O básico sobre RAID com mdadm e raidtools

Trago neste artigo, uma abordagem simples sobre conceitos e a configuração de RAID por software, com duas ferramentas muito utilizadas para tal propósito: raidtools e mdadm.

[ Hits: 49.994 ]

Por: Igor Teixeira da Rocha em 28/01/2013


RAID: Particionando os discos com a ferramenta fdisk



A primeira coisa a fazer é criar e configurar o tipo de partições dos discos que serão utilizados no RAID para o tipo fd (RAID Linux autodetect), onde nos exemplos seguintes, iremos configurar um RAID nível 1.

Podemos utilizar o fdisk para o particionamento e para alterar o tipo da partição, exemplo:

Obs.: Os discos que irei utilizar estão representados no meu servidor como /dev/sdd e /dev/sdc.

# fdisk -l /dev/sd[cd]
Disk /dev/sdc: 3221 MB, 3221225472 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 391 cylinders
Units = cilindros of 16065 * 512 = 8225280 bytes
Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Disk identifier: 0x00000000

Conclusão: O disco /dev/sdc não contém uma tabela de partições válida:

Disk /dev/sdd: 3221 MB, 3221225472 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 391 cylinders
Units = cilindros of 16065 * 512 = 8225280 bytes
Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Disk identifier: 0x00000000

Conclusão: O disco /dev/sdd não contém uma tabela de partições válida.

Como pode ser verificado, os discos em questão não contêm nenhuma tabela de partição, ainda. Eu irei criar uma única partição que irá englobar todo o HD, vamos lá:

# fdisk /dev/sdc

Comando (m para ajuda): n  # Nova partição
Comando - ação
   e   estendida
   p   partição primária (1-4)
p  # partição primária

Número da partição (1-4): 1   #Primeira partição (/dev/sdc1)
Primeiro cilindro (1-391, default 1):  # Valor do primeiro cilindro
Using default value 1
Last cilindro, +cilindros or +size{K,M,G} (1-391, default 391): +3000M # cilindro final, ou # tamanho, neste caso aproximadamente 3 GB.

Comando (m para ajuda): p  #Imprime a tabela de partições
Disk /dev/sdc: 3221 MB, 3221225472 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 391 cylinders
Units = cilindros of 16065 * 512 = 8225280 bytes
Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Disk identifier: 0xd976698f

Dispositivo Boot      Start       End      Blocks   Id  System
/dev/sdc1               1         383     3076416   83  Linux

Aqui, eu altero o tipo de partição para fd:

Comando (m para ajuda): t  #Tipo de partição
Selected partition 1
Código hexadecimal (digite L para listar os códigos): fd #Tipo de partição selecionada

O tipo da partição 1 foi alterado para fd (Detecção automática de RAID Linux)

Comando (m para ajuda): w  #Grava a tabela de partições
A tabela de partições foi alterada!

Chamando ioctl() para reler tabela de partições.
Sincronizando discos.

O mesmo deve ser feito com o segundo disco e após o correto particionamento dos discos, vamos à configuração. ;)

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, softwares e o ambiente utilizado
   2. RAID: Particionando os discos com a ferramenta fdisk
   3. Configurando um RAID 1 com o raidtools
   4. Configurando um RAID 1 com o mdadm
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Sistemas de arquivos - Conceitos básicos

Sistemas de arquivos EXT3 e ReiserFS no GNU/Linux

Git - Ciclo básico de trabalho

GmailFS - sua conta de e-mail como um sistema de arquivos no Slackware 10.2

Sistema de arquivos distribuídos usando Gmail

  
Comentários
[1] Comentário enviado por obernan em 30/01/2013 - 08:22h


Testei seu artigo e funfou blz. Parabéns muito bom !!!
Abraço

[2] Comentário enviado por igor_rocha em 30/01/2013 - 08:45h

Ola obernan fico feliz em ser util :) ..

Qualquer coisa que precisar estamos ai, abraço!

[3] Comentário enviado por starke em 10/01/2014 - 07:29h

O que acontece se eu tenho o seguinte cenário:

1hd com o SO;
3hds para fazer o raid;

Instalo o SO (ubuntu) e configuro os 3hds como raid usando mdadm. Por algum motivo meu SO da algum problema e nao inicia mais fazendo com que eu precise reinstalar o SO.

O que acontece ? perco o meu RAID com todos os dados me forçando e refazer todo o processo acima novamente ?

Obrigado

[4] Comentário enviado por lelecomb em 23/02/2017 - 12:05h

Brother, ótimo artigo.
o que posso fazer quando a sincronização não chega ao fim e o RAID fica desta maneira:

root@ubuntu:/home/servidor# cat /proc/mdstat
Personalities : [raid1]
md0 : active raid1 sdb1[2](S) sdc1[1]
727406400 blocks super 1.2 [2/1] [_U]

md2 : active raid1 sdd1[0] sde1[1]
976629568 blocks super 1.2 [2/2] [UU]

root@ubuntu:/home/servidor# mdadm -D /dev/md0
/dev/md0:
Version : 1.2
Creation Time : Tue Jun 10 19:00:15 2014
Raid Level : raid1
Array Size : 727406400 (693.71 GiB 744.86 GB)
Used Dev Size : 727406400 (693.71 GiB 744.86 GB)
Raid Devices : 2
Total Devices : 2
Persistence : Superblock is persistent

Update Time : Thu Feb 23 15:00:48 2017
State : clean, degraded
Active Devices : 1
Working Devices : 2
Failed Devices : 0
Spare Devices : 1

Name : DELL-CS24-SC:0
UUID : 7307b163:e96d260a:52b16438:0262e681
Events : 156026

Number Major Minor RaidDevice State
0 0 0 0 removed
1 8 33 1 active sync /dev/sdc1

2 8 17 - spare /dev/sdb1



desculpem a ignorância, é sou novo no linux...

por favor, poderiam me ajudar?


Contribuir com comentário