Nagios Server e Máquinas Clientes no CentOS - Instalação e Configuração

Fiz este artigo porque tive uma certa dificuldade para entender como funciona o Nagios, que na verdade é bem simples. Este artigo, detalha uma cópia do que eu fiz no meu trabalho, e está funcional por aqui.

[ Hits: 17.922 ]

Por: Vinicius Cardoso Merlim em 02/10/2012


Instalação



Instalação do Nagios Server

No servidor que irá hospedar o Nagios, instale os pacotes necessários. Aqui, eu uso o EPEL.

# yum --enablerepo=epel -y install nagios nagios-plugins

Edite o arquivo "contacts.cfg":

# vim /etc/nagios/objects/contacts.cfg
email root@localhost    # Altere para o seu e-mail

Fica assim:

email seunome@empresa.dominio.com


Altere o arquivo de configuração do Apache do Nagios:

# vim /etc/httpd/conf.d/nagios.conf

Comente as linhas:

# Order allow,deny
# Allow from all


Descomente as linhas:

Order deny,allow
Deny from all
Allow from 127.0.0.1   10.0.0.0/24


Obs.: É só lembrar que "10.0.0.0/24" é a sua rede interna. Por exemplo:

Allow from 127.0.0.1   10.1.112.0/22


Setando senha de acesso Web do Nagios:

# htpasswd /etc/nagios/passwd nagiosadmin

Inicie o Nagios:

# /etc/init.d/nagios start

Reinicie o Apache:

# /etc/init.d/httpd restart
# chkconfig nagios on


Instalação do NPRE no servidor e configuração do monitoramento dos hosts

Agora, vamos instalar o NRPE no servidor:

# yum --enablerepo=epel -y install nagios-plugins-nrpe

Edite o arquivo:

# vim /etc/nagios/objects/commands.cfg

Adicione ao final do arquivo, se não houver:

 define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Usuarios
    check_command           check_nrpe!check_users
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Carga do sistema
    check_command           check_nrpe!check_load
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Espaço em disco
    check_command           check_nrpe!check_sda1  #Essa linha é especifica para cada sistema. nesse caso existe o /dev/sda1
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Processos Zumbis
    check_command           check_nrpe!check_zombie_procs
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Total de processos
    check_command           check_nrpe!check_total_procs
}


Reinicie o Nagios:

# /etc/init.d/nagios restart

Instalando o NRPE nos hosts clientes

No host cliente a ser monitorado, instale os pacotes:

# yum --enablerepo=epel -y install nrpe nagios-plugins

Edite o arquivo:

# vi /etc/nagios/nrpe.cfg

Mude a linha abaixo e adicione o IP do servidor do Nagios:

allowed_hosts=127.0.0.1,10.1.113.206


Altere também a linha abaixo, deixando-a de acordo com seu ambiente:

command[check_sda1]=/usr/lib64/nagios/plugins/check_disk -w 20% -c 10% -p /dev/sda1


- Obs. 1: Você pode verificar com o comando df -h
- Obs. 2: O "-w 20%", significa que quando estiver em 20% restante, o serviço estará na condição de warning e "-c 10% critical".

Inicie o NRPE:

# /etc/init.d/nrpe start
# chkconfig nrpe on


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Adicionando hosts a serem monitorados
Outros artigos deste autor

Squid avançado + OpenLDAP

Zimbra 7.2 no CentOS

Leitura recomendada

Otimizando a bateria em sistemas Android 2.2/2.3

Tutorial de instalação - dispositivo wireless Broadcom

Live Helper - Crie um Live-CD/DVD Debian CD/DVD

[Finalmente] Movendo o lançador Unity para o fundo da tela

Instalando o BIND 9 no CentOS 6

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 02/10/2012 - 09:12h

Parabéns pelo artigo

[2] Comentário enviado por viniciusmerlim em 02/10/2012 - 10:29h

Na parte que setamos as permissões do host copacabana, o parametro "host_name" deve receber o valor "copacabana", la em cima tá node01 por erro meu.

ERRADO

define service{
use generic-service
host_name node01

CERTO

define service{
use generic-service
host_name copacabana

[3] Comentário enviado por luthiano em 10/10/2012 - 10:13h

Boa Vinicius,

O Nagios é uma das melhores ferramentas que trabalhei, muito fácil de implantar e como muita coisa já pronta. Eu utilizo ele no trabalho e eralmente não me arrependo.
Lembrando que talvez seja necessário em allow.hosts , diretório /etc, adicionar o ip no servidor nágios.

Parabéns pelo post, concatenou todas as infomações soltas do Nagios em um só post.


Contribuir com comentário