Implantação de um Sistema de Workgroup Open Source

O objetivo deste documento é ajudar pessoas que, como eu, querem não somente a receita de bolo de como fazer, mas entender o por quê de cada coisa, entender um pouco do por quê e para quê. E é justamente isto que tento fazer neste documento, compilar de forma concisa tudo sobre groupware e correio eletrônico, os conceitos e a instalação. Espero que ajude a muitos como me ajudou.

[ Hits: 113.701 ]

Por: Claudio Rocha de Jesus em 14/01/2008


Introdução



Será abordado neste documento toda a preparação e implementação de um servidor de colaboração utilizando ferramentas open source. Será feito comparativos entre as ferramentas disponíveis, preparação do ambiente e configurações necessárias.

1.1 Objetivos

O objetivo da implementação de um produto de colaboração é tornar mais fácil a integração interdepartamental na companhia, ter uma ferramenta que facilite e torne mais ágil a comunicação tanto interna quanto externa.

Comunicação e integração são as palavras de ordem.

1.2 Pré-Requisitos

A aplicação de colaboração/workgroup deve atender os seguintes requisitos:
  • correio eletrônico
  • agenda corporativa
  • a fazer (to do)
  • lista de endereços pública e privada
  • fornecer acesso às mensagens através da internet ou cliente local
  • interface limpa e organizada
  • integração com palmtops

1.3 O que é Workgroup?

Em uma tradução ao pé-da-letra Workgroup quer dizer trabalho em grupo, normalmente são disponibilizadas ferramentas para trabalho em grupo através de um servidor composto por vários componentes, alguns com mais outros com menos, mas todos tentando prover ferramentas que auxiliem e ajudem as empresas a integrar equipes espalhadas ou não, manter informações em um ponto centralizado, organizar documentos, gerenciar projetos, agendar reuniões, e gerenciar contatos. A idéia é uniformizar as informações, compartilhar programas e procedimentos facilitando a troca de informações entre os membros de uma mesma equipe ou de toda a corporação.

A bem pouco tempo atrás existiam apenas no mercado soluções de workgroup proprietárias e caras, muitas delas disponíveis apenas à grandes corporações, com o crescimento do software livre, os chamados open source ou código fonte aberto, que são programas que podem ser distribuídos gratuitamente e alterados conforme a necessidade da empresa, esse cenário mudou consideravelmente, agora é possível encontrar servidores de workgroup open source que atendem uma gama de necessidades e está ao alcance das empresas de menor porte.

Dentre as soluções proprietárias estão:
  • Lotus Domino/Notes da IBM;
  • Exchange Server da Microsoft;
  • GroupWise da Novell;

Dentre as soluções open source estão:
  • OpenGroupware.org;
  • Kolab;
  • DiretoLivre (Guarani);
  • phpGroupware;
  • eGroupware;
  • Open-Xchange;
  • MoreGroupware;
  • phpCollab;
  • Tutos;
  • Horde;
  • entre outros.

Praticamente todos possuem os mesmos componentes básicos:
  • Gerenciamento de tarefas
  • Agendamento (reuniões, eventos, etc);
  • Anotações;
  • Correio eletrônico (interno e externo);
  • Gerenciamento de projetos internos;
  • Gerenciamento de contatos;
  • Gerenciamento de permissão por grupo e por usuário;
  • Difusão de notícias e informações (newsletter, murais, avisos internos; manchetes, etc);
  • Administração centralizada;
  • Replicação do servidor em clusters (conforme demanda pelo crescimento da empresa/grupo).

Na solução apresentada aqui utilizaremos os seguintes softwares:
  • servidor de banco de dados PostgreSQL para armazenar a agenda corporativa, lista de endereços pública e privada;
  • servidor de entrega de correio Postfix integrado com Cyrus IMAP para armazenamento das caixas postais;
  • servidor de diretórios OpenLDAP para ter um repositório central das contas de usuários;
  • antivírus ClamAV;
  • bloqueador de mensagem indesejadas SpamAssassin;
  • servidor de internet Apache.
  • Tirando o anti-vírus e o anti-spam os outros componentes são pré-requisitos para o servidor de colaboração que exige que estes componentes estejam instalados e funcionando. A distribuição utilizada como padrão é a Debian GNU/Linux 3.1 com kernel 2.6.8.

O eGroupware foi escolhido por ter uma interface organizada e limpa além de possuir vários temas para se alternar. Possui em seu site informações organizadas e detalhadas e aparenta ter um ritmo de desenvolvimento mais rígido e organizado.

Os primeiros testes foram realizados com o DiretoLivre que é um derivado do Direto da Procergs. Este foi abandonado por que em seu fórum os mantenedores do projeto estavam mais preocupados em fazer os usuários chamarem o produto pelo nome correto que difundir uma comunidade forte, faltou também documentação e ritmo de desenvolvimento conciso e por não haver integração com Palm e com grande número de clientes. O Kolab não foi experimentado por causa da sua forma de distribuição que explicarei mais abaixo. O OpenXchange não foi testado por conter alguns componentes proprietários e pagos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Análise de produtos
   3. Definições
   4. Produtos
   5. Pacotes utilizados
   6. Configurações
   7. Configurações - continuação
   8. eGroupware
   9. Configuração de contas LDAP
   10. Atualizando a versão do eGroupWare
   11. ClamAV
   12. Patch de auto-create do Cyrus
   13. Bibliografia
Outros artigos deste autor

Git - Ciclo básico de trabalho

Conversão da base de dados do Cyrus IMAP no Debian

Compilando o Mono 2.2 no Ubuntu 8.10

Leitura recomendada

Implementando o Interscan VirusWall com Postfix

Exim4 com MailScanner + Clamav

Clamav com Mailscanner para Postfix

Enviando e-mail pelo shell com smtp remoto

Como acessar contas do Hotmail no seu cliente de e-mail Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lucas.suporte em 14/01/2008 - 14:50h

otimo artigo, com bastante conceitos nos assuntos abordados, apresentando um forma de o leitor expandir o assunto do artigo.
Parabens!
Lucas Rocha
Analista de Rede

[2] Comentário enviado por Sandro Li em 14/01/2008 - 16:45h

Este artigo é excelente. Parabéns Claudio! Para mim, que sou novo aqui, ele está muito bem explicado.

Sandro Lima
Técnico em Informática.

[3] Comentário enviado por rodrigosalmeida em 14/01/2008 - 16:48h

Muito bom artigo...Parabens...

[4] Comentário enviado por jorcelangelo em 15/01/2008 - 14:52h

Uns dos melhores tutoriais que ja encontrei sobre software-livre na internet.
Parabens!!! Voce merece nota 10 !!!

E um detalhe, continue enviando tutoriais. Sempre estaremos agradecidos pelo seu trabalho.

[5] Comentário enviado por rlamana em 17/01/2008 - 11:28h

Muito bacana o artigo.

Vale a pena citar também o Zimbra que é um ótimo suite de colaboração e já esta totalmente traduzido para português brasil!

Abraços


[6] Comentário enviado por jamerson em 30/10/2008 - 17:07h

muito bom artigo, mas vc acha o egroupware melhor q o OpenGroupware?

[7] Comentário enviado por tiagotavares em 14/11/2008 - 12:14h

Respondendo a pergunta do usuário "jamerson", não minha opinião o EGroupware é melhor que o OpenGroupware. Estou migrando do OGO para o EGroupware, e estou gostando muito!

[8] Comentário enviado por dbsechin em 16/04/2009 - 18:29h

Alguem conseguiu integrar o addressbook do egroupware ao LDAP?

não estou conseguindo, se alguem conseguir...


Contribuir com comentário