Otimizando o controle e a digitação de comandos no shell

Todos conhecem o recurso de recuperar os comandos digitados no shell, que é precioso para auditorias, relembrar comandos pouco usados e economizar nossos dedos. Os comandos de manipulação deste histórico em conjunto com atalhos interessantes, podem diminuir nossos esforços e acelerar a repetição de linhas de comando.

[ Hits: 32.261 ]

Por: Gabriel Fernandes em 30/08/2006 | Blog: http://cd2.com.br


Comandos/atalhos - parte 2



Comandos/atalhos de manipulação do histórico de comandos do shell, parte 2.

6. Podemos localizar um comando no histórico de uma forma mais interativa, observe:

CTRL + R - Busca sensitiva e em tempo real por comandos no histórico da forma reversa, do mais recente para trás:

(reverse-i-search)`ss': ssh [email protected]

CTRL + S - o mesmo que o anterior, porém procura no histórico de comandos do mais antigo para o mais recente:

(i-search)`ss': ssh [email protected]

OBS: Se tu estiveres em uma sessão pura do console, fora de um ambiente X, o "CTRL + S" é atalho para o Scroll Lock e não para Search.

7. O uso do Scroll Lock pode ser interessante em algumas situações, pois ele "trava" o shell, mas o buffer do teclado continua armazenando todas as teclas digitadas, para quando "destravar", executar todo o conteúdo que estiver no buffer do teclado e exibir suas saídas. Como ele omite a saída da digitação no shell, pode ser interessante quando não queremos que olhos espiões vejam o que estamos digitando.

Para ativar esta função use a própria tecla Scroll Lock ou:

CTRL + S - se estiver em um shell puro;

Para desativar use novamente a tecla Scroll Lock ou:

CTRL + Q

8. Existe ainda a possibilidade de apagar e copiar trechos ou linhas inteiras de comando:

CTRL + U - Apaga e copia (recorta) todos os caracteres da posição do cursor até o início da linha;

CTRL + K - Apaga e copia (recorta) todos os caracteres da posição do cursor até o fim da linha;

CTRL + Y - Cola os caracteres recortados com o "CTRL + K" e "CTRL + U" a partir da posição do cursor;

9. Também existe atalho para recortarmos somente uma palavra da linha de comando e para colar use o "CTRL + Y":

CTRL + W - Apaga e copia (recorta) a primeira palavra que estiver a esquerda do cursor, se tu fizeres este comando n vezes ele acumulará todas as palavras até que sejam colados com o CTRL + Y;

10. Para finalizar temos um atalho interessante para limpar todo o conteúdo da tela, este recurso utilizado em conjunto com o Scroll Lock para esconder de espiões, fica perfeito, pois tu podes pressionar o Scroll Lock, digitar uma série de comandos e logo em seguida, o atalho para limpar a tela e depois Scroll Lock novamente, o shell irá executar tudo que tu digitou e em seguida limpará a tela:

CTRL + L - Limpa todo o conteúdo exibido na tela;

Bom pessoal, na próxima página tem um resumão de tudo, espero ter colaborado, abraços e agradecimentos a todos.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Comandos/atalhos - parte 1
   3. Comandos/atalhos - parte 2
   4. Resumo
Outros artigos deste autor

Instalando e configurando servidor FreeNX no Slackware 10.2

Compilando PHP 5 com suporte a Oracle sem mistérios

Leitura recomendada

Windows CE/PocketPC com Linux, sim!

Zenwalk - Uma distro e tanto

Desenvolvimento web no Linux

Atualizando o seu KDE sem dores de cabeça

cdrecord: gravando CDs de forma simples e prática

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dvj em 31/08/2006 - 10:25h

Ótimo artigo!
Parabéns!

[2] Comentário enviado por agk em 01/09/2006 - 09:00h

Muito bom, excelente artigo, pra quem curte Shell Script e não sabia disso vai ser uma mão na roda.

[3] Comentário enviado por tenchi em 01/09/2006 - 15:42h

Uma boa também é criar um alias para aqueles comandos enormes e cheios de parametros, que usamos comumente, facilitando ainda mais nossa vida....


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts