Nagios Server e Máquinas Clientes no CentOS - Instalação e Configuração

Fiz este artigo porque tive uma certa dificuldade para entender como funciona o Nagios, que na verdade é bem simples. Este artigo, detalha uma cópia do que eu fiz no meu trabalho, e está funcional por aqui.

[ Hits: 18.218 ]

Por: Vinicius Cardoso Merlim em 02/10/2012


Instalação



Instalação do Nagios Server

No servidor que irá hospedar o Nagios, instale os pacotes necessários. Aqui, eu uso o EPEL.

# yum --enablerepo=epel -y install nagios nagios-plugins

Edite o arquivo "contacts.cfg":

# vim /etc/nagios/objects/contacts.cfg
email [email protected]    # Altere para o seu e-mail

Fica assim:



Altere o arquivo de configuração do Apache do Nagios:

# vim /etc/httpd/conf.d/nagios.conf

Comente as linhas:

# Order allow,deny
# Allow from all


Descomente as linhas:

Order deny,allow
Deny from all
Allow from 127.0.0.1   10.0.0.0/24


Obs.: É só lembrar que "10.0.0.0/24" é a sua rede interna. Por exemplo:

Allow from 127.0.0.1   10.1.112.0/22


Setando senha de acesso Web do Nagios:

# htpasswd /etc/nagios/passwd nagiosadmin

Inicie o Nagios:

# /etc/init.d/nagios start

Reinicie o Apache:

# /etc/init.d/httpd restart
# chkconfig nagios on


Instalação do NPRE no servidor e configuração do monitoramento dos hosts

Agora, vamos instalar o NRPE no servidor:

# yum --enablerepo=epel -y install nagios-plugins-nrpe

Edite o arquivo:

# vim /etc/nagios/objects/commands.cfg

Adicione ao final do arquivo, se não houver:

 define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Usuarios
    check_command           check_nrpe!check_users
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Carga do sistema
    check_command           check_nrpe!check_load
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Espaço em disco
    check_command           check_nrpe!check_sda1  #Essa linha é especifica para cada sistema. nesse caso existe o /dev/sda1
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Processos Zumbis
    check_command           check_nrpe!check_zombie_procs
}
define service{
    use                     generic-service
    host_name               copacabana
    service_description     Total de processos
    check_command           check_nrpe!check_total_procs
}


Reinicie o Nagios:

# /etc/init.d/nagios restart

Instalando o NRPE nos hosts clientes

No host cliente a ser monitorado, instale os pacotes:

# yum --enablerepo=epel -y install nrpe nagios-plugins

Edite o arquivo:

# vi /etc/nagios/nrpe.cfg

Mude a linha abaixo e adicione o IP do servidor do Nagios:

allowed_hosts=127.0.0.1,10.1.113.206


Altere também a linha abaixo, deixando-a de acordo com seu ambiente:

command[check_sda1]=/usr/lib64/nagios/plugins/check_disk -w 20% -c 10% -p /dev/sda1


- Obs. 1: Você pode verificar com o comando df -h
- Obs. 2: O "-w 20%", significa que quando estiver em 20% restante, o serviço estará na condição de warning e "-c 10% critical".

Inicie o NRPE:

# /etc/init.d/nrpe start
# chkconfig nrpe on


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalação
   2. Adicionando hosts a serem monitorados
Outros artigos deste autor

Squid avançado + OpenLDAP

Zimbra 7.2 no CentOS

Leitura recomendada

Request Tracker 3 - Ticketing system

Configuração de Vídeo - SIS530, SIS620 e CIA...

Configuração de Servidor Web no FreeBSD 9

Colocando novos ícones no "Acer Desktop" (Acer Aspire One)

Placa de rede wireless (RT61STA) com SuSE

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 02/10/2012 - 09:12h

Parabéns pelo artigo

[2] Comentário enviado por viniciusmerlim em 02/10/2012 - 10:29h

Na parte que setamos as permissões do host copacabana, o parametro "host_name" deve receber o valor "copacabana", la em cima tá node01 por erro meu.

ERRADO

define service{
use generic-service
host_name node01

CERTO

define service{
use generic-service
host_name copacabana

[3] Comentário enviado por luthiano em 10/10/2012 - 10:13h

Boa Vinicius,

O Nagios é uma das melhores ferramentas que trabalhei, muito fácil de implantar e como muita coisa já pronta. Eu utilizo ele no trabalho e eralmente não me arrependo.
Lembrando que talvez seja necessário em allow.hosts , diretório /etc, adicionar o ip no servidor nágios.

Parabéns pelo post, concatenou todas as infomações soltas do Nagios em um só post.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts