Slackware 13 - Compilando o kernel 2.6.32rc6

A compilação do kernel às vezes parece algo impossível para iniciantes em Linux. Apesar do que vem com o Slackware 13 já ser um ótimo kernel, muitas vezes é necessário compilar um novo para ter uma performance otimizada, principalmente em computadores antigos e mais lentos.

[ Hits: 16.124 ]

Por: George Silverio da Silva em 11/11/2009 | Blog: http://www.slackwarebox.eng.br


Arquivo .config e compilação do kernel



Arquivo .config

A seguir o arquivo que utilizei para configurar os parâmetros do meu kernel. Salvem com o nome de .config dentro da pasta /usr/src. Esta configuração é para apenas máquinas 32bits.

Lembrete: quando você coloca um ponto no início de uma pasta ou arquivo no Linux ele fica oculto. Para listá-lo dentro da pasta utilizem o parâmetro "-a" do comando ls.

Download do arquivo: config.txt

Entrando na pasta:

# cd /usr/src

Listando os arquivos:

# ls -lah
total 62M
drwxr-xr-x 4 root root 312 2009-11-07 13:45 ./
drwxr-xr-x 19 root root 576 2009-11-05 00:56 ../
-rwxr-xr-x 1 root root 95K 2009-11-07 13:42 .config*
lrwxrwxrwx 1 root root 25 2009-11-07 13:45 linux -> /usr/src/linux-2.6.29.6/
drwxr-xr-x 23 root root 1.1K 2009-11-05 08:02 linux-2.6.29.6/

Compilação do kernel

Vamos pôr a mão na massa!

Dentro da pasta onde você baixou o kernel, façamos os seguintes comandos:

# cp linux-2.6.32-rc6.tar.bz2 /usr/src/

Indo para a pasta /usr /src:

# cd /usr/src

Descompactando o kernel:

# tar xvfj linux-2.6.32-rc6.tar.bz2

Removendo o link simbólico anterior:

# rm -rf linux

Criando novo link simbolico:

# ln -s /usr/src/linux-2.6.32-rc6 /usr/src/linux

Entrando na pasta do source:

# cd /usr/src/linux

Copiando o arquivo que você copiou da página anterior desse tutorial e que você deve ter salvo na pasta /usr/src. Caso tenha salvo em outra pasta, copiar da pasta que salvou para a pasta /usr/src/linux:

# cp ../.config /usr/src/linux

Executando o "make menuconfig", vá até o final do menu, escola a opção load e provavelmente já estará o arquivo .config na sua tela, apenas dê um select e continue:

# make menuconfig

Depois que retornar ao console, digite make, essa parte vai demorar, hora do café!!!

# make

Agora vamos criar as entradas do LILO, eu coloquei o nome Slack2.6.32, se quiser colocar outro, a vontade, mas lembrando que este nome é curto e não pode ter caracteres especiais ou espaços;

# echo "image = /boot/bzImage" >> /etc/lilo.conf
# echo "    initrd = /boot/initrd.gz" >> /etc/lilo.conf
# echo "    root= /dev/hda1" >> /etc/lilo.conf
# echo "    label = Slack2.6.32" >> /etc/lilo.conf
# echo "    read-only" >> /etc/lilo.conf


Após isso:

# make modules_install

Copiando a nova imagem do kernel para a pasta boot:

# cp arch/i386/boot/bzImage /boot/bzImage

Copiando o System.map novo:

# cp System.map /boot/System.map.new

Removendo o antigo:

# rm /boot/System.map

Criando o atalho para o system.map novo:

# ln -s /boot/System.map.new /boot/System.map

Detalhes importantes:
  • eu formatei minha partição em reiser, daí selecionei reiser, caso tenha formatado em ext4, novo padrão do Slack, trocar os dois reiserfs por ext4.
  • onde está "hda1" você deve colocar a sua partição root, para descobrir digite no console, como root: "cat /etc/lilo.conf | grep root" e terá qual o device que deverá colocar ali.

Criando o initrd:

# mkinitrd -c -k 2.6.32-rc6-pdg -m reiserfs -f reiserfs -r /dev/hda1

Arrumando o rc.modules:

# cd /etc/rc.d
# rm rc.modules
# cp rc.modules-2.6.29.6-smp rc.modules-2.6.32-rc6-pdg
# ln -s /etc/rc.d/rc.modules-2.6.32-rc6-pdg /etc/rc.d/rc.modules


Após isso digite "lilo" no console para gravar as configurações:

# lilo

Ao reinicializar o computador, selecione o novo item no menu de boot, se você manteve o que digitei, selecione o Slack2.6.32 para bootar o novo Kernel.

Com o comando "uname -a" você pode verificar a versão do kernel.
Linux: Slackware 13 - Compilando o Kernel 2.6.32rc6
É isso...

Abraços.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Motivação
   2. Arquivo .config e compilação do kernel
Outros artigos deste autor

Instalando o bbpager do Blackbox

BBconf, utilitário de configuração do Blackbox

SlackwareBOX MTA

VivoZAP - Placa pcmcia

Leitura recomendada

Instalando o kernel 2.6.13 pré-compilado no Slackware 10.2

Recompilando kernel 2.6 no Debian Lenny

Compilação comentada do kernel

Novidades do Kernel 2.6.35

Suporte a SATA NCQ em chipset NForce

  
Comentários
[1] Comentário enviado por darkstarfire em 11/11/2009 - 11:52h

Bom dia amigo, apenas uma dica, seria melhor ao invés de criar o initrd com os modulos dos sistemas de arquivos, você coloca-los built-in no kernel, acho que você diminuiria cerca de 1 segundo no caregamento do sistema, além de não precisar criar o initrd.

Do mais, muito bom seu artigo, bem explicado e direto ao ponto.

[2] Comentário enviado por fabri em 24/11/2009 - 11:46h

parabens pelo tutorial, mas no meu nao deu certo,
noteTOSHIBA SATELITE THURION64X2 ATIX1250 2grRam hd200gb, trava teclado e mouse no startx, mas video e som continua rodando, mas nao tem com acessar linux so reboat no power, que faço.....

[3] Comentário enviado por datty em 30/12/2009 - 13:39h

Dou os parabéns pelo tutorial, mas tenho uma dúvida quando vc diz Depois que retornar ao console, digite make, essa parte vai demorar, hora do café!!!

# make, comigo ficou um bocado de perguntas para responder, tipo um script, pergunto se eh isso mesmo ou não!?

[4] Comentário enviado por tim_hunter em 30/12/2009 - 16:18h

fabri
qual o erro que vc recebe quando trava...?
além do kernel panic

[5] Comentário enviado por tim_hunter em 30/12/2009 - 16:18h

datty

isso mesmo!

deu tudo certinho?

[6] Comentário enviado por jdalpiva em 15/07/2011 - 14:46h

Boa tarde Magroleess, ótimo tutorial perfeita explicasao. Me ajudou muito obrigado velho!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts