PHP Orientado a Objetos

Neste artigo faço uma breve introdução sobre conceitos de programação orientada a objeto usando PHP. Aqui veremos definição, instanciação de classe e herança.

[ Hits: 20.770 ]

Por: Tiago Mendes em 25/02/2007 | Blog: http://tsouza.wordpress.com


Introdução



Eu aqui novamente para falar de um assunto que para muitos é a solução de todos os problemas e para outros é simplesmente o problema. Vou falar sobre programação orientada a objetos usando PHP.

Mas afinal, o que é Orientação a Objetos?

Ela é uma maneira de programar que modela os processos de uma maneira mais próxima da realidade, tratando cada componente de uma aplicação como um objeto, onde esse objeto possui suas características e funcionalidades.

Na versão 4 do PHP, já era possível programar dessa maneira, mas na versão 5 isso se tornou mais fácil e eficaz, pois o tratamento de objetos foi reescrito, permitindo assim mais recursos, performance e vantagens em seu uso.

Classes e objetos

Classe é uma estrutura fundamental para criação do objeto, ela possui um conjunto de variáveis e métodos de maneira organizada, que serão utilizados como um novo tipo e instanciará um objeto. O objetivo da classe é criar um objeto que é uma representação desta classe em uma variável.

Exemplo de Classe:

<?
// Classe Pessoa
class pessoa{
public $nome;
public $humor;

function setNome($pNome){
$this->nome = $pNome;
}

function getNome(){
return $this->nome = $pNome;
}

function getNome(){
return $this->nome;
}

function setHumor($pHumor){
$this->humor = $pHumor;
}

function getHumor(){
return $this->humor;
}

function falar(){
echo $this->getNome() . ‘ está ‘ . $this->getHumor();
}
}
?>

Aí criamos uma classe que instanciará um objeto, no nosso caso, uma pessoa. Ela tem duas propriedades ($nome e $humor) e três métodos (setNome($nome), setHumor($humor), getNome(), getHumor() e falar()). Agora, criando um objeto a partir dessa classe, vamos ver o que podemos fazer com ela:

$pessoa = new pessoa; // Instanciamos o objeto "pessoa"
$pessoa->setNome( "Tiago" ); // Setamos $pessoa->nome;
$pessoa->setHumor( "Feliz" ); // Setamos $pessoa->humor;
$pessoa->falar(); // Chamamos o método $pessoa->falar();

Como você deve ter visto, instanciamos um objeto utilizando o operador new. Para utilizarmos as propriedades e métodos da classe, devemos utilizar o operador ->, como vimos acima.

A variável $this

Quando definimos uma classe podemos usar a variável $this, que é o próprio objeto. Quanto uma classe é instanciada em um objeto e utilizamos a variável $this, essa variável se refere ao objeto que estamos utilizando.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Herança
Outros artigos deste autor

Diferenças de sites Web Standards

JDK 6 + Eclipse 3.2 + NetBeans 5.5

Leitura recomendada

Desenvolvendo um componente de calendário dinâmico em PHP

Ninguém planeja fracassar, mas muitos fracassam por não planejar

Instalação do MediaWiki em uma Project web do SourceForge

Criando um blog com o CakePHP 2.2.1

Gerando gráficos com PHP e highcharts.com

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lsouzabr em 09/11/2007 - 17:04h

CONTROL + D


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts