Mutt - o melhor amigo do homem

Esse artigo nos apresenta o Mutt, um excelente cliente de e-mail que, apesar de ser para modo texto, em matéria de recursos dá banho em muitos clientes gráficos que temos por aí. Além disso ele dá aula de estabilidade.

[ Hits: 78.171 ]

Por: Rafael em 29/03/2005


Abrindo arquivos anexados



Para abrir um arquivo anexado no Mutt é necessário que exista uma entrada para o seu respectivo Mime Type no /etc/mailcap ou ~/.mailcap. No Debian esse arquivo é gerado pelo update-mime.

Por exemplo, se ao receber um e-mail em html você desejar ver o arquivo html da forma como ele foi escrito, basta teclar 'v', navegar até o arquivo html e teclar 'enter'.

No meu caso, arquivos html são exibidos pelo Firefox. Da mesma forma você pode abrir automaticamente um arquivo .doc no OpenOffice.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Iniciando
   2. Comandos básicos
   3. Abrindo arquivos anexados
   4. Lista de contatos
   5. O arquivo de configuração muttrc
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalando Postfix e Dovecot no SLES 11 e autenticando em um diretório da Novell (Edir)

Utilizando GMail (Google Mail) em seu cliente de email favorito

Sendmail sem complicações

Exim4 com MailScanner + Clamav

Como acessar contas do Hotmail no seu cliente de e-mail Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 30/03/2005 - 01:41h

Esse programa até parece muito bom, mas faltou aí no seu artigo, um pouco mais de informação. Por exemplo, onde é que fica esse bendito arquivo ~/.muttrc? Como configurar a minha conta de e-mail - onde entra nome de provedor, usuário, etc? E esse arquivo dot.muttrc que vc sugeriu usar, onde é que ele vai, com que nome?
Fiz o download do mutt, mas ainda não consegui usar.

[2] Comentário enviado por fabio em 30/03/2005 - 07:27h

Olá Caiapó,

Sempre que você encontrar um arquivo no formato ~/alguma_coisa, significa que este está em seu diretório HOME, uma vez que "~" = "/home/usuario". Sendo assim, no meu caso, ~/.muttrc seria /home/fabio/.muttrc.

Realmente o autor não citou como baixar e-mails do provedor e isso é, diríamos, essencial. :)

Então vamos lá. Existem duas formas de se fazer isso:

1. Utilizando o fetchmail. No artigo abaixo você descobre como configurar o fetchmail pra pegar suas mensagens do servidor POP:
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=1454

2. Utilizando o próprio Mutt. Para isso basta executá-lo da seguinte forma:

mutt -f pop://[email protected]/

Onde "fabio" sou eu e mail.provedor.com.br é o endereço do servidor POP. Será solicitada a senha e boa, manda ver! Se seu provedor tiver suporte a conexão POP segura, use:

mutt -f pops://[email protected]/

Você também pode ajustar os parâmetros para servidor POP direto no seu ~/.muttrc. Maiores informações:

$ man muttrc
$ man mutt

[]'s

[3] Comentário enviado por null_terminated em 30/03/2005 - 07:30h

Cara,

Muito legal seu artigo, é interessante trazer ao conhecimento dos usuários mais novos do Linux este tipo de programa. Como fã incondicional de programas simples e leves como o Mutt, Pine, etc... não pude deixar de deixar meu comentário!

Quanto as dúvidas do colega Caiapó:

O "~" já indica que o arquivo deve ser colocado no seu diretório pessoal, ou seja, caso seu usuário seja "caiapo", você deve colocar o arquivo ".muttrc" em "/home/caiapo".

[]'s

[4] Comentário enviado por luizcarcerelli em 30/03/2005 - 08:07h

É surpreendente como um programa em modo texto consegue ser tão popular, cada vez mais usuários se apaixonam pÉ surpreendente como um programa em modo texto consegue ser tão popular, cada vez mais usuários se apaixonam pelo mutt acho que está na hora de criar uma lista Mutt-Brail, na Debian_user por exemplo, volta e meia chovem mensagens sobre este maravilhoso cliente de e-mail.
Quanto ao artigo em si trata de apresentar e divulgar o programa o que é muito importante, simplesmente não dá para falar de tudo o que o Mutt faz em poucas páginas. Existem diversos artigos ensinando a integrar o Mutt a outros programas como o fetchmail, Esmtp, spamassassim etc. Existe um tema, que creio que o autor ou outra pessoa experiente poderia abordar e escrever um artigo extremamente útil. Como criar um bom .muttrc, tipo pegar um pronto e comentar, mostrando alternativas tal. Infelizmente meu conhecimeto só vai até o que me permite ver a necessidade e sugeri o artigo, escrever é outra história.elo mutt acho que está na hora de criar uma lista Mutt-Brail, na Debian_user por exemplo, volta e meia chovem mensagens sobre este maravilhoso cliente de e-mail.
Quanto ao artigo em si trata de apresentar e divulgar o programa o que é muito importante, simplesmente não dá para falar de tudo o que o Mutt faz em poucas páginas. Existem diversos artigos ensinando a integrar o Mutt a outros programas como o fetchmail, Esmtp, spamassassim etc. Existe um tema, que creio que o autor ou outra pessoa experiente poderia abordar e escrever um artigo extremamente útil. Como criar um bom .muttrc, tipo pegar um pronto e comentar, mostrando alternativas tal. Infelizmente meu conhecimeto só vai até o que me permite ver a necessidade e sugeri o artigo, escrever é outra história.

[5] Comentário enviado por michelpereira em 30/03/2005 - 16:47h

Você também dentro do mutt pode usar o comando "i" para abrir outro servidor de POP/IMAP especificando na forma imap://servidor

[6] Comentário enviado por dinizmu em 30/03/2005 - 18:32h

olá,
eu gostaria de configurá-lo apenas para conseguir enviar e-mails!
como eu consigo fazer isso??
obrigado!

[7] Comentário enviado por rafasch em 30/03/2005 - 18:45h

Olá dinzmu,

Basta configurar seu mta ( exim , sendmail , postfix... ) corretamente.

[8] Comentário enviado por michelpereira em 30/03/2005 - 18:48h

Coloque estes parâmetros dentro do seu arquivo ~/.muttrc

set smtp_serv = "smtp.servidor.com.br"


Mas lembre-se que é necessário um patch no mutt para fazer isso.

[9] Comentário enviado por daaugusto em 31/03/2005 - 13:18h

Simplesmente o melhor cliente de e-mail! Parabéns pelo artigo.

[10] Comentário enviado por luiz pp em 20/01/2011 - 09:11h

usei o mutt via linha de comando, conforme abaixo, mas o email não chega a minha caixa de mensagem, alguém saberia porque? tem que configurar alguma coisa? O mutt já estava instalado no meu Lenny e não fiz nenhuma alteração.

cat /caminho/arquivo.txt | mutt -s "Assunto" -a /caminho/arquivoanexo [email protected]


[11] Comentário enviado por betolima em 13/07/2011 - 15:36h

como posso mandar emails com o mutt para 3 contas de email?

mutt -s "assunto" -a arquivo.tar.gz "[email protected]" < arquivo de saida....


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts