Nagios - Instalando uma nova interface

Cansado da interface padrão do Nagios? Esse tutorial trata da instalação de uma outra interface para o Nagios, mais elegante e amigável, essa nova interface já traz um link para a integração com o NagiosQL, que será tratado nos meus próximos artigos.

[ Hits: 26.372 ]

Por: Thiago em 22/06/2009 | Blog: http://linukerz.blogspot.com


Introdução



Olá pessoal...

No artigo anterior (Nagios - Instalação e Configuração) vimos quais são e como instalar as dependências para o Nagios e como instalá-lo e configurá-lo de forma que ele esteja pronto para realizar verificações.

O Nagios tem uma interface padrão bacana e até bem amigável, porém neste artigo trataremos da substituição dessa interface por outra mais moderna. Essa nova interface, além de uma nova aparência, traz duas coisas bem bacanas (que pessoalmente considero serem dois atrativos em relação à interface anterior).

O primeiro é que a nova interface trata de forma diferente os logs gerados pelo Nagios. A forma com que as informações dos logs são retornadas através dessa interface é mais amigável e acabam se tornando mais fácies de serem compreendidas.

Outro ponto bacana é que, por padrão, a interface traz um link para o NagiosQL, que é um addon onde através dele torna-se possível editarmos os arquivos de configuração do Nagios através de uma interface web.

A configuração do Nagios por padrão é feita através da edição dos arquivos de configuração, os arquivos .cfg. Com o NagiosQL podemos editar esses arquivos através de uma interface bem bacana e com ícones de "help" que mostram a descrição de cada campo, tornando a configuração fácil de ser feita.

A configuração do NagiosQL será abordada no próximo artigo. Por hora, vamos à configuração dessa nova interface.

Nagios de cara nova

O primeiro passo é fazer o download do pacote. Este pode ser feito através do seguinte comando:

# cd /usr/src
# wget
http://packzaitan.googlecode.com/files/nagios_skyns.tar.gz

Descompacte o arquivo:

# tar -zxvf nagios_skyns.tar.gz

Será descompactada uma pasta chamada "share". Dentro da pasta share existem os arquivos referentes à interface do Nagios. Deve-se então substituir a pasta "share", que vem por padrão na instalação do Nagios, pela pasta "share" que acabou de ser baixada. Porém não é aconselhável substituir uma pasta pela outra, pois caso as configurações iniciais do Nagios precisem ser retomadas, os arquivos da interface padrão terão sido excluídos. Portanto deve-se fazer uma cópia de segurança da pasta "share" padrão do Nagios.

# mv /usr/local/nagios/share /usr/local/nagios/share.old

Após o backup da pasta "share" padrão deve-se colocar essa pasta "share" que foi descompactada no diretório /usr/local/nagios/ e colocar o usuário nagios como dono da pasta.

# cp -r share /usr/local/nagios/
# chown -R nagios.nagios /usr/local/nagios/share


Para visualizar a nova interface do Nagios é necessário apenas dar um refresh "F5" no seu navegador de internet. A Figura 1 ilustra a nova interface.

O mais bacana dessa outra interface é que ela já cria um link para o NagiosQL como está marcado na imagem. O NagiosQL é um addon onde através dele é possível editar todos os arquivos de configuração do Nagios via uma interface web. Isso torna o trabalho muito mais simples e agradável de se fazer. Com o NagiosQL não precisamos editar os arquivos .cfg via linha de comando. Podemos então criar hosts, serviços ou inserir qualquer outra informação através de uma interface de formulários web bem bacana.

Conclusão

Mais um artigo da série Nagios concluído. Temos então uma ferramenta de monitoramento em funcionamento e com uma interface nova. Até o momento o Nagios pode fazer verificações de status de host (se esta UP ou Down). O que quero dizer é que caso seja necessário que o Nagios retorne outras informações como: Processador, Memória, HD e outras informações, é necessária a configuração de algum addon que irá colher essas informações. E para que o Nagios envie notificações via e-mail é necessário também a configuração de algum serviço para envio de e-mails.

No próximo artigo tratarei da configuração do NSClient++, que é um plugin que colhe informações (Processador, Memória, HD e outras) de hosts Windows e envia essas informações ao Nagios e da configuração do Postfix para que o Nagios envie notificações via e-mail. Quanto a configuração do Postfix, abordaremos de forma bem rápida e simples. O Postfix é um serviço incrível e requer um bom tempo de estudo para termos completo controle sobre ele, porém, o abordaremos de forma superficial apenas a fim de suprir nossas necessidades em relação ao Nagios.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Nagios - Instalação e configuração

Nagios - Configuração do NagiosQL

Leitura recomendada

Redmine no Debian - Instalação e configuração

Bind9 em chroot no Debian Lenny

Instalando MRTG + rrdtool no Slackware 12.0

Instalando Lucent WinModem no Slackware10 sem complicações

Habilitando e configurando Raid 1 (espelhamento) no Slackware 12

  
Comentários
[1] Comentário enviado por leandromoreirati em 22/06/2009 - 17:41h

Testei e aprovei, pra quem usa debian tenho que fazer algumas considerações:
- Copiar todo conteúdo da pasta share para /usr/share/nagios3/htdocs
- Se estiver usando nagios3, editar o arquivo:
- /usr/share/nagios3/htdocs/config.js, alterando:
- var cgipath = "/nagios/cgi-bin/";
Para:
- var cgipath = "/nagios3/cgi-bin/";

Com essas alterações, nãi haverá problemas de funcionamento.

Att.

Leandro Moreira.


[2] Comentário enviado por paulorvojr em 22/06/2009 - 21:39h

Bom artigo e boa iniciativa,
toda informação é sempre útil e válida. Parabéns.

Mas apenas um contra, você poderia colocar tudo no mesmo artigo, nagios é um assunto curto, e os extras são bem vindos, não há necessidade de criar um artigo para o cada. Um grande chama mais atenção do que fragmentos.

Uma dica é foque bem na configuração e exemplos de host e do nagios, pois é onde a maioria tem dúvida ou não consegue implementar e acaba desistindo dessa maravilhosa ferramenta.


Abraços ae e seja bem vindo.

[3] Comentário enviado por jcos em 23/06/2009 - 10:17h

Muito Bom !!!!!
A nova interface e bem mais suave de se visualizar .
Você tem como enviar o procedimento de instalação do Nagios QL, pois já tentei instalar e encontrei dificuldades, a maior resistencia
de uso do Nagios na empresa é justamente o cadastro de um hosts e seus serviços.
meu email jcos@click21.com.br
Obrigado.

[4] Comentário enviado por civirino em 23/06/2009 - 10:20h

Estou terminando o material sobre NagiosQL "jcos"
Assim que tiver pronto estarei postando...
abraços...

[5] Comentário enviado por stefanols em 23/06/2009 - 18:52h

Bacana, mas eu particularmente gosto de deixar o Service Detail como página principal e nessa nova interface ele não destaca os serviços com problemas co a cor vermelha, como na interface padrão. As cores vivas da outra interface também chamam mais a atenção do administrador para os problemas e alertas.

No restante ficou bem bacana, bom para variar um pouco.

[6] Comentário enviado por doomk em 25/06/2009 - 17:37h

muito bom, curti a interface.

vai mais uma dica, recentemente instalei o CENTREON, digamos que ele é um braço direito do nagios, achei tb super bacana o visual e os recursos que ele tem, suporte SNMP e gráficos, ainda estou aprendendo a usar todos os recursos desse Centreon.

aí vai alguns screenshots: http://www.centreon.com/Centreon/screenshots.html


abrç.

[7] Comentário enviado por civirino em 25/06/2009 - 17:44h

Pow "doomk" bacana kra...
meu centreon ainda não ta funcionando 100%
mas compartilha aí com a galera a config, abraços.

[8] Comentário enviado por removido em 26/06/2009 - 10:08h

Funcionou perfeitamente.


[9] Comentário enviado por diegoblos em 01/07/2009 - 15:56h

Essa interface é bem mais amigável mesmo!!!

Estou na tentativa de integrar agora o NagioQL!!!

Alguém já tem em funcionamento??

Valeu

[10] Comentário enviado por paulorvojr em 01/07/2009 - 16:40h

diegoblos , tudo bom?

Sim funciona perfeitamente o nagiosQL, apenas se atente as configurações do nagiosQL depois de instalar, para apontar corretamente as pastas padrões e arquivos do nagios, para importa-los.


Abraços

[11] Comentário enviado por vandersouza em 11/09/2009 - 11:31h

Olá civirino blz, meu estou com problema aqui na empresa instalei o nagios2 via aptitude veio versão 2.11 só que preciso mudar a interface os arquivos nesta versão fica em htdocs já alterei
pelo skyn que vc postou, nas da um erro apache que não abre os aquivos stylesshts no cgi o que será que está ocorrendo se puder dar uma forma fico agradecido falow.

[12] Comentário enviado por strambaioli em 14/07/2010 - 11:33h

Caros, como faço para voltar as configurações originais ????

[13] Comentário enviado por paulorvojr em 14/07/2010 - 12:52h

strambaioli, tudo bom?

Em linux não há resturaurar configurações originais, e sim voltar com o arquivo básico, padrão.

O ideal é antes de fazer qualquer alteração salvar uma copia e renomear para .OLD .ANTIGO, .QQCOISA

Os arquivos padrões ficam na instalação o pacote .tar.gz do nagios e do nagiosQL.

Lembrando que não precisa reinstalar ou refazer nada, so substituir os .conf, mas na proxima faça backup.

Abraços ae

[14] Comentário enviado por eeds em 28/07/2012 - 17:28h


[1] Comentário enviado por leo_jfa em 22/06/2009 - 17:41h:

Testei e aprovei, pra quem usa debian tenho que fazer algumas considerações:
- Copiar todo conteúdo da pasta share para /usr/share/nagios3/htdocs
- Se estiver usando nagios3, editar o arquivo:
- /usr/share/nagios3/htdocs/config.js, alterando:
- var cgipath = "/nagios/cgi-bin/";
Para:
- var cgipath = "/nagios3/cgi-bin/";

Com essas alterações, nãi haverá problemas de funcionamento.

Att.

Leandro Moreira.



Outra dica para quem usa o nagios3 no debian
alterar na diretiva do apache2 a seguinte linha:
DirectoryIndex index.php
para
DirectoryIndex index.html
ótimo artigo vlw!

[15] Comentário enviado por sylver4 em 13/04/2018 - 18:07h

Tem essa versão do nuvola para baixar de outra fonte? A que encontrei não tem a integração com o Nagiosql.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts