Módulos CPAN no Debian e distros GNU/Linux em geral

Tratará este arquivo, sobre como utilizar de diferentes formas os módulos CPAN no Debian, seja manualmente, via CPAN, via CPANminus ou empacotando. Referente às demais distros, tanto a forma manual, quanto ao CPAN e em último caso, ao CPANminus (se disponível nos repositórios) também se aplicam.

[ Hits: 9.992 ]

Por: edps em 27/04/2015 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução



Perl é uma linguagem de programação usada em aplicações de missão crítica em todos os setores, tendo o seu uso destacado no desenvolvimento web de todos os tipos. Permite a criação de programas em ambientes UNIX, MSDOS, Windows, Macintosh, OS/2 e outros sistemas operacionais.

Perl é uma das linguagens preferidas por administradores de sistema e é especialmente versátil no processamento de cadeias (strings), manipulação de texto e no pattern matching implementado através de expressões regulares, além de ser bastante adequada para o desenvolvimento de projetos utilizando uma metodologia ágil.

Seu slogan "There's more than one way to do it" (Existe mais de uma maneira de fazer isso), demonstra exatamente o propósito da linguagem: sua flexibilidade e capacidade de fazer códigos funcionais.

A linguagem Perl já foi portada para mais de 100 diferentes plataformas e é bastante usada em desenvolvimento web, finanças e bioinformática, desde dispositivos portáteis a mainframes.

Por ser uma linguagem bastante extensiva além da biblioteca padrão, existem muitos módulos disponíveis para o Perl através do CPAN (Comprehensive Perl Archive Network):
Onde, atualmente, segundo a página do projeto, existem quase 150.000 módulos!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Usando da forma tradicional
   3. Via shell CPAN
   4. Via CPANminus
   5. Empacotando módulos CPAN no Debian
   6. Removendo módulos CPAN manualmente
   7. Conclusão
Outros artigos deste autor

Partições - Montagem na marra!

Debian SID, OpenBox, LightDM e XFS

PacmanXG, excelente frontend para o Pacman

Chakra GNU/Linux

Debian Squeeze Backports

Leitura recomendada

Comparação entre Tcl e Perl

Programando em Perl (parte 1)

Um pouco de PERL

Programando em Perl (parte 2)

Autenticação mútua SSL em servidores de NF-e e CT-e

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 27/04/2015 - 11:01h

Perl é o que há! Sempre foi minha linguagem predileta. Muitas ferramentas e outras linguagens utilizam o modelo de expressões regulares do Perl.

[2] Comentário enviado por edps em 27/04/2015 - 18:14h


[1] Comentário enviado por fabio em 27/04/2015 - 11:01h

Perl é o que há! Sempre foi minha linguagem predileta. Muitas ferramentas e outras linguagens utilizam o modelo de expressões regulares do Perl.


Obrigado pelo comentário, a mim (um leigo) me parece ser bem mais fácil de se trabalhar com Perl do que com outras linguagens a começar pelo fato de que seus módulos ajudam bastante.

Um abraço.

[3] Comentário enviado por mineirobr em 30/04/2015 - 10:18h

Para instalar o cpanminus pode fazer assim:
$ cpan App::cpanminus

depois para instalar os módulos:
$ cpanm Nome::Do::Modulo

cpanminus é muito mais rápido para instalar módulos e você pode instalar módulos que estão no github.

[4] Comentário enviado por edps em 30/04/2015 - 11:18h


[3] Comentário enviado por mineirobr em 30/04/2015 - 10:18h

Para instalar o cpanminus pode fazer assim:
$ cpan App::cpanminus

depois para instalar os módulos:
$ cpanm Nome::Do::Modulo

cpanminus é muito mais rápido para instalar módulos e você pode instalar módulos que estão no github.


Obrigado pelo complemento.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts