Sendmail sem complicações

O objetivo desse artigo é fazer com que, ao terminar de lêr, o usuário possa configurar seu sendmail para atuar como um servidor de SMTP básico. O artigo se baseia em pontos básicos da configuração do MTA, o que o torna simples e objetivo.

[ Hits: 211.908 ]

Por: Sandro R. dos Santos em 22/04/2004


Editando os arquivos de configuração



Agora devemos navegar até o diretório do sendmail:

# cd /etc/mail

sendmail.cf:
Neste arquivo editaremos os parâmetros #Dj$w.Foo.COM - onde colocaremos o domínio pelo qual o sendmail irá responder:

#Dj$w.Foo.COM
Djrdsat.com.br

Agora devemos descomentar ainda o parâmetro do tamanho máximo da mensagem:

#MaxMessageSize (lembre-se de setar o tamanho máximo que você quer que o usuário envie email)
MaxMessageSize=12000000

Descomente e altere este parâmetro também:

#ForkEachJob=false
ForkEachJob=true

local-host-names:
Neste arquivo você colocará os domínios pelo qual o teu email responderá:

# local-host-names - include all aliases for your machine here.
rdsat.com.br
dominio2.com.br
...

access:
Este arquivo decidirá de quais sites o seu servidor receberá mensagem e de quais recusará:

# by default we allow relaying from localhost...
127.0.0.1               RELAY
200.154.X.X             RELAY   
mx.rdsat.com.br         OK
rdsat.com.br            RELAY
[email protected]     REJECT
manedospammer.com       DISCARD

Note que as opções REJECT e DISCARD são usadas para descartar domínios ou usuários do qual você não deseja receber e-mails.

Após configurar este arquivo você deverá executar o comando abaixo para que ele atualize a base do seu banco, que é o arquivo access.db.

# cat access | makemap hash access.db

aliases:
Nesse arquivo você poderá colocar mais de um usuário pra receber email, exemplo:

webmaster: administrador, [email protected]

virtuseartable:
Esse arquivo supre a necessidade de ter uma mesma conta em domínios diferentes tipo:


Quando se altera esse arquivo também é necessário executar o comando abaixo para atualizar o virtuseartable.db:

# cat virtuseartable | makemap hash virtuseartable.db

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Verificando o sistema
   2. Editando os arquivos de configuração
   3. Configurando o DNS
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Inserindo o recurso de lixeira no Samba

DNS rápido no RH9

Implementando quotas de disco no Red Hat

Configuração de um servidor com clamav

Leitura recomendada

Acessando contas do Hotmail pelo Mozilla Mail

Alta disponibilidade com Debian Lenny + Heartbeat + DRBD8 + OCFS2 + MONIT + LVS

Qmail completo para Madriva 2006

MTA Selor: Servidor de E-mails - Novo Projeto GPL

Usando Spammer e SpamDomains no sendmail

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rootuser em 22/04/2004 - 14:57h

Muito bom esse artigo principalmente pra quem está a procura de configurar um MTA e está achando muito complicado!

[2] Comentário enviado por ciceroalmeida em 27/09/2004 - 18:16h

Gostei muito do artigo, sou usuário aprendiz do linux, preciso configurar meu sendmail, segui os passos passados, porém o último não consegui realizar, gostaria de saber onde encontro este arquivo de zona, para que eu possa configurar?

[3] Comentário enviado por rdsat em 04/10/2004 - 02:01h

Cara de uma olhada neste tutorial de configuração do Bind (DNS) http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=944
se e que foi esta a parte que você não consigiu da conf do sendmail.

blz
rdsat.

[4] Comentário enviado por nandow em 17/07/2010 - 12:02h

O artigo está muito bom, mas porém muito vago.

Obrigado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts