Tutorial de Instalação do Redmine

O Redmine é um Software Livre, gerenciador de projetos flexível para WEB e ferramenta de gerenciamento de 'bugs'. Ele contém calendário e gráficos de Gantt para ajudar na representação visual dos projetos e seus 'deadlines'.
A seguir, veja um passo a passo sobre como instalar o Redmine num sistema Debian ou Debian-like, como Ubuntu e outros.

[ Hits: 49.084 ]

Por: Joelias Júnior em 09/12/2011


Instalando o Redmine



Baixe o pacote do Redmine através do Subversion:

# svn co http://redmine.rubyforge.org/svn/branches/0.8-stable/

Mova o pacote para o diretório onde ele será instalado:

# mv 0.8-stable/ /var/
# cd /var/
# mv 0.8-stable/ redmine
# cd redmine/


Criando o banco de dados:

Deve ser criado um bando de dados MySQL para o Redmine. O banco pode ser criado de formas diferentes conforme o servidor em que está hospedado. Pode ser através de um '_panel_' de gerenciamento, pode ser através do 'phpMyAdmin' ou mesmo por comandos 'SQL'.

Configurando o Redmine

Uma vez criado o seu banco de dados MySQL, acesse a pasta raiz do pacote que acaba de copiar do Redmine, copie o arquivo "config/database.yml.example" para "config/database.yml" e faça as alterações necessárias de acordo com as suas configurações:

# cd config/
# cp database.yml.example database.yml
# vim database.yml


Será necessário alterar as seguintes linhas do arquivo:

production:
  adapter: mysql
  database: <nome_do_BD>
  host: <nome_do_host> (geralmente localhost)
  username: <nome_usuario> (nome do usuário mysql.)
  password: <senha_mysql>
  encoding: utf8 (encodificação, geralmente utf8)


Redmine armazena os dados em cookies por padrão. Para habilitar isso, faça:

# rake config/initializers/session_store.rb

Se der algum erro neste passo (algum "rake aborted!"), pule para o próximo. As novas versões do Redmine (a partir da '0.9') não precisam rodar esse comando.

Crie a estrutura do banco de dados rodando o seguinte comando dentro do diretório raiz da aplicação:

# rake db:create RAILS_ENV="production"
# rake db:migrate RAILS_ENV="production"


Isso irá criar as tabelas e a conta administrativa.

Caso ao rodar este comando você obtenha o erro:
   No such file or directory - /tmp/mysql.sock

É porque o arquivo mysql.sock não exite. Isso pode ser resolvido com a criação de um link simbólico do arquivo "mysqld.sock" para "mysql.sock":

# ln -s /var/run/mysqld/mysqld.sock /tmp/mysql.sock

Insira a configuração padrão de dados no banco de dados. Esta etapa é opcional mas extremamente recomendada, pois define o ambiente 'production' como ambiente de desenvolvimento. Rode o seguinte comando:

# rake redmine:load_default_data RAILS_ENV="production"

Testando o Redmine

Teste a instalação rodando o webserver 'WEBrick':

# cd ..
# ruby script/server webrick -e production


Com esse comando foi dado o start no servidor WEBrick do Redmine. Você poderá testá-lo indo na página: http://localhost:3000/

Use a conta administrativa padrão para se logar:

login: admin
password: admin

Para rodar o Redmine em background, você precisa de tachar o script que roda o programa, adicionando um '-d' ao comando:

# ruby script/server webrick -e production -d

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Objetivo e Pré-requisitos
   2. Instalando o Redmine
   3. Configurando o Apache e Mongrel Cluster para o Redmine
   4. Criando o repositório para o Redmine
Outros artigos deste autor

Redmine no Debian - Instalação e configuração

Leitura recomendada

PuTTY - Release 0.66 - Parte V - (Final)

Entendendo TCP/IP (parte 2) - Endereços IP

Restrição de acesso a diretórios pelo Apache

Warcraft 3 - Eurobattle.net

Squid configurado como proxy no Ubuntu Server

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 09/12/2011 - 11:27h

Parabens pelo artigo

[2] Comentário enviado por nicolo em 17/12/2011 - 10:40h

Não entendi nada, mas a versão atual do redmine é a 1.3 veja http://rubyforge.org/frs/?group_id=1850

Se precisar essa ginástica toda para instalar e configurar um project manager software ou um ERP ,
o MS project ainda vai vender muuiiito.

Pergunto: O redmine que tem no debian repo, instalando pelo synaptic não funciona?

O artigo é bom, tem o mérito (muiiito mérito) de divulgar e xplicar o redmine, que eu nunca tinha ouvido falar e um dos maiores problemas do Linux e do Open Source em geral é o desconhecimento.
Valeu : Parabéns.

[3] Comentário enviado por adriell em 27/11/2012 - 18:02h

Parabéns pelo artigo cara muito bom!!


Mas eu tenho uma dúvida, meu redmine antes funcionava com aquele webrick porém eu tive a necessidade para colocá-lo no apache eu consegui colocar no apache porém o CSS dele tá quebrado. como faço para resolver isso?


obrigado

[4] Comentário enviado por cynarabahia em 19/02/2013 - 11:13h

Estou com um problema, preciso instalar o REDMINE em um servidor que não tem acesso à internet, como posso conseguir os pacotes e suas dependencias, ou a listagem com esses arquivos para fazer download um a um?

[5] Comentário enviado por jonimendes em 27/09/2013 - 08:20h

Quem quebrou a cabeça, se matou, leu artigo até em chines de como instalar e NÃO obteve sucesso....como eu, segue um link que salvará as suas vidas!

http://bitnami.com/stack/redmine

Esse download já conta com um pacote completo de tudo que o redmine precisa para ser instalado, depois é só digitar localhot/redmine em seu navegador e...TCHARÁMMMM, mágico não?

Claro que é bem mais divertido e prazeroso quando conseguimos realizar a instalação passo a passo, mas pra quem não conseguiu de nenhum jeito, está aí uma forma.

[6] Comentário enviado por renatofx0 em 27/09/2013 - 13:41h

Jonimendes, muito obrigado pela dica!!! Muito útil e a instalação foi muito simples, definitivamente o melhor tutorial de todos!!!!

Parabéns e obrigado!!

[7] Comentário enviado por murilo_schueda em 21/07/2016 - 20:29h


[5] Comentário enviado por jonimendes em 27/09/2013 - 08:20h

Quem quebrou a cabeça, se matou, leu artigo até em chines de como instalar e NÃO obteve sucesso....como eu, segue um link que salvará as suas vidas!

http://bitnami.com/stack/redmine

Esse download já conta com um pacote completo de tudo que o redmine precisa para ser instalado, depois é só digitar localhot/redmine em seu navegador e...TCHARÁMMMM, mágico não?

Claro que é bem mais divertido e prazeroso quando conseguimos realizar a instalação passo a passo, mas pra quem não conseguiu de nenhum jeito, está aí uma forma.


Cara realmente incrivel. ri muito quando li seu post, mas vc tem razão, foi lido tutoriais de dialetos esquecidos...
uma pena uma ferramenta tao boa ter varios ajustes que nem sempre são eficazes tendo que sempre rever e rever... parabens pela procura de um problema agora realemente resolvido difinitivamente.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts