviado por agk em 13/12/2005 - 13:59h

Muito bom o artigo parabéns.

[6] Comentário enviado por terranova em 14/12/2005 - 01:50h

Muito bom seu artigo, acho que vale ressaltar que inumeras distro que vem sugindo são baseadas no Knoppix que por sua vez é baseada no Debian.

[7] Comentário enviado por Renan_ em 14/12/2005 - 03:51h

Então acabo de conhecer a historia da distro. que uso há quase um ano hehe. Excelente artigo. Tá de parabéns!
[]z

[8] Comentário enviado por julioc2s em 14/12/2005 - 09:59h

Estou usando o Kurumim, que é baseado no Debian. O apt-get é uma maravilha!

[9] Comentário enviado por kamal em 14/12/2005 - 11:03h

Muito legal seu artigo cara. Sou ususario da distro debian e nao conhecia esta historia dela. Parabens.

[10] Comentário enviado por sapiras em 14/12/2005 - 11:58h

Legal

[11] Comentário enviado por s_hole em 14/12/2005 - 14:43h

Muito legal este artigo, gostei de conhecer a história do Debian.

Valeu mesmo.

[12] Comentário enviado por smoisesr em 15/12/2005 - 02:03h

Muito interesante, gostei de ler o artigo, embora use outra distribuição, sem dúvida a Debian é uma das melhores distros do mundo GNU/Linux.
Parabéns.

[]'s

[13] Comentário enviado por mauricio.shakur em 15/12/2005 - 11:22h

Muito bom...
Há alguns dias já estou matutando qual distro usar..
usava conectiva, mas to cansado dela, e nao é um sistema suficientemente robusto. O mandriva ficou bom, mas só para o usuario doméstico, que faz tudo pela interface grafica.
Estava entre gentoo e slackware, mas agora acho que vou me arriscar a baixar os 14 cd`s do debian...
vlw galera...
[]`s

[14] Comentário enviado por dinho_rock em 15/12/2005 - 17:37h

Mauricio, não precisa baixar os 14 Cds, não faça essa loucura.

Se tiver banda larga, baixa 1 só e vá instalando o resto pelo apt, se não tiver banda larga baixa no máximo 2.

Não vale a pena baixar todos os cds, primeiro que você não vai usar a maioria dos cds nunca, e segundo que baixando pelo apt, já pega a última versão estavel.

[15] Comentário enviado por deusdara em 15/12/2005 - 18:38h

Olá

Um bom resumo histórico da distribuição Debian.

História também é necessário para o esclarecimento sobre um determinado assunto, produto e outros mais.

Parabéns.

Deusdará

[16] Comentário enviado por percival em 15/12/2005 - 18:38h

Com certeza, o Dinho está certo. 14 Cds é muita coisa. Só o primeiro já tem o basicão p/ botar o Debian rodando em sua máquina.

Com o apt fica fácil depois instalar o que vc. quer.

Boa sorte.

[17] Comentário enviado por spa em 15/12/2005 - 22:58h

ótimo artigo

Mas não consegui abrir o site http://www.debian-administration.org/. Que nosso amigo robsontex inidcou.

Fiquei interessado neste site !!

[18] Comentário enviado por robsontex em 16/12/2005 - 12:33h

Spa,

Pode ter sido algum problema de momento. Eu tentei abrir o debian-administration agora e ele abriu sem problema.

[19] Comentário enviado por clubelinux em 17/12/2005 - 12:44h

Parabéns pelo artigo, levando ao conhecimente de todos a histoia da distribuiçao. Gostaria que outros colegas também publicassem outros artigos sobre mais historia das distribuiçoes.

Um Abraço
André Marinho

[20] Comentário enviado por choutos em 19/12/2005 - 13:02h

Artigo breve, passando mui por cima do tema mas apropriado como introdução (que é o que trataba) ao Debian.
Parabens!

[21] Comentário enviado por ZX350 em 19/12/2005 - 13:38h

Otimo artigo retratado bem rapidamente a sua história é muito bom. Parabéns!

[22] Comentário enviado por rick001_7 em 22/12/2005 - 16:44h

massa o artigo, DEBIAN é muito massa, recomento pra qm tá começando e pra qm utiliza outra distro.

[23] Comentário enviado por paulotavio em 28/01/2008 - 15:32h

Parabéns pelo artigo, está exelente!

[24] Comentário enviado por thibaba em 24/04/2009 - 19:35h

Nossa achei muito legal seu artigo, eu uso debian e no começo tinha muita dificuldade mas foi por isso que continuei firme na minha vontade de aprentder sobre linux com o debian e estou muito satisfeito parabens. Achei muito legal a parte sobre a origem do nome debian.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts