Os Caminhos Para Certificação LPI1

Compartilho com vocês minha experiência no caminho para minha primeira Certificação em Linux. A intenção aqui é orientar as pessoas que estão querendo buscar sua primeira certificação, ou até mesmo sua recolocação no mercado de trabalho.

[ Hits: 7.680 ]

Por: Jonata Araujo em 19/12/2017 | Blog: https://www.linkedin.com/in/jonataaraujo/


Definições e caminhos



O que é LPI

A LPI (Linux Professional Institute) é uma organização sem fins lucrativos, sediada nos EUA, Califórnia. Foi constituída em 1999 pela comunidade Linux e, desde então, desenvolve um programa de certificação reconhecido internacionalmente por empresas, empregadores e profissionais de TI.

As provas do LPI são baseadas no LSB (Linux Standard Base), ou seja, um conjunto de normas que mantém a compatibilidade entre as diferentes versões e distribuições.

Atualmente, é constituída de três níveis: LPIC1, LPIC2 e LPIC3.

Por que certificar-se

  • Atestar conhecimentos: dessa forma, demostra que domina o assunto e atesta os seus conhecimentos.
  • Melhores salários e oportunidades: é uma forma de você obter uma promoção ou ir atrás de novas oportunidades no mercado de trabalho.
  • Atualização sobre as novas tecnologias: a certificação LPI está sempre evoluindo e sendo atualizado de acordo com as novas tecnologias do mercado.
  • Destaque no momento de contratação: com certeza, seu curriculum irá se destacar no meio da multidão.

Os primeiros passos

  • Definir onde quer chegar: traçar o caminho que você quer trilhar é muito importante. Você precisa ter um ponto de partida e olhar lá frente o que exatamente você espera com essa certificação.
  • Ter muita força de vontade: se dedicar realmente à meta que foi colocada, reservar diariamente um horário para isso. Se desconectar das redes sociais, Netflix, celular, TV, futebol etc...
  • Adquirir o LPI-ID: efetuar o cadastro no site da LPI para ter o LPI-ID, que seria o seu número de identificação.
  • Marcar a prova: comprar o voucher com antecedência e já marcar a prova dentro do cronograma que foi imposto (sugiro marcar para 3 meses depois da compra).

Onde realizar a prova

A prova pode ser feita online por algum centro da Pearson VUE, geralmente temos polos da Pearson VUE nas capitais. Aqui em Santa Catarina, temos nas cidades de São José, Florianópolis, Blumenau e Joinville.

Uma outra opção para fazer a prova e escrita, geralmente em eventos que ocorrem no país, por exemplo da FISL, onde o candidato faz o exame e aguarda 30 dias para sair o resultado.

Lembrando que as provas escritas são somente para quem escolhe fazer as provas pela LPI, através da CompTIA não é possível fazer a prova escrita.

Como é a estrutura da prova

A certificação LPIC1 é divida em duas provas (LPIC-101, LPIC-102), no qual você precisa passar nas duas para obter a certificação.

Cada prova possuí aproximadamente 60 questões, sendo a grande maioria de múltipla escolha e outras dissertativas. É possível escolher o idioma da prova em português no qual, no momento da prova, logo ao lado temos as questões em inglês, para caso você tem dúvidas da tradução.

O tempo de duração de cada prova é de 90 minutos. O exame varia entre 200 e 800 pontos, você precisa obter a pontuação mínima de 500 pontos para passar na prova. A estrutura da prova é dividida em tópicos com uma determinada porcentagem. Com isso, não tem uma quantidade XY de questões certas para passar.

A prova é dividida a cerca dos tópicos abaixo:
Linux: Os caminhos para a certificação LPI1
Linux: Os caminhos para a certificação LPI1

Como estudar

Uma pergunta muito particular, que pode variar de cada pessoa a melhor maneira de estudar. Mas vou compartilhar o método que utilizei para obter a certificação.

É necessário que você tenha um cronograma de acordo com os tópicos que serão abordados e um material de apoio, digo isso, porque você estuda de acordo com os tópicos que serão cobrados pela prova e não perde tempo com itens que não serão abordados.

Eu, particularmente, segmentei as provas em dois ciclos. O primeiro ciclo em três meses para fazer a primeira prova e o segundo ciclo com mais três meses para realizar a segunda prova, total de 6 meses, no qual passei a estudar diariamente 1 hora. Nesse período utilizei o material de apoio do Bruno Odon (Vídeos Aulas).

Diariamente, registrava os principais pontos que havia estudado em um caderno, forçando a memorização e para complementar ainda mais, utilizei o APP Memrise. Para quem não conhece, a concepção do Memrise é baseada em neurociência, com técnicas para aumentar a memória. Inclusive foi considerado o melhor APP de 2017 para ajudar no aprendizado. Após o almoço, tinha o hábito de utilizar em torno de 30 minutos, caso você tenha interesse, no final do artigo estará na página Links.

Não decore os comandos e sim, entenda os contextos deles. Faça as seguintes perguntas: para que serve este comando? Como ele é usado? Quando ele é usado? Quais arquivos ele afeta?

Após obter estas respostas, testava o comando numa VM e fazia os simulados referentes aos tópicos aprendidos.

Inclusive, fazer simulados é uma etapa muito importante, serve para testar o conhecimento em cima do tema abordado e já tem como uma breve preparação para o dia da prova. É importante que você tenha um aproveitamento acima de 80% para fazer a prova com uma certa segurança.

Também na página Links, você terá acesso a vários simulados separado por provas e tópicos, que foram feitos pelo também meu amigo Marcus Vinícius.

Dica!

Realize as provas através da CompTIA, no qual você deve escolher as provas LX-103 e LX-104, que cobra os mesmos tópicos da LPI. A vantagem é que você poderá obter duas certificações realizando duas provas. Diferente se você fosse fazer cada certificação por vez, no qual estaria sendo submetido a avaliação de quatro provas.

Para que a LPI receba o resultado das provas, basta apenas no momento do cadastro da CompTIA, informar que você deseja compartilhar as informações com a LPI, fácil assim.
Linux: Os caminhos para a certificação LPI1
Em Links abaixo, tem disponível uma pesquisa da MATZA, utilize o código promocional, JALPIC2017. Você irá obter um ótimo desconto optando pelo pagamento à vista. Se você precisar parcelar, também é possível. Então, agora não tem mais desculpas para você não certificar-se.

Links


Considerações finais

"LPI é a maior certificação Mundial em Linux."
Jon Maddog Hall
A certificação LPI está entre as 10 mais procuradas do mundo.

Você está obtendo uma certificação internacional que vale em qualquer lugar do mundo.

É importante ressaltar, sempre, que certificação não garante o sucesso de ninguém, mas ela com certeza é uma grande entrada no mercado.

Então, certifique-se!

   

Páginas do artigo
   1. Definições e caminhos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Se você não pode com seus inimigos, compre-os!

DrQueue + Blender = Render Farm para mortais

Clonar FreeBSD pela rede e sem downtime

Terminais leves: Analisando as tecnologias XDMCP, NXSEVER E LTSP

Exibindo um splash durante o boot com Splashy

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maran em 19/12/2017 - 19:33h

Achei bem legal o artigo da um norte para quem esta começando.

Porem infelizmente para passar em certificações como a LPI , é preciso decorar algumas coisas core, quando fiz minha LPI, caiu algumas coisas muito pouco utilizadas por mim no dia a dia.
E eu já trabalhava a um tempo com Linux.
Coisas que se não tivesse decorado alguns parâmetros provavelmente não teria passado.(coisas que eu não utilizava).
Existem muitas maneiras de se fazer a mesma coisa.

Acredito que a LPI ainda é muito importante, mas vem perdendo um pouco de espaço contra outras certificações como Linux Foundation e Red Hat que são práticas.

Essas são vistas melhores porque evitam um pouco da decoreba e TestKing, você precisa executar ou seja colocar a mão na massa para passar. Porem são mais caras.

Certificação é muito bom e realmente te deixa na frente de quem não tem para concorrer a uma vaga.

Abraço!




[2] Comentário enviado por lsbloo em 20/12/2017 - 00:00h

Primeiramente gostei muito do artigo.. Estou tentando tirar tambem a certficacao LPI101,102. Atualmente ando estudando pelo livro certificacao LPI-1 de Luciano Antonio Siqueira é um livro muito pratico e didatico.

Gostaria de saber quais foram as suas dificuldades em relação ao estudo em si, como também na prova de certificação. Tenho muito interesse em adiquirir essa certificação, tanto para o mercado de trabalho quanto para o meu conhecimento como profissional.

Desde já , agradecido.

[3] Comentário enviado por patrickpcs em 23/12/2017 - 08:09h

Lsbloo, cuidado com o livro do Luciano. Consulte outros materiais e sempre tire a prova se o que está escrito é verdade.

Ninguém é perfeito e os livros podem conter erros, mas o livro de LPI-1 do Luciano é o que achei com erros mais sérios que podem levar o candidato a errar questões. Eu não recomendo o livro dele.





[4] Comentário enviado por jonataaraujo em 05/01/2018 - 15:39h


[2] Comentário enviado por lsbloo em 20/12/2017 - 00:00h

Primeiramente gostei muito do artigo.. Estou tentando tirar tambem a certficacao LPI101,102. Atualmente ando estudando pelo livro certificacao LPI-1 de Luciano Antonio Siqueira é um livro muito pratico e didatico.

Gostaria de saber quais foram as suas dificuldades em relação ao estudo em si, como também na prova de certificação. Tenho muito interesse em adiquirir essa certificação, tanto para o mercado de trabalho quanto para o meu conhecimento como profissional.

Desde já , agradecido.


Muito obrigado pelo seu feedback.
No meu caso, minha dificuldade não foi estudar, e sim dedicar o tempo necessário para os estudos. O restante foi bem tranquilo, através dos simulados você já consegue saber como está o conhecimento adquirido, se você chegar ao nível de acerto de 90%, garanto que irá passar.

[5] Comentário enviado por jonataaraujo em 05/01/2018 - 15:43h


[1] Comentário enviado por maran em 19/12/2017 - 19:33h

Achei bem legal o artigo da um norte para quem esta começando.

Porem infelizmente para passar em certificações como a LPI , é preciso decorar algumas coisas core, quando fiz minha LPI, caiu algumas coisas muito pouco utilizadas por mim no dia a dia.
E eu já trabalhava a um tempo com Linux.
Coisas que se não tivesse decorado alguns parâmetros provavelmente não teria passado.(coisas que eu não utilizava).
Existem muitas maneiras de se fazer a mesma coisa.

Acredito que a LPI ainda é muito importante, mas vem perdendo um pouco de espaço contra outras certificações como Linux Foundation e Red Hat que são práticas.

Essas são vistas melhores porque evitam um pouco da decoreba e TestKing, você precisa executar ou seja colocar a mão na massa para passar. Porem são mais caras.

Certificação é muito bom e realmente te deixa na frente de quem não tem para concorrer a uma vaga.

Abraço!






Obrigado pelo feedback, ao mesmo tempo que concordo com você discordo também, hehehe.
Quando eu fui atrás da certificação, não queria apenas ter o certificado, eu queria entender o conteúdo e saber administrar o linux.
Acredito que vai ter pessoas que irão apenas decorar, fazer o dump de um simulado, mas na minha visão essas pessoas vão ter problemas lá na frente quando o mercado requisitar esse conhecimento.
De fato o mercado Red Hat é muito bem visto para o profissional, mas os preços é um pouco alto, enquanto isso temos que ir em busca no que está nosso alcance.
Grande abraço!

[6] Comentário enviado por kenin em 09/01/2018 - 20:07h

Jonata, além do curso do Bruno Odon(Poderia me dar um feedback sobre), qual livro você utilizo/recomenda para o estudo a certificação do LPI-1. Ficarei no aguardo obrigado.

[7] Comentário enviado por kenin em 11/01/2018 - 20:57h


[5] Comentário enviado por jonataaraujo em 05/01/2018 - 15:43h


[1] Comentário enviado por maran em 19/12/2017 - 19:33h

Achei bem legal o artigo da um norte para quem esta começando.

Porem infelizmente para passar em certificações como a LPI , é preciso decorar algumas coisas core, quando fiz minha LPI, caiu algumas coisas muito pouco utilizadas por mim no dia a dia.
E eu já trabalhava a um tempo com Linux.
Coisas que se não tivesse decorado alguns parâmetros provavelmente não teria passado.(coisas que eu não utilizava).
Existem muitas maneiras de se fazer a mesma coisa.

Acredito que a LPI ainda é muito importante, mas vem perdendo um pouco de espaço contra outras certificações como Linux Foundation e Red Hat que são práticas.

Essas são vistas melhores porque evitam um pouco da decoreba e TestKing, você precisa executar ou seja colocar a mão na massa para passar. Porem são mais caras.

Certificação é muito bom e realmente te deixa na frente de quem não tem para concorrer a uma vaga.

Abraço!






Obrigado pelo feedback, ao mesmo tempo que concordo com você discordo também, hehehe.
Quando eu fui atrás da certificação, não queria apenas ter o certificado, eu queria entender o conteúdo e saber administrar o linux.
Acredito que vai ter pessoas que irão apenas decorar, fazer o dump de um simulado, mas na minha visão essas pessoas vão ter problemas lá na frente quando o mercado requisitar esse conhecimento.
De fato o mercado Red Hat é muito bem visto para o profissional, mas os preços é um pouco alto, enquanto isso temos que ir em busca no que está nosso alcance.
Grande abraço!



Jonata, além do curso do Bruno Odon(Poderia me dar um feedback sobre), qual livro você utilizo/recomenda para o estudo a certificação do LPI-1. Ficarei no aguardo obrigado.


[8] Comentário enviado por jonataaraujo em 14/01/2018 - 10:27h


[7] Comentário enviado por kenin em 11/01/2018 - 20:57h


[5] Comentário enviado por jonataaraujo em 05/01/2018 - 15:43h


[1] Comentário enviado por maran em 19/12/2017 - 19:33h

Achei bem legal o artigo da um norte para quem esta começando.

Porem infelizmente para passar em certificações como a LPI , é preciso decorar algumas coisas core, quando fiz minha LPI, caiu algumas coisas muito pouco utilizadas por mim no dia a dia.
E eu já trabalhava a um tempo com Linux.
Coisas que se não tivesse decorado alguns parâmetros provavelmente não teria passado.(coisas que eu não utilizava).
Existem muitas maneiras de se fazer a mesma coisa.

Acredito que a LPI ainda é muito importante, mas vem perdendo um pouco de espaço contra outras certificações como Linux Foundation e Red Hat que são práticas.

Essas são vistas melhores porque evitam um pouco da decoreba e TestKing, você precisa executar ou seja colocar a mão na massa para passar. Porem são mais caras.

Certificação é muito bom e realmente te deixa na frente de quem não tem para concorrer a uma vaga.

Abraço!






Obrigado pelo feedback, ao mesmo tempo que concordo com você discordo também, hehehe.
Quando eu fui atrás da certificação, não queria apenas ter o certificado, eu queria entender o conteúdo e saber administrar o linux.
Acredito que vai ter pessoas que irão apenas decorar, fazer o dump de um simulado, mas na minha visão essas pessoas vão ter problemas lá na frente quando o mercado requisitar esse conhecimento.
De fato o mercado Red Hat é muito bem visto para o profissional, mas os preços é um pouco alto, enquanto isso temos que ir em busca no que está nosso alcance.
Grande abraço!



Jonata, além do curso do Bruno Odon(Poderia me dar um feedback sobre), qual livro você utilizo/recomenda para o estudo a certificação do LPI-1. Ficarei no aguardo obrigado.




Eu utilizei o livro do Uira, mas não achei tão didático assim. Recomendo mais o do Luciano Siqueira.

[9] Comentário enviado por sidnei.weber em 05/02/2018 - 12:50h

Cupom de desconto não está funcionando, sabe se consegues outro?

[10] Comentário enviado por jonataaraujo em 10/02/2018 - 12:43h

Infelizmente esse cupom valeu apenas para o ano de 2017. Mas consigo outro sim, me mande um e-mail jonata.lg@gmail.com.

[9] Comentário enviado por sidnei.weber em 05/02/2018 - 12:50h

Cupom de desconto não está funcionando, sabe se consegues outro?


[11] Comentário enviado por marcilius em 21/02/2018 - 23:36h

Muito bom seu post, comecei a três dias os estudos... espero poder voltar aqui com um feedback positivo e com minha LPI

[12] Comentário enviado por jonataaraujo em 25/02/2018 - 18:53h

Boa @Marcilius, continua seu cronograma até o final e vou aguardar o seu feedback. Grande abraço!

[13] Comentário enviado por clandestine em 11/03/2018 - 16:44h

Ola , respeito o artigo , mais na minha opinião lpi faz tempo que deixou de ser a queridinha do mercado , cenário corporativo pede certificações redihat , na minha humilde opinião uma lpi 3 não chega perto de uma cert inicial da redhat rhcsa.

Abraços

[14] Comentário enviado por absouza em 03/08/2018 - 14:44h

Olá, boa tarde Jonata.

Excelente conteúdo o que você postou, estou seguindo essas dicas de estudo e os aplicativos mencionados, passei na 1º prova e no mês que vem pretendo realizar a 2º prova.

Abraços.

[15] Comentário enviado por carlos_bruno em 12/09/2018 - 15:47h

Fala pessoal.

Hoje finalmente passei no segundo exame - 104 [CompTIA Linux+ Powered by LPI].
Missão cumprida.

Sugestões para o estudo:
Udemy: https://www.udemy.com/curso-online-certificacao-linux-lpic1-comptia/?start=1
Livro: Certificação Linux LPIC-1, Novatec, Daniel Moreno

Uma dica para o pessoal: Não decore, tenta entender a cada assunto do professor(Ricardo Prudenciato - by Udemy). Faça as suas anotações pessoais para cada assunto, de uma maneira simples, para não esquecer. Se a explicação do professor não ficou bem clara, procure outras fontes (no meu caso, um livro que comprei).

Realidade:
A prova não está fácil. Os simulados que existem, é bom para testar os seus conhecimentos. Pois só caiu se eu não me engano, duas questões.

"O trabalho duro vence o dom natural"
Rock lee!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts