Tutorial de instalação LTSP 4.2 (Linux Terminal Server Project) no OpenSuSE 10.2

Apresento aqui um tutorial de instalação e configuração LTSP 4.2 para a distribuição OpenSuSE 10.2. Existem muitos tutoriais bons na internet sobre o assunto em questão, mas nada que explicasse de forma clara e objetiva a implantação do LTSP no SuSE 10.2 em questão.

[ Hits: 43.927 ]

Por: Alessandro Reale dos Reis em 08/03/2007


Introdução



Informações sobre o sistema:
  • Distro: OpenSuse 10.2
  • Pacote: LTSP 4.2 (www.ltsp.org)
  • Data: 15/02/2007

Instalação:

1) Acesse o site oficial do LTSP (www.ltsp.org)

No site oficial tem um link para a página de downloads, nessa página temos duas opções de pacotes, Ltsp-5 e Ltsp 4.2, até o momento desse tutorial a versão Ltsp-5 não estava suportando a distro do SUSE 10.2. A versão do LTSP que iremos utilizar é a versão 4.2.

Baixe o ltsp-utils (Red Hat/Fedora), que utilizaremos para baixar e instalar os pacotes necessários ao funcionamento do Ltsp.

ltsp-utils-0.25-0.noarch.rpm
http://ltsp.mirrors.tds.net/pub/ltsp/utils/ltsp-utils-0.25-0.noarch.rpm

2) Depois de efetuado o download do pacote ltsp-utils-0.25-0.noarch.rpm, vamos instalá-lo usando o comando abaixo:

# rpm -ivh ltsp-utils-0.25-0.noarch.rpm

3) Após instalar o pacote ltsp-utils, execute os procedimentos abaixo

a) Entrar em modo super-usuário:

$ su -

b) Executar o comando ltspadmim:

# ltspadmim

4) Quando executar o comando ltspadmim, será mostrada uma tela como apresentado abaixo:
ltspadmin - v0.17                          LTSP dir: /opt/ltsp-4.2

# nistration Utility

  Install/Update LTSP Packages
  Configure the installer options
  Configure LTSP

  Quit the administration program

5) Selecione a primeira opção do menu (Install/Update LTSP Packages) e pressione enter. Essa opção irá mostrar uma tela para selecionar os pacotes para baixar e instalar. Escolha a letra (A), que irá marcar todos os pacotes para serem instalados, e depois a letra (Q) para iniciar o download e instalação..

6) Depois de baixado e instalado os pacotes, selecione a terceira opção (Configure LTSP). Essa opção irá mostrar a seguinte menu:
ltspcfg v0.16       The Linux Terminal Server Project (http://www.LTSP.org)

  S - Show the status of all services
  C - Configure the services manually

  Q - Quit

Make a selection:

7) Vamos primeiro visualizar os serviços instalados, ativados e rodando. Para isso pressione a letra (S). A tela a seguir que irei mostrar é a tela do LTSP que implementei em minha empresa. Observe atentamente os Serviços (DHCPD, TFTPD, PORTMAPPER, NFS, XDMCP) todos eles devem estar instalados, ativados e rodando para que o LTSP funcione.
ltspcfg v0.16        The Linux Terminal Server Project (http://www.LTSP.org)

Interface IP Address      Netmask         Network         Broadcast        Used
eth0      192.168.0.231   255.255.255.0   192.168.0.0     192.168.0.255   <-----

Service    Installed   Enabled   Running   Notes
dhcpd      Yes         Yes       Yes       Version 3
tftpd      Yes         Yes       Yes       Has '-s' flag
portmapper Yes         Yes       Yes
nfs        Yes         Yes       Yes
xdmcp      Yes         Yes       Yes       gdm, kdm   Using: kdm

File                                Configured  Notes
/etc/hosts                          Yes
/etc/hosts.allow                    Yes
/etc/exports                        Yes
/opt/ltsp/i386/etc/lts.conf         Yes

Configured runlevel: 5         (value of initdefault in /etc/inittab)
   Current runlevel: 5         (output of the 'runlevel' command)

Installation dir...: /opt/ltsp

Press <enter> to return to the main menu...

8) Vamos agora configurar os serviços, pressione <enter> para voltar ao menu anterior. Escolha agora a letra (C) para começar a configurar os serviços. Um novo menu será visualizado:
ltspcfg v0.16       The Linux Terminal Server Project (http://www.LTSP.org)

  1 - Runlevel
  2 - Interface selection
  3 - DHCP configuration
  4 - TFTP configuration
  5 - Portmapper configuration
  6 - NFS configuration
  7 - XDMCP configuration
  8 - Create /etc/hosts entries
  9 - Create /etc/hosts.allow entries
  10 - Create /etc/exports entries
  11 - Create lts.conf file

  R - Return to previous menu
  Q - Quit

Make a selection: 

9) Antes de começar a executar os itens do menu acima, certifique-se que que os seguintes pacotes estejam instalados em seu sistema.

Vá até o Gerenciador de Pacotes do YAST e instale os seguintes pacotes: tftp, gdm, xdmbgrd, xorg-x11-libXdmcp, xorg-x11-libXdmcp-devel, kdebase3-kdm, yast2-tftp-server.

Um pacote também essencial para a instalação é o DHCP server, que baixei através do seguinte link:
10) Depois de ter instalados todos os pacotes mencionados acima,execute todas as opções do menu ltspcfg (De 1 a 11), confirmando com <enter> as opções defaults que são apresentadas.

11) Vamos agora criar os arquivos .conf para nosso Ltsp (ATENÇÃO: Em alguns tutoriais que encontrei na net diziam que tinha que ser incluído no filename o caminho /tftpboot, mas o dhcp não estava conseguindo ler o arquivo conforme explicações na net, a solução foi NÃO incluir esse /tftpboot antes do kernel, o exemplo que funcionou foi-> filename "/lts/vmlinuz-2.6.17.8-ltsp-1";

a) DHCP (/etc/dhcpd.conf)

# dhcpd.conf

ddns-update-style             ad-hoc;

option subnet-mask            255.255.255.0;
option broadcast-address      192.168.0.255;
option routers                192.168.0.231;
option domain-name-servers    192.168.0.231;
option domain-name            "seudominio.com.br";   # You really should fix this
#option option-128 code 128 = string;
#option option-129 code 129 = text;


get-lease-hostnames           true;
use-host-decl-names           on;

next-server                   192.168.0.231;
option root-path              "192.168.0.231:/opt/ltsp/i386";

subnet 192.168.0.0 netmask 255.255.255.0 {
   range   192.168.0.100   192.168.0.199;
   if substring (option vendor-class-identifier, 0, 9) = "PXEClient" {
      filename "/lts/2.6.16.1-ltsp-2/pxelinux.0";
   }
   else {
      filename "/lts/vmlinuz-2.6.17.8-ltsp-1";
   }
}

b) TFTP (etc/xinetd.d/tftp)

# service tftp
	{
        socket_type     = dgram
        protocol        = udp
        wait            = yes
        user            = root
        group           = nogroup
        server          = /usr/sbin/in.tftpd
        server_args     =  -s /tftpboot
        disable         = no
	}

c) NFS (/etc/export)

/opt/ltsp/i386            192.168.0.0/255.255.255.0(ro,no_root_squash,sync)
/var/opt/ltsp/swapfiles   192.168.0.0/255.255.255.0(rw,no_root_squash,async)

d) LTSP (/opt/ltsp/i386/etc)

[Default]
SERVER             = 192.168.0.231
XSERVER            = auto
X_MOUSE_PROTOCOL   = "Microsoft"
X_MOUSE_DEVICE     = "/dev/ttyS0"
X_MOUSE_RESOLUTION = 400
X_MOUSE_BUTTONS    = 2
X_MODE_O           = 800X600 40 800 840 968 1056 600 601 605 628 + hsync + vsync
X_HORZSUNC         = "60-70"
X_VERTREFRESH      = "50-160"
X_COLOR_DEPTH      = 16
X4_MODULE_01        = glx
USE_XFS            = N
SCREEN_01          = startx

12) Agora vamos dar permissão para o diretório /tftpboot para que qualquer usuário possa ter acesso o diretório.

# chmod 777 /tftpboot
# chown nobody:nobody -R /tftpboot


13) Depois de criados os arquivos exemplos acima, execute o comando ltspcfg para verificar se os serviços estão instalados e rodando corretamente.

14) Caso o seu XDMCP não consiga ser ativado pelo ltspcfg, verifique o arquivo e verifique se as linhas abaixo estão descomentadas: caminho-> /opt/kde3/share/config/kdm/kdmrc.

[Xdmcp]
# Whether KDM should listen to incoming XDMCP requests.
# Default is false

Enable=true
# The UDP port on which KDM should listen for XDMCP requests. Do not change.
# Default is 177
Port=177
# File with the private keys of X-terminals. Required for XDM authentication.
# Default is ""
#KeyFile=/opt/kde3/share/config/kdm/kdmkeys
# XDMCP access control file in the usual XDM-Xaccess format.
# Default is "/etc/X11/xdm/Xaccess"

Xaccess=/etc/X11/xdm/Xaccess

15) Vamos agora gerar o disque de boot para a estação:

Acesso o site www.rom-o-matic.net.

Escolha a release de sua preferência, a que utilizei foi a 5.4.2.

Em Choose NIC/ROM type: (escolher aqui o modelo da sua placa de rede)

Em Choose ROM output format: (escolher Floppy bootable ROM Image (zdsk)

Depois clique no botão GET ROM para gerar a imagem do arquivo de sua placa de rede.

Agora vamos gravar o arquivo gerado no disquete usando o comando:

# dd if=nomedaimagem of=/dev/fd0

Pronto! Espero que esse pequeno tutorial possa lhe ajudar.

Um abraço a todos.....

Reale
www.reale.com.br

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Autologin no Linux sem o uso do KDM

Exibindo um splash durante o boot com Splashy

Internet Explorer: Esse fenômeno

Ovos de Páscoa no GNU/Linux

Atualizando o clamav via YUM no Fedora Core 3

  
Comentários
[1] Comentário enviado por CABELO em 08/03/2007 - 16:19h

Gostei do artigo, Parabéns!

[2] Comentário enviado por pingus em 08/03/2007 - 20:16h

Muito Bom.

[3] Comentário enviado por calaff2 em 08/03/2007 - 20:49h

Muito bom cara!! Gosto do Suse!! parabéns para vc e para a Novell!

[4] Comentário enviado por natanaeltp em 28/03/2007 - 13:33h

Minha máquina cliente após carregar o PXE, carrega o modulo da placa de rede, mais dá erro no dhcpd ( kernel panic - not syncing: attempted to kill init!)
segue o laudo do meu ltsp

eth0 10.30.7.77 255.255.240.0 10.30.0.0 10.30.15.255
eth1 192.168.0.1 255.255.255.0 192.168.0.0 192.168.0.255 <-----

Service Installed Enabled Running Notes
dhcpd Yes no Yes Version 3
tftpd Yes Yes Yes Has '-s' flag
portmapper Yes no Yes
nfs Yes Yes Yes
xdmcp Yes no no xdm, gdm, kdm Using: none!

File Configured Notes
/etc/hosts Yes
/etc/hosts.allow Yes
/etc/exports Yes
/opt/ltsp-4.2/i386/etc/lts.conf Yes

[5] Comentário enviado por realereis em 28/03/2007 - 14:21h

Olá Natanael!

Analisando o seu laudo os servicos abaixos devem estar todos Instalados, Ativados e Rodando.


dhcpd Yes no Yes Version 3
portmapper Yes no Yes
xdmcp Yes no no xdm, gdm, kdm Using: none!

Verifique esses itens acima.

Até mais,

Reale

[6] Comentário enviado por joseslei em 22/03/2008 - 21:31h

Gostei do tutorial. Mas alguem sabe configurar o LTSP para dar o boot pela placa de rede?

[7] Comentário enviado por lucianopqd em 27/06/2008 - 08:59h

Amigo, vc está de parabéns no artigo, sendo que só faltou vc fazer uma referência no /etc/inetd.conf que é:
tftp dgram udp wait nobody /usr/sbin/tcpd /usr/sbin/in.tftpd -s /tftpboot

se a opção "-s /tftpboot" não estiver escrita na linha, ele não funciona.

[8] Comentário enviado por lucianopqd em 27/06/2008 - 09:02h

Como eu faço para que o terminal exiba a mesma tela de login que a máquina servidora exibe? e para força sempre resolução de 800x600 ?

[9] Comentário enviado por Pilantra em 10/09/2008 - 09:30h

Olá amigo.

Eu configurei certinho do jeito que você explicou no artigo. Inclusive quando eu dou o boot, ele encontra o gateway, só não encontra o arquivo ROM. Esse arquivo ROM gerado no diskete, tem que estar na minha máquina ou no servidor? Meu notebook não tem diskete e o leitor de DVD pifou, por isso estou optando pelo boot em rede.

[10] Comentário enviado por djcelsodub em 15/05/2012 - 21:23h

Show de bola o artigo.
Há tempos procurava algumm artigo que descrevesse corretamente a implementação. Fiz sobre CentOS rolou direitinho.

Parabens meu caro.

[]'s

Celso Faria
Americana/SP

[11] Comentário enviado por SlackPaula em 17/05/2014 - 17:09h

Daria certo os comandos que vc usou no OpenSUSE 13.1?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts