PHP Orientado a Objetos

Neste artigo faço uma breve introdução sobre conceitos de programação orientada a objeto usando PHP. Aqui veremos definição, instanciação de classe e herança.

[ Hits: 20.735 ]

Por: Tiago Mendes em 25/02/2007 | Blog: http://tsouza.wordpress.com


Introdução



Eu aqui novamente para falar de um assunto que para muitos é a solução de todos os problemas e para outros é simplesmente o problema. Vou falar sobre programação orientada a objetos usando PHP.

Mas afinal, o que é Orientação a Objetos?

Ela é uma maneira de programar que modela os processos de uma maneira mais próxima da realidade, tratando cada componente de uma aplicação como um objeto, onde esse objeto possui suas características e funcionalidades.

Na versão 4 do PHP, já era possível programar dessa maneira, mas na versão 5 isso se tornou mais fácil e eficaz, pois o tratamento de objetos foi reescrito, permitindo assim mais recursos, performance e vantagens em seu uso.

Classes e objetos

Classe é uma estrutura fundamental para criação do objeto, ela possui um conjunto de variáveis e métodos de maneira organizada, que serão utilizados como um novo tipo e instanciará um objeto. O objetivo da classe é criar um objeto que é uma representação desta classe em uma variável.

Exemplo de Classe:

<?
// Classe Pessoa
class pessoa{
public $nome;
public $humor;

function setNome($pNome){
$this->nome = $pNome;
}

function getNome(){
return $this->nome = $pNome;
}

function getNome(){
return $this->nome;
}

function setHumor($pHumor){
$this->humor = $pHumor;
}

function getHumor(){
return $this->humor;
}

function falar(){
echo $this->getNome() . ‘ está ‘ . $this->getHumor();
}
}
?>

Aí criamos uma classe que instanciará um objeto, no nosso caso, uma pessoa. Ela tem duas propriedades ($nome e $humor) e três métodos (setNome($nome), setHumor($humor), getNome(), getHumor() e falar()). Agora, criando um objeto a partir dessa classe, vamos ver o que podemos fazer com ela:

$pessoa = new pessoa; // Instanciamos o objeto "pessoa"
$pessoa->setNome( "Tiago" ); // Setamos $pessoa->nome;
$pessoa->setHumor( "Feliz" ); // Setamos $pessoa->humor;
$pessoa->falar(); // Chamamos o método $pessoa->falar();

Como você deve ter visto, instanciamos um objeto utilizando o operador new. Para utilizarmos as propriedades e métodos da classe, devemos utilizar o operador ->, como vimos acima.

A variável $this

Quando definimos uma classe podemos usar a variável $this, que é o próprio objeto. Quanto uma classe é instanciada em um objeto e utilizamos a variável $this, essa variável se refere ao objeto que estamos utilizando.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Herança
Outros artigos deste autor

JDK 6 + Eclipse 3.2 + NetBeans 5.5

Diferenças de sites Web Standards

Leitura recomendada

Requisições assíncronas em PHP usando AJAX - Parte I

JOOMLA no openSUSE em 10 passos

Debian com Apache, PHP4, PHP5 e MySQL

Gráficos em PHP Highcharts

Criando um blog com o CakePHP 2.2.1

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lsouzabr em 09/11/2007 - 17:04h

CONTROL + D


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts