Solucionando problemas no sistema de arquivos

Esse artigo aborda algumas das principais ferramentas usadas para a manutenção do sistema de arquivos mais usado no Linux, o ext2. Dentre as ferramentas abordadas podemos citar o fsck, badblocks e e2defrag. Saiba pra que cada uma delas serve e como usá-las da melhor forma possível.

[ Hits: 89.497 ]

Por: Leonardo Berbert Gomes em 23/02/2005 | Blog: https://www.linkedin.com/in/leoberbert


Fim dos bad blocks



O comando badblocks verifica em seu disco rígido se existem blocos defeituosos.

O aplicativo utiliza a seguinte sintaxe:

badblocks [_opções_] [_dispositivo_]

Dispositivo partição, disquete ou arquivo que contém o sistema de arquivos que será verificado.

Opções de execução:
  • -b [tamanho] especifica o tamanho do bloco do dispositivo em bytes.
  • -o [arquivo] gera uma lista de blocos defeituosos do disco no [arquivo]. Esta lista pode ser usada com o programa fsck junto com a opção -l.
  • -s mostra números de blocos checados durante a execução dos badblocks.
  • -v modo verbose que exibe todos os detalhes da execução.
  • -w usa o modo leitura/gravação. Com esta opção o badblocks procura por blocos defeituosos gravando alguns padrões (0xaa,0x55,0xff,0x00) em cada bloco do dispositivo testado.

    Cuidado: Nunca use esta opção em um dispositivo que contenha arquivos, pois eles serão apagados.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Quem é o fsck?
   3. Na prática
   4. Fim dos bad blocks
   5. O famoso defrag
Outros artigos deste autor

Monitorando as conversas do MSN

Rundeck - Um Poderoso Agendador de Tarefas

SuperDNS: Solução definitiva para DNS dinâmico

Linux, uma história sem fim!

Gerando gráficos sem mistérios no MRTG (Debian)

Leitura recomendada

Instalação dual boot UEFI Linux Mint/Ubuntu com Windows 8.1/10

Introdução ao universo dos filesystems

Subversion - Controle de versão de documentos

Configurando leitores ópticos e HDs

Deduplicação com LessFS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por internero em 24/02/2005 - 10:38h

Muito explicativo ao demonstrar que mesmo o pinguim precisa de uns 'reparinhos' as vezes.. hehe ;)

Parabéns pelo artigo!! Parabéns!

[2] Comentário enviado por wavemmx em 01/12/2005 - 00:37h

foi legal ,mas quem ainda usa o ext2 ,se hoje em ia tem os poderosos sistemas reiserfs e xfs entre outros

[3] Comentário enviado por elisson.costa em 07/04/2006 - 10:14h

.

[4] Comentário enviado por metall em 14/08/2006 - 15:38h

Muito bom Artigo velho..
Poderia passar as opcoes para ext3! para ambos os Comandos...
Abraco...

[5] Comentário enviado por removido em 11/10/2006 - 09:57h

Parabéns, leoberbert ...

Excelente artigo e bem descritivo.

:::... Viva o Linux ...:::

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 15/04/2008 - 23:37h

igualzin ao texto do foca linux mas td bem, valeu pela divulgação


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts