NTFS-3g: Leitura e gravação em NTFS com segurança? Ainda não!

Em meados de Junho/06 saiu uma notícia no site www.noticiaslinux.com.br falando que o problema de leitura e escrita em partições NTFS estava definitivamente resolvido, mas através de testes comprovo falha GRAVE neste anúncio.

[ Hits: 37.391 ]

Por: Dailson Fernandes (fofão) - http://www.dailson.com.br em 16/08/2006


O anúncio do escritor do módulo



Saudações Livres PessoALL!!!!

Saiu no dia 17/07/2006 no site Noticias Linux.

OBS: Vale à pena lembrar que a notícia é do Sr. Szaka e não dos mantenedores do Notícias Linux.

"Finalmente, depois de muito tempo, temos agora a possibilidade de ler e gravar em sistemas de arquivos NTFS sob Linux com total segurança.

Como integrante do projeto Linux-NTFS, fico feliz em anunciar minha contribuição ao ntfsmount e libntfs que resultou no ntfs-3g, um driver ntfs para leitura e gravação, capaz de criação e deleção ilimitada de arquivos.

O driver foi testado com sucesso muito exaustivamente por um longo período de tempo, de diversas maneiras e métodos, criando e destruindo milhões de arquivos e diretórios em recém imagens criadas e em mais de 40 diversas imagens reais colecionadas ao longo dos últimos 4 anos.", disse Szaka, um dos desenvolvedores envolvidos no projeto.

Surpreso com esta notícia, fui aos testes.

Vamos lá!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O anúncio do escritor do módulo
   2. A instalação
   3. Os testes... Implacáveis!
   4. Triste conclusão...
Outros artigos deste autor

Instalando a nova versão do HLBR - IPS invisível

Eu cavo, tu cavas, ele cava... tutorial de DIG

Gerenciando logs do Linux pela WEB com o PHPSYSLOG-NG (parte 1)

Instalando o IBM LOTUS SYMPHONY Beta3

Personalizando o HLBR - IPS invisível

Leitura recomendada

Replicando e distribuindo armazenamento de arquivos através de quatro servidores usando Cluster (GlusterFs) no Debian Lenny

Linux no Pendrive: Definitivamente configurável e persistente

Montando partições em memória

Git - Ciclo básico de trabalho

Instalando Linux em segundo HD IDE, Sata, USB ou Pendrive

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ambuzr em 16/08/2006 - 13:56h

Achei o artigo interessante, mas o que valeu foi a intenção do criador do NTFS-3G, quem sabe daqui uns anos ein?

[2] Comentário enviado por alexandrebchaves em 16/08/2006 - 14:24h

Droga!

Fiquei super enpolgado... mas eh assim mesmo!


Valeu pelo Artigo

[3] Comentário enviado por tjpp em 16/08/2006 - 14:26h

Você fez dois testes e disse que os resultados foram 100% negativos. Não quero dar uma aula de estatística, mas se você jogar uma moeda uma vez e der cara, você vai afirmar que a chance de sair cara daquela moeda é 100% ?
Você não pode falar em porcentagem se não fizer, no mínimo 100 amostragens (sejam 100 cópias ou 100 tentativas).

Posto isto, vamos aos fatos. Seus testes são complicados: arquivos de 4Gb não são suportados por todas as versões de filesystems. O que aconteceu quando você tentou arquivos pequenos ? Quantas vezes você tentou reproduzir o erro na cópia do arquivo de 4Gb. Se você responder que foi uma vez só, nem o desenvolvedor do driver vai te responder amigavelmente. Ao reportar um bug, a primeira preocupação é: eu posso reproduzir as condições em que o bug ocorreu, ou seja, o bug é reproduzível?

O que aconteceu quando você tentou criar um só diretório ?

Se os erros persistirem ao copiar um arquivo pequeno e um diretório, temos duas hipóteses: ou você não instalou o driver corretamente, ou o desenvolvedor é um louco, escroto e mau-caráter que não mostrou os erros ao lançar algo tão importante.

[4] Comentário enviado por tenchi em 16/08/2006 - 15:14h

Olha, eu aki em casa uso o fuse + ntfsprogs para escrever em partições ntfs normalmente (com o kernel 2.6.9 e 2.6.14) , e nunca tive um erro. O único problema é eu não conseguir excluir diretórios recursivamente, mas esse eu acho que eh um erro que vai ser corrigido em breve.
Consegui escrever tanto numa partição ntfs vazia quanto numa partição com o windows instalado. O único problema é quando desligo p computador sem desmontar a partição do win, quando reinicio com o win, ele executa o chkdsk. -- normal.
Falow.

[5] Comentário enviado por agk em 16/08/2006 - 15:21h

Um pouco vago o artigo.
Mas vamos tentar contribuir um pouco, pois essa questão de escrita em NTFS interessa a muita gente. Já testei vários supostos programas que resolvem esse problema de gravação em NTFS, nenhum deles me foi satisfatório, nem mesmo o captive-ntfs.
Eu não conhecia esse NTFS-3G, pretendo testá-lo.
No artigo o autor reporta apenas problemas com o grub, o arquivo de 4 GB que foi gravado na partição NTFS ficou íntegro? Os diretórios criados permaneceram lá da mesma forma após você desmontar e montar a partição novamente? São essas coisas que temos que perguntar e fazer e refazer testes. Outro ponto que achei falho da parte do autor foi ter reportado apenas esse problema com o Grub, poderia ter testado com o LILO.
Concluindo, pelo que pude entender o NTFS-3G está corrompendo o setor de inicialização do disco, por isso o motivo do Grub não dar mais boot, estou certo?

[6] Comentário enviado por rasxr3 em 16/08/2006 - 19:23h

Uma coisa não entendi. Por que não criar uma nova partição só para testes, sem comprometer a do sistema? Assim você ganha tempo, pois só tem que formatar a partição sem ter todo o trabalho de instalar e configurar o so todo de novo. É só uma sugestão. A propósito, realmente faltou quantidade nos testes. E a propósito, todas deram errado ou você só postou as que falharam.

De qualquer forma, obrigado por testar e trazer ao conhecimento de todos.

[7] Comentário enviado por removido em 17/08/2006 - 10:43h

ntfs? pra que? ainda usam isso? existe mermo essa coisa ainda?

[8] Comentário enviado por coffnix em 17/08/2006 - 16:39h

ntfs = merda da microsoft

não estupre seu HD... se for usar a porcaria do windows ao menos use fat32 né...

fuiz

[9] Comentário enviado por alfeper em 17/08/2006 - 17:24h

Fiz estes mesmos teste e funcionou blz!!!
Não sei pq no caso do amigo nao funcionou...

[10] Comentário enviado por pedemesa em 17/08/2006 - 19:31h

Cara, acho que nesse tipo de coisa agente tem que saber filtrar... Faltaram testes? O Software realmente não é bom? Não se deve usar o NTFS? Bom acho que em casos críticos como esse nós mesmos devemos fazer os testes, ou no caso, refazer os testes... O pessoal que uso e não teve problema tmb podia colaborar com as configs do seu sistema, tipo, usaram GRUB? LILO? que tipo de uso fazem do software? acho que a intenção dos testes do artigo foi muito boa, mas precisaria de mais testes... Me interesso bastante por esse software e vou tentar alguma coisa, espero que o pessoal possa colaborar. Não acho interessante ficar criticando... o negócio tem que ser construtivo e acredito que essa foi a intenção do artigo. Abraço!

[11] Comentário enviado por tomas em 18/08/2006 - 02:06h

Amigo,
Eu uso o ntfs-3g sem problemas no meu notebook com dual boot WinXP + Slack 10.2. Leio, gravo, crio, apago... Resumindo: faço tudo na partição NTFS sem erros, sem problemas, sem alertas.
Antes que perguntem, também trabalho com arquivos grandes.
Há alguns dias terminei de baixar pelo Slack a imagem de DVD do Ubuntu que foi gravada na partição NTFS. Sem problemas.
Engraçado tu ALERTAR a comunidade. Isso parece um julgamento negativo.
Mas assim: tenta mais vezes. Quem sabe um dia tu acerta.
Boa sorte.

[12] Comentário enviado por dailson em 18/08/2006 - 09:41h

Ok Amigos
A intenção do artigo não é detonar o ntfs-3g. Apenas alertar aos usuários para fazerem testes antes de implementarem em ambientes verdadeiros.
Fiz alguns testes e estes deram errados. O que me fizeram não optar por estes software. Na própria página do autor do módulo, várias pessoas tem a mesma opinião que a minha e reclamaram do anúncio do autor.
Eu só fiz alguns testes.
Agradeço a todas as mensagens. (Construtivas e destrutivas)
Um abraço a todos

Dailson Fernandes

[13] Comentário enviado por MarioJE em 19/08/2006 - 03:05h

Eu concordo plenamente com o comentário do tschertel: antes de mandar um aviso para todos, você deveria ter verificado se o problema é realmente o módulo. Eu uso no notebook e desktop aqui em casa sem problemas.
Você não acha estranho que em duas situações completamente diferentes — manipulação de arquivos grandes e a criação de vários diretórios — ocorrer o mesmo problema?

A propósito, por ser uma máquina "zerada", quer dizer que você não verificou se ela estava realmente funcionando nos conformes, certo?

[14] Comentário enviado por dailson em 21/08/2006 - 09:27h

A Máquina foi zerada para estes fins. (testes).
Foi feito dois testes com arquivos grandes e pequenos.
Com insucessos. A máquina hoje já voltou a produção e funciona perfeitamente.

Dailson

[15] Comentário enviado por charlesschaefer em 23/08/2006 - 00:08h

Hey, galera, calma lá.
Eu concordo com todos aqui. Para se dizer que um software é bom ou ruim, deve-se ser feito uma quantidade muito grande de testes, em várias situações diferentes, com hardwares diferentes, em ambientes diferentes, e, se possível, por pessoas diferentes.
O nosso amigo foi um tanto infeliz na apresentação do artigo, no título. Ou então todos entendemos errado o que ele quis.

Mas vamos lá:
Eu estou de pleno acordo com o dailson. O que ele disse tem muiiiiiiito sentido. Vocês leram a conclusão dele? vejam:

"Meu intuito com este artigo é alertar os usuários do Linux e não diminuir o autor do módulo NTFS-3G!
Quando existirem novas ferramentas, principalmente com a palavra BETA como esta, não testem em ambiente de produção ou em máquinas com arquivos importantes."

Agora pergunto, alguém discorda dele?

No entanto dailson, sejamos francos, seu artigo pareceu mesmo estar querendo divulgar mais o não funcionamento do ntfs-3g do que alertar para os usuários o risco de fazer testes em ambientes de produção.
Não encare como uma crítica destrutiva, mas ou você realmente quis falar do software e tentou dar uma amenizada na sua barra no finalzinho do artigo, já prevendo a reação da galera, ou (e isso eu acho mais provável) você foi muito infeliz na elaboração do seu texto e até na criação do título dele.

No mais, muito obrigado. Senão pelo artigo, que seja então pela atitude. Pessoas como você, que querem ajudar testando ou realizando qualquer outra atividade, são as que dão ao software livre o lugar que ele ocupa no coração de tantos desenvolvedores.

abraços.

[16] Comentário enviado por dailson em 24/08/2006 - 15:44h

Ok Charles

Concordo com vc. Mas descordo do final do seu comentário. Não quis "aliviar não"... Quis relatar mesmo minha experiência.
Só pra citar como software livre é bom e realmente Livre o leandrolco fez um artigo que é o inverso do meu.
Nele, ele relata sucesso na sua instalação.
Deem uma olhadinha lá. http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5267
Um abraço a todos

Dailson Fernandes

[17] Comentário enviado por andrebarboz em 25/08/2006 - 13:21h

Olá pessoal sou novo aki, e no linux
tentei instalar aki mas não deu certo alguem pode me ajudar?
não consegui executar o comando make
aparece a seguinte mensage
make: *** Nenhum alvo indicado e nenhum arquivo make encontrado. Pare.

[18] Comentário enviado por MarioJE em 26/08/2006 - 16:12h

Eu perguntei isso porque achei estranho dar o mesmo problema com duas situações diferentes. Talvez o erro está logo na montagem do FS.
Falhar ou não, depende muito da configuração do sistema, pois podem haver vários motivos para falhar. No meu caso, consegui usar o programa sem problemas no meu desktop e laptop.

>> andrebarboz
Você se esqueceu do ./configure ou ele falhou por algum motivo, veja o erro e tente corrigir antes de dar MAKE. =)

[19] Comentário enviado por andrebarboz em 28/08/2006 - 14:51h

>> andrebarboz
Você se esqueceu do ./configure ou ele falhou por algum motivo, veja o erro e tente corrigir antes de dar MAKE. =)



Eu isso o ./configure não percebi nem um erro mas vou tentar de novo e prestar bem atenção
Valeu!

[20] Comentário enviado por matpestana em 24/11/2006 - 17:01h

po,aki eu nunk consegui nem montar a partição :'( sempre da isso:
root@darkstar:/home/matpestana# ntfs-3g /dev/hda1 /mnt/hda1
Failed to mount '/dev/hda1': Operation not supported
Mount is denied because the NTFS journal file is unclean. Choices are:
A) Shutdown Windows properly.
B) Click the 'Safely Remove Hardware' icon in the Windows taskbar
notification area before disconnecting the device.
C) Use 'Eject' from Windows Explorer to safely remove the device.
D) If you ran chkdsk previously then boot Windows again which will
automatically initialize the journal.
E) Run 'ntfsfix' on Linux which will reset the NTFS journal.
F) Mount the volume read-only by using the 'ro' mount option.

[21] Comentário enviado por duda_syn em 06/01/2007 - 01:59h

Po pra vcs terem uma idéia eu lia o inicio do artigo enquanto instalava o programa, qd terminei de ler nem tive a coragem de testar ai desinstalei... ai depois li os comentários e fiquei com vontade de testar... mas msm assim ainda não criei coragem.
eu acho q ele tinha q ter feito mais testes msm, mas vlw a intenção..
bom pro meu comentário valer de alguma coisa uma boa
.. uma outra maneira transferir arquivos do linux pro windows eh fazendo da forma inversa.. puxando da partição do linux pelo windows .. eu uso o programa rfsgui , uso faz uns 5 meses e nunca deu problema ele le partições reiserfs do windows... não tem mistério pra usar.
http://www.programmersheaven.com/download/38123/download.aspx
O link acima..
espero q possa ajudar .
vlw abçs

[22] Comentário enviado por magnus em 29/01/2007 - 01:26h

Não é beta? ...

[23] Comentário enviado por jldomingos em 17/12/2007 - 16:53h

A galera está certa na pouca quantidade de testes. E é preciso focar no objetivo do programa. Alguém vai usá-lo em produção se o sistema principal for linux ? Mas pros usuários mais técnicos é uma tremenda ferramenta pra recuperação de dados, cópia de arquivos e pra quem quer e/ou precisa ter os dois sistemas juntos, pois o captive no meu caso foi uma decepção enorme. Pros usuários de desktop é fundamental ter uma ferramenta dessas. Imagine um usuário do Thunderbird que mantém uma base única de e-mails usando Win e Linux, ou documentos gerados pelo BrOffice que precisam ser acessados pelos dois sistemas. Minha experiência com o ntfs-36 até agora foi extremamente positiva e não desabono de forma alguma seu uso. Pelo contrário, incentivo e estimulo todos a usá-lo.
Toda avaliação aumenta a base de conhecimento global, mas devemos ser criteriosos pra não assustar ninguém nem induzir ao erro, em especial os que estão começando.
Abraços a todos !

[24] Comentário enviado por darkoverde em 10/09/2008 - 10:22h

Oi,

Bom.. Sempre usei o ntfs-3g.. Nunca tive problema algum com ele.
Sempre funcionou direitinho. Leitura e gravação nunca danificaram um arquivo sequer da partição ntfs.

Eu o tinha instalado para poder ler meu hd externo, que possui NTFS para facilitar a transferencia de arquivos de qualquer computador para o meu e vice-versa.

Mas cada computador é cada computador e cada distribuição é cada distrbuição..

[25] Comentário enviado por dailson em 10/09/2008 - 11:41h

Olá Dark

Eu também concordo com vc. E uso o ntfs-3g sem bronca, mas este artigo foi escrito em 16/08/2006 ... Na época dava estes paus... hoje está uma maravilha!
Valeu pelo comentário.

Dailson Fernandes
www.dailson.com.br


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts