Otimizando o uso do seu disco rígido usando a mesma /home para várias distribuições

Pretendo mostrar como podemos usar várias distribuições instaladas no computador usando a mesma partição de arquivos de usuários (/home), otimizando o uso do disco e concentrando os arquivos em um único lugar, útil para quem tem seu próprio computador e quer seus vídeos, músicas etc num único lugar.

[ Hits: 29.192 ]

Por: Raimundo Alves Portela em 07/06/2011 | Blog: http://portelanet.com


Instalando a segunda distribuição



Depois quando for instalar sua segunda distribuição, crie uma nova partição para o ponto de montagem raiz "/" dessa distribuição e configure a partição "/home" que você já tem para ser usada por esta distro também.

Vou mostrar novamente apenas a parte do particionamento da instalação da distribuição.

Escolha o particionamento manual (avançado):
No meu caso vou instalar no espaço livre, você leitor, pode ter uma situação diferente no seu HD, mas espero que entenda a ideia básica, a instalação de uma segunda distribuição usando a /home já criada antes.
Adicione a partição para o sistema raiz (ponto de montagem /).
Depois de criar a /, o HD ficou assim:
... depois vem a melhor parte :-)

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Motivação e configuração do particionamento
   2. Instalando a segunda distribuição
   3. Usando a mesma /home
   4. Organizando os diretórios...
Outros artigos deste autor

StarDict - software de tradução de ótima qualidade!

Enviar e-mail pelo terminal com mutt

Apresentando o Yad - "zenity melhorado"

Explorando a entrada de dados com READ em Bash Shell

Mostrando dicas ao iniciar o terminal

Leitura recomendada

Zenwalk Core: Para quem só quer o essencial

FluxBox com sombras e transparência real (translucência)

Instalação do Asterisk - Distribuição Meucci

Deixando o Fluxbox com a sua cara

Comando sudo - instalação e configuração

  
Comentários
[1] Comentário enviado por asmayr em 07/06/2011 - 17:38h

Raimundo,
Eu prefiro colocar os dados (músicas, vídeos, documentos pessoais ...) numa partição separada, ao invés de colocar os dados nas homes. Esta partição representa 70% do meu HD. Sempre que instalo um outro sistema nunca perco nada, pois os dados estão sempre preservados e não tenho problema de espaço. As permissões e grupos dos usuários são diferentes dependendo das distros usadas e nem sempre esta visibilidade ocorre com facilidade. Só uma questão de opção. Mas dá certo do mesmo jeito, e faço assim há mais de três anos. E olha que já instalei e reinstalei sistemas zilhões de vezes :) Abs

[2] Comentário enviado por tiekookeit em 07/06/2011 - 18:02h

eu faço isso mas simplesmente altero em /etc/passwdo no nome do usuário para apontar para o home correto
ou quando instalo uma distro nova, removo o /home/homenova e faço um link da home do outro so ex:
meu home /media/sda3/daniel

no sistema recem instalado
cd /home/
mv daniel daniel.old
ln -s ../media/sda3/daniel daniel

envolve comando mas é mais facil para mim pelomenos

[3] Comentário enviado por rai3mb em 07/06/2011 - 19:31h

@tiekookeit

Se você fizer isso, alguns programas terão suas configurações sobrescritas, caso outra distro tenha o mesmo programa, e pode causa conflitos, como gnome/kde.

Abraços

[4] Comentário enviado por rai3mb em 07/06/2011 - 19:33h

@asmayr
"Eu prefiro colocar os dados (músicas, vídeos, documentos pessoais ...) numa partição separada, ao invés de colocar os dados nas homes."

Foi justamente o que fiz, coloquei os dados de músicas, vídeos, documentos, etc, numa partição separada, a partição do /home, não teria muito sentido criar mais uma partição para separar esses dados, pois já estão seguros no /home (partição separada)

Abraços

[5] Comentário enviado por [email protected] em 08/06/2011 - 12:24h

Eu faço algo parecido com isso...
O problema de fazer assim, é não poder ter o mesmo nome de usuário em todas as instalações...

Eu coloco todos meus arquivos em uma partição separada, na qual meus arquivos estão separados por várias pastas: imagens, filmes, musicas, artigos, programas, livros, homepage, ensino, mestrado, doutorado....

Então, a cada nova instalação de um linux com o /home dentro do diretório raiz /
Eu apenas removo as pastas de musica, imagens, video, etc.. do /home e crio link simbólicos de cada pasta da minha partição de dados para o /home

Ex:
ln -s /sda6/artigos /home/izabel/artigos

São mais de 10 pastas desse tipo hehehe

O importante é modificar no fstab para que essa partição seja montada automaticamente no boot com permissão de leitura/escrita para o usuário.

Bom artigo,
Nota 10.

[6] Comentário enviado por nicolo em 08/06/2011 - 15:20h

hum... pode ser a coisa mais inútil do mundo, mas é uma idéia engenhosa e sui generis. (Já gastei 95% do meu latim). Gostei da parte do Link, o que realmente torna real somente o diretório do usuário master.
Parabéns, pela idéia. A maioria dos mortais nunca teve e jamais terá idéia nenhuma, e não há escola que dê jeito nisso.

Poderia com isso fazer partições menores para cada e criar os links para uma partição que contenha as músicas e os vídeos.
Gostei. Nota 10, com louvor.

[7] Comentário enviado por izaias em 08/06/2011 - 15:44h

Fiz um tópico sobre este assunto um tempo atrás(talvez na metade de 2010), e você entre outros, também participou dele, Rai.
Foi uma ótima discussão da temática, como organizar as partições, compartilhar a '/Home' e também quanto ao criar usuários diferentes para cada sistema. Foi muito proveitoso e enriquecedor.

E o Artigo não ficou por menos. Detalhado e rico em imagens.
Agora já temos um Artigo que ensina como fazer isso, sem termos que ficar explicando passo-a-passos.

Muito bom!


[8] Comentário enviado por rai3mb em 08/06/2011 - 21:39h

@nicolo
"Poderia com isso fazer partições menores para cada e criar os links para uma partição que contenha as músicas e os vídeos."

Não acho muito viável, criar uma partição apenas pra guardar músicas e os vídeos...mas é uma ideia, algumas pessoas podem colocar um HD a mais e apenas criar os links para o mesmo...

Gostei do "...pode ser a coisa mais inútil do mundo, mas é uma idéia engenhosa e sui generis..."

Para mim está sendo útil, abro uma nova distro e uso meus arquivos de música e vídeos, com outro usuário, vantagem em vista da situação em que criaria um usuário e depois outro em outra distribuição com o mesmo nome, e teria algumas configurações bichadas de aplicativos que passariam a compartilhar arquivos de configuração.

ABraços

[9] Comentário enviado por rai3mb em 08/06/2011 - 21:40h

@Izaias

Foi aquele tópico a motivação do artigo :-)

Obrigado pelas palavras e Abraços, seguimos aprendendo juntos!

[10] Comentário enviado por jaircs em 10/06/2011 - 10:11h

Sempre usei o mesmo método da [email protected]

[11] Comentário enviado por rai3mb em 10/06/2011 - 10:14h

@jaircs

Sem problemas, é apenas mais um método :-)

Abraços

[12] Comentário enviado por .jack em 11/06/2011 - 21:54h

Bom esse tutorial e tira dúvidas. Pela diferença de 72 horas, eu teria feito igual antes.

Ilustrando:

Separei 4 partições nesse laptop (que não é meu, e já levaram embora daqui). :)

1. / Para a 1ª Distro
2. / Para a 2ª Distro
3. /Home
4. Swap

Formatei e montei as partições "/" e "/Home" na 1ª instalação. Na 2ª instalação, "/Home" não queria montar de jeito nenhum (Hein???). O instalador fechava sozinho se eu formatasse tanto "/" quando "/Home". Ao marcar "/Home" sem formatar, acusava um erro. Prosegui na 2ª instalação da 2ª Distro sem montar "/Home" mesmo.

Fim da História.

*Distros utilizadas: Ubuntu e Kubuntu versões 11.04 cada. O laptop e a dona não vem ao caso.

[13] Comentário enviado por liota em 13/06/2011 - 14:10h

Ótimo artigo, mas pessoal alguém sabe me dizer se consigo utilizar o meu /home configurado como meus documentos no Windows (que ainda não consegui tirá-lo por causa da minha familia). Para explicar melhor eu gostaria de utilizar o meu segundo HD (formatado com NTFS) que hoje ta configurado para os "Documents and Settings" no Windows, gostaria de confiurar esse mesmo HD (sem ter que formata-lo) como meu /home do meu Linux.

[14] Comentário enviado por rai3mb em 13/06/2011 - 21:29h

@liota

Não dar para usar um partição NTFS como /home, o que você pode fazer é montá-la automaticamente adicionando uma entrada no arquivo /etc/fstab e criar um link para seus arquivos dentro do /, ou dentro de alguma pasta de usuário.

Ou seja ficaria mais ou menos assim:
ln -s /media/windows/Documents\ and\ Settings /home/seu_usuario/dados_windows

Ai criaria um atalho para os arquivos do windows dentro da sua parta de usuário.

Precisando, estamos ai :-)

[15] Comentário enviado por R1c0 em 14/06/2011 - 20:37h

Nos meus dois sistemas (Debian e OpenBSD) eu aponto numa partição com /home, mas cada um tem seu user folder, assim mantenho certas configurações separadas, mas sempre dexo um link simbólico para economizar.

[16] Comentário enviado por pinduvoz em 14/06/2011 - 21:41h

A ideia é muito boa, pois usando usuários diferentes em distros diferentes (e com ambientes diferentes, como Unity/Gnome. apenas Gnome e KDE), podemos manter as configurações separadas e os arquivos juntos.

Vou utilizar a ideia aqui exposta na próxima distro que eu instalar.

[17] Comentário enviado por andersond em 24/04/2014 - 11:50h

Olá sei que o topic é antigo mas a esperança é a ultima que morre.. em ultimo caso abro um tópico novo se ninguem responder..

Na casa da minha mãe deixei um PC com Debian 6, e se bem me lembro deixei a /home separada..
Aí ela e minhas irmãs usam bastante, tem zilhões de documentos, no desktop, na pasta documents, downloads, etc.. (não tenho certeza tudo isso mora na home)
Supondo que eu não quero fazer backup, mas estou pensando em instalar o Lubuntu (ou mesmo o debian 7, clean install) por cima, e manter a home.. Os documentos serão mantidos? (aliás, o gerenciador de janelas do lubuntu é o mesmo do debian?)
Quanto a posições de janelas, alias, shortcuts, preferencias, wallpapers, etc.. não é importante, só os documentos físicos msm.. e se tb tiver na home, os favoritos tb, mas nao faço muita questão..

Grato desde já pela ajuda!
Anderson


Contribuir com comentário