Pendrive MultiBoot com o Ventoy Não Funcionou? Tem Solução!

Saiu um novo método para criar boot USB muito mais fácil e promissor até hoje, o Ventoy. Muitos PCs não conseguem dar boot USB com o Ventoy. Eu tive esse problema. Por isso fui a luta e fiz várias tentativas até encontrar a solução. Se você tem a mesma dificuldade e está precisando dessa ferramenta para ontem, eu lhe apresento um método que inclusive, funcionava em PCs sem suporte a boot USB.

[ Hits: 1.402 ]

Por: Mauricio Ferrari em 19/05/2020 | Blog: http://linguagemcfacil.mozello.com/


Introdução



Uma nova ferramenta apareceu na internet como um solução definitiva para Pendrive Multiboot. Inclusive em dois dias de lançamento, já era considerada a melhor ferramenta MultiBoot USB. Estamos falando do Ventoy. Sua instalação é bem simples. Oferece opção de instalação para Windows e Linux.

Essa ferramenta já foi abordada aqui mesmo no Viva o Linux: Ventoy: crie pendrives multiboot para quantas e quais ISOs quiser [Artigo]

Por isso não irei falar da ferramenta, mas sim do problema que eu enfrentei e que muitos podem enfrentar.

TESTANDO O VENTOY PELA PRIMEIRA VEZ

Na verdade eu nem consegui. Usei um pendrive de 16 GB Cruzer Blade para a instalação do Ventoy. A instalação foi realizada com sucesso. Depois percebi que eu não conseguia abrir o diretório que o instalador criou no Pendrive porque estava em exfat. Como eu estava usando o Slackware instalei esses pacotes:
  • exfat-utils
  • fuse-exfat

Assim, consegui abrir o pendrive. Copiei duas ISOs e reiniciei o computador. Para minha surpresa, eu usei a tecla F12 e selecionei o USB com o Ventoy, mas ele nem deu sinal de vida. Tentei configurar na BIOS e também não rolou.

Eu refiz todo o processo de novo, pois poderia ter sido um problema na instalação, user todas as opções possíveis e nada. Então, concluí que o problema estava na compatibilidade com a BIOS do meu computador. Para confirmar minha teoria, usei um script que eu criei que executa diversas opções usando o qemu.

E vejam, funcionou:
Então, decidi optar por outras alternativas para inicializar o pendrive MultiBoot a toda lei, até que uma funcionou.

A SOLUÇÃO COM O PLOP BOOT MANAGER

Vou falar um pouco dessa ferramenta maravilhosa que salvou a minha vida e de quebra está funcionando como uma alternativa de boot USB sem menu F12 e sem alterar a ordem de boot da BIOS.

O Plop Boot Manager é uma ferramenta criada com o objetivo de dar suporte ao boot USB em computadores antigos que não possuem essa função na BIOS. Assim, você poderia usar um disquete ou CD com o Plop para inicializar o dispositivo USB. É claro que para isso ele tinha que ser compatível com as mais diversas formas de inicialização USB, como MBR, GPT e por aí vai. Foi usando essa teoria que resolvi arriscar.

Para isso, baixe o Plop Boot Manager usando esse link:
Dentro do arquivo, você terá várias opções:
Existe uma imagem "plpbt.iso" para você gravar em um CD e usar como opção de boot.

Mas, como eu quero inicializar o Pendrive sem um CD eu usei o Grub para isso. Fiz o seguinte procedimento:

Copiei o plpbt.bin para o diretório /boot na partição do Slackware, portanto, sda5.

Editei o grub manualmente e inseri essa opção, adapte conforme as configurações no seu computador:

menuentry "Gerenciador de inicialização do Plop" {
    set root='hd0,msdos5'
    linux16 /boot/plpbt.bin
}

Salvei e reiniciei. Iniciei o Plop Boot Manager e selecionei a opção USB. E foi assim que a mágica aconteceu.

Rodei o Plop Boot Manager no qemu para mostrar aqui como é sua interface:

CONCLUSÃO

Nunca dê um caso como não solucionado sem testar outros recursos, outras alternativas. Com minha insistência resolvi meu problema e posso vir a resolver o problema de outras pessoas que visualizarem esse artigo. Pode ser que o Ventoy sofra melhorias e esse problema de não inicializar em muitos computadores, como MacBooks e alguns Notebooks como o meu, mas até lá o Plop pode ser a única solução para inicializar pendrives com o Ventoy.

Assim, com o teste do Ventoy iniciando com o Plop, é possível afirmar que é possível iniciá-lo mesmo em computadores antigos e que não possuem suporte a boot USB.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Criando acima de quatro partições no HD

Liberando Memória ajustando o Tamanho das Strings em C

C# no Slackware

LXQT Desktop no Slackware

Instalando MultiLIB no Slackware 14.2 com Atualizações pelo GSlapt

Leitura recomendada

Acessando o sistema de arquivos NTFS em modo de leitura e escrita com o captive-ntfs

Bodhi Linux com o belíssimo Enlightnment

Configurando servidores DHCP, BIND, Squid, Sarg, Samba e algumas regras IPtables

Otimizando o uso do seu disco rígido usando a mesma /home para várias distribuições

Programando para um servidor IIS e administrando o Microsoft SQL Server via Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Cizordj em 20/05/2020 - 17:52h

O problema do ventoy é que ele formata a partição como exfat, voce sabe se tem como mudar isso?

[2] Comentário enviado por ricardogroetaers em 20/05/2020 - 21:21h

[1] Comentário enviado por Cizordj em 20/05/2020 - 17:52h
O problema do ventoy é que ele formata a partição como exfat, voce sabe se tem como mudar isso?

Não baixei nem testei o Ventoy e por enquanto não pretendo fazê-lo.
Mas já havia pensado na hipótese de formatar a partição exfat com outro sistema de arquivos, inclusive colocar um DOS ali.

Suponho, apenas suposição, que a partição é em exfat por ser fat compatível e por permitir armazenar arquivos grandes (característico de algumas isos de instalação de sistemas operacionais modernos). Um sistema fat32, mesmo LBA, não suporta um arquivo muito grande (> 4GB). Se assim o fosse poderíamos usar o programa Discos para criar um arquivo iso contendo uma cópia bruta de uma partição e armazenar a "iso grande" num volume fat32, mas isso não é possível.

Suponho que a partição exfat é apenas para armazenar dados e que ela pode ser reformatada em outro sistema de arquivos posteriormente, mas nunca testei e não pretendo fazer o "trabalho sujo", pelo menos por enquanto.
Voce pode ser o pioneiro.



[3] Comentário enviado por mauricio123 em 22/05/2020 - 08:36h


não. o sistema tem que ser exfat. ja fiz o teste. é recomendado tambem esperar a ferramenta evoluir pois muitas isos mesmo dando boot não iniciam corretamente.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[4] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 28/05/2020 - 23:15h

Muito bom o artigo. Parabéns. Com base no artigo anterior, criei um pendrive de 16Gb com 4 distros e já consegui usá-lo pelo menos por duas vezes sem problemas. Seu artigo veio em boa hora com a solução quando não for possível o boot apenas com o pendrive.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts