Remasterizando o Kurumin

Neste artigo demonstro como remasterizar o Kurumin em qualquer versão disponível, até mesmo nas versões mais recentes, que não dispõem mais do dispositivo "Remasterizando o Kurumin" no painel de navegação.

[ Hits: 37.433 ]

Por: Leandro Oliveira Ferreira em 16/10/2006


Informações e comandos de inicialização



Para começar será preciso que você disponha de um HD de no mínimo 40 GB, no mínimo 256 MB de memória e tempo disponível, pois este procedimento utilizará um bom tempo na frente do PC.

Com o PC pronto teremos que instalar o Kurumin no HD.

1. Boot com o cd do Kurumin.

2. Instale o Kurumin e crie 3 (três) partições no HD:
  • /dev/hda1 = swap TIPO 82 (mínimo 6 GB);
  • /dev/hda2 = partição de trabalho TIPO 83 (mínimo 5 GB);
  • /dev/hda3 = partição remaster Linux TIPO 83 (mínimo 10 GB).

Se por algum motivo "você" quiser utilizar uma ordem diferente, não haverá problemas, mas não se confunda com a ordem depois ; )

Selecione o /dev/hda2 para instalar o Kurumin usando o ReiserFS na formatação.

3. Reinicie o computador e carregue o Kurumin pelo cd novamente.

4. Entre no console do Linux e crie uma senha de root para utilizá-lo livremente:

$ sudo passwd root
password: (digite a nova senha)

Entre como root:

$ su -
password: (digite a senha do root)

5. Desmonte e formate a partição remaster /dev/hda3, o parâmetro "-f" do comando a seguir força a formatação usando o ReiserFS:

# umount /mnt/hda3
# mkfs.reiserfs -f /dev/hda3


Confirme a mensagem:

"/dev/hda3" looks mounted.continue (y/n):

TECLANDO "y".

6. Após a formatação, vamos montar a partição hda3 com o comando a seguir (este comando é importante mais adiante):

# mount -t reiserfs /dev/hda3 /mnt/hda3

7. Vamos criar 3 (três) pastas na partição /dev/hda3:

# mkdir /mnt/hda3/knxmaster
# mkdir /mnt/hda3/knxsource
# mkdir /mnt/hda3/knxsource/KNOPPIX


Pronto, agora vamos para o segundo passo da remasterização.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Informações e comandos de inicialização
   2. Copiando arquivos, gerando o ISO e finalizando
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

S1 Ponto: Sistema de controle de ponto Open Source para Linux (Ubuntu)

Instalação e configuração do Hylafax (servidor de FAX)

DNS BIND para integração em domínios AD (com Windows Active Directory ou Samba)

Instalação de um servidor de mensagens instantâneas Openfire na sua rede com clientes Microsoft Windows e cliente Jabber Exodus

Compilando PHP 5 com suporte a Oracle sem mistérios

  
Comentários
[1] Comentário enviado por difyca em 16/10/2006 - 22:53h

DEsculpe-me caro colega mas esse artigo e praticamente uma copia do que se encontra no Guiadohardware.net ....cujo autor e o Morimoto pai do Kurumin

[2] Comentário enviado por zaakvarejo em 17/10/2006 - 09:13h

Olá, quem postou o artigo não está reivindicando a autoria do mesmo. Trata-se de uma versão detalhada de como fazer isso com as novas versões do Kurumin. Veja que o artigo foi Googlado (não existe no Google) e recebeu avaliação técnica 10. Abraços.

[3] Comentário enviado por hellnux em 17/10/2006 - 13:34h

Olá,

Ótimo artigo, bem detalhado, nas férias vou testa-lo. Os tutorias do guiadohardware só valem pra versões antigas do Kurumin, passando a ser um material de apoio. Quando comecei no mundo Linux, uma de minhas missões era remasterizar um Linux para a empresa da qual eu trabalhava, pena que sai um pouco antes de conseguir, certamente a resposta que busco esta neste artigo. =D

[]´s

[4] Comentário enviado por removido em 17/10/2006 - 19:27h

Concordo com hellnux...

Muitas coisas mudam, e não vejo plágio nenhum, apesar da semelhança. Parabéns pelo artigo.

:::... Viva o Linux ...:::

[5] Comentário enviado por zecaaraujo em 17/11/2006 - 01:17h

O Kurumin 6.1 e os betas do 7 estão bichados!

repare o erro que provoca quando o k-close chama create_compressed_fs

Chame o Xnest e veja o que acontece?

Será que haveria Kurumin se o Knoppix fosse assim?

É lamentavél mas se for para remasterizar deixe para lá o Kurumin 6.1 , 7 e o Kalango 3.3!

Alguem apresenta uma solução?

[6] Comentário enviado por Leandro_sx em 10/01/2007 - 08:53h

Senhor zecaaraujo na versão 6.1 eu concegui remasterizar utilizando o procedimento acima, ainda não testei no kurumin 7 e nem no Kalango , mas póis teste postarei para informar sobre a remasterização dos mesmo.

Grato pelo dúvida.

[7] Comentário enviado por eversonvluz em 24/01/2007 - 23:28h

Depois de estrair a imagem do Knoppix para remasterizar eu uso o comando
#chroot /mnt/hda2/knxsource/KNOPPIX
E aparece na proxima linha
root@não é um tty [/]#

Alguém sabe o que pode ser?
Estou remasterizando Kurumin Light 7

[8] Comentário enviado por Leandro_sx em 29/01/2007 - 11:14h

tatsunoko,

Desde o início utilizou o hda2?.....talvez tenha trocado?

Você utilizou do comando

# mount -t reiserfs /dev/hda2 /mnt/hda2

?
Sem ele seu procedimento foi em vão, mas confesso q ainda não tive tempo de remasterizar a versão e Light 7 do Kurumin.....

[9] Comentário enviado por robertobech em 02/03/2007 - 00:48h

Eu estava seguindo o guia do Morimoto:
http://www.guiadohardware.net/livros/kurumin/09/

Mas tinha três problemas: primeiro que como apontado pelo zecaaraujo o Xnest não funciona. Segundo, o mkisofs não existe mais: no lugar dele é preciso usar o genisoimage. Terceiro: o último comando, para fechar a ISO, dava xabú. Mas vi que, neste arquivo, o autor indica o último comando de maneira diferente. Fiz e... deu certo! Obrigado!

No site do Morimoto:
mkisofs -pad -l -r -J -v -V "Meu_CD" -b KNOPPIX/boot.img -c KNOPPIX/boot.cat -hide-rr-moved -o /mnt/hda1/kurumin.iso /mnt/hda2/knxmaster

Por aqui:
# mkisofs -pad -l -r -J -v -V "linuxpf" -no-emul-boot \
-boot-load-size 4 -boot-info-table -b \
boot/isolinux/isolinux.bin -c boot/isolinux/boot.cat \
-hide-rr-moved -o /mnt/hda2/logness.iso \
/mnt/hda3/knxmaster

[10] Comentário enviado por scr1pt em 21/04/2009 - 17:51h

eu sou noob no linux mas tenho meu k7 atualizado com kernel novo e os pacotes do debian etch modificados para o debian lenny, eu gostaria de saber se essa copia descompactada ke ele faz do cd equivale ao ke tenho no "/" pq daí eu poderia trabalhar com isso e naum ter ke compilar e atualizar os pacotes do debian etch pro lenny dentro do remaster .

[11] Comentário enviado por cesar em 30/07/2009 - 12:07h

Etaaa Ctrl C e Ctrl V


Contribuir com comentário