Aplicativos para gerenciar a Área de Transferência (Clipboard)

Vive fazendo 'Ctrl+c' e 'Ctrl+v'? Então esse artigo é pra você! ;-). Nele vou mostrar um pouco sobre as ferramentas
Parcellite, Glipper e Clipit, usadas para gerenciar a área de transferência (Clipboard).

[ Hits: 16.840 ]

Por: Raimundo Alves Portela em 20/12/2011 | Blog: http://portelanet.com


Instrodução e Parcellite



Introdução

Deu 'Ctrl+c', depois viu outra coisa interessante, deu 'Ctrl+c' e lembrou que o novo conteúdo copiado sobrescreveu o anterior; não se preocupe mais, os seus problemas acabaram-se! ;-)

Use um gerenciador para sua área de transferência (clipboard), ele irá guardar os textos que você anda fazendo cópias durante o uso do seu computador e permite que você use-os novamente quando precisar.

Muito útil!

Eu particularmente uso o Parcellite, mais um dos meus companheiros do dia-a-dia (outros Terminal Guake, Gedit e Geany)

Parcellite

O Parcellite já está presente nos repositórios do Debian/Ubuntu.

Instale-o:

sudo apt-get install parcellite

Após instala-lo, se você for torná-lo um dos seus companheiros do dia-a-dia, adicione-o ao conjunto de aplicações que iniciam junto com sua sessão de usuário.

Abra o utilitário de aplicativos de sessão do Gnome:

gnome-session-properties
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de transferência (clipboard)

Dos 3 campos, o único que você não pode colocar o que quiser é o do comando, onde você deve preencher o comando que abre a aplicação, no nosso caso 'parcellite'.

Um detalhe importante, é que se você estiver usando o Unity 3D, o ícone do Parcellite não vai aparecer por padrão, você precisa habilitar que outros ícones possam ser mostrados na área de notificação do Unity, para isso veja a seguinte dica do pinduvoz:
Obs.: Se você usa o Gnome-Shell, a área dos ícones de notificação foram parar no canto inferior direito.

Agora estamos pronto para usá-lo, por padrão tudo que você selecionar e der um Ctrl+c vai para a área de troca e o Parcellite passa a armazenar (até um certo limite, definido nele):
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de 
transferência (clipboard)

E se eu der um Ctrl+c em um arquivo?, ai ele vai copiar o endereço absoluto do arquivo. Por exemplo, se você copiar o arquivo sources.list, ele vai armazenar o endereço: /etc/apt/sources.list.

Agora quando você precisar lembrar de algo que tenha copiado, e precisar reutilizá-lo, basta clicar no ícone do Parcellite e selecionar o item desejado, assim quando você der um Ctrl+v, estará colando o conteúdo selecionado e não mais o último item que havia feito copia, e o histórico é mantido em um cache da aplicação e não na memória, então mesmo após desligar o micro, essas informações serão mantidas.

Se precisar usá-lo via Terminal, poderá recuperar o último conteúdo enviado para a área de transferência com o comando:

parcellite -c

Você pode alterar alguns comportamentos dele através do menu de preferências, acesse clicando com o botão direito em cima do ícone da aplicação e 'Preferências'.
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de 
transferência (clipboard)

Parcellite - Funções pré-definidas

Essa é uma das partes que descobrir recentemente e uma das que mais gostei.

Tanto o Parcellite, como as outras opções que mostro em seguida, permitem que você crie funções que serão executadas em um determinado momento, podendo atuar com o conteúdo copiado para a área de transferência.

Vamos a um exemplo prático:

Se por algum motivo você precisar alterar a caixa dos caracteres, ou seja alterná-los entre maiúsculos e minúsculos, de um texto copiado, podemos criar uma função para isso:

Primeiro acesse as propriedades, como mostrado anteriormente, vá na aba de Ações:
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de 
transferência (clipboard)

Basicamente se dar um nome para a ação e o comando que será executado ao acioná-lo, nesse caso coloquei:

Nome: 'Pare de gritar!!!'
Comando: echo "%s" | tr [A-ZÇÃ] [a-zçã] | gedit
  • s% - referencia o conteúdo que está ativo na área de transferência;
  • tr [A-ZÇÃ] [a-zçã] - uso o comando "tr" para trocar os caracteres em maiúsculo localizados pelos seus correspondentes em minúsculos;
  • gedit - todo o conteúdo tratado ou não pelo "tr" será aberto no gedit.

Obs.: Você pode trocar/adaptar para o que for necessário, lembro que isso é apenas um exemplo.

Usando-o:

Basta copiar o texto desejado, ou selecionar um existente na lista do próprio Parcellite, e segurar a tecla Ctrl + click com botão esquerdo do mouse:
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de transferência 
(clipboard)

Ou acessando pelo atalho definido nas Preferências (por padrão 'Ctrl + Alt + A'):
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de 
transferência (clipboard)

O resultado:
Linux: Aplicativos para gerenciar a área de 
transferência (clipboard)
Agora é só, conforme a necessidade, ir adicionando suas ações. Divirta-se!
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instrodução e Parcellite
   2. Outras opções e Conclusão
Outros artigos deste autor

Explorando a entrada de dados com READ em Bash Shell

Apresentando o Yad - "zenity melhorado"

Enviar e-mail pelo terminal com mutt

StarDict - software de tradução de ótima qualidade!

Mostrando dicas ao iniciar o terminal

Leitura recomendada

Automação e Sensoreamento Remoto utilizando Software Livre "SCADA"

Business Intelligence - Pentaho 3.5 com PostgreSQL

Automatix - Turbine seu Ubuntu com pacotes adicionais

Desenvolvimento web no Linux

Integrando Asterisk ao PABX através de placa de fax modem

  
Comentários
[1] Comentário enviado por milesmaverick em 20/12/2011 - 12:25h

Muito legal o seu artigo, já usei o parcellite uma vez, e gostei, mas atualmente uso o Openbox...

[2] Comentário enviado por ricardoolonca em 21/12/2011 - 09:31h

Há alguns dias atrás um usuário do Windows me informou que tinha criado um texto, selecionou tudo, deu um ctrl+c, e fechou o texto sem salvar. Antes de dar um ctrl+v em outro documento, ele deu um ctrl+c em outro texto. Ele queria saber se dava para recuperar o primeiro texto copiado. Never more!

Se ele tivesse uma ferramenta destas instalada não teria esse problema. Ótima ferramenta. Parabéns pelo artigo.

[3] Comentário enviado por izaias em 23/12/2011 - 22:18h

Vou dizer uma coisa, Rai.
Era inseguro quanto ao uso destes aplicativos de transferências. Preferia copiar e colar em seguida.
Mesmo já conhecendo o Parcellite, só passei a usar depois de suas orientações.

Rapaz, fiquei sem energia aqui por um período e quando retornou, estava tudo memorizado no Parcellite.

Ótimo trabalho!

[4] Comentário enviado por chroda em 26/12/2011 - 17:34h

Parcellite salva, heheh uso faz um tempo já.

[5] Comentário enviado por diegoarth em 28/12/2014 - 13:57h

Obrigado! Artigo bem escrito e a ferramenta tem sido muito útil realmente!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts