Migrando entre clientes de correio eletrônico

Como transferir suas correspondências e sua lista de contatos entre alguns aplicativos: KMail, Thunderbird e Evolution. Esse artigo extenso é resultado de muita busca na internet e praticamente tudo aqui foi testado pessoalmente.

[ Hits: 44.683 ]

Por: Leonardo Ferreira Fontenelle em 12/04/2005 | Blog: http://leonardof.org


Formatos de correio e de contatos



Cada aplicativo tem seu formato padrão para armazenar as cartas; alguns permitem escolher o formato a ser utilizado.

O mbox é o mais tradicional na família UNIX; nunca chegou a ser oficialmente especificado, o que contribuiu para que existam algumas variações sutis de programa para programa, sem prejuízo aos nossos propósitos de migração. No mbox, todas as cartas de uma determinada caixa de correio ("entrada" etc.) estão dentro de um mesmo arquivo; para quando uma caixa contém outras, a pasta-mãe também tem um diretório com o mesmo nome e lá ficam os arquivos das caixas-filhas. O formato mbox em geral é adequado para um computador pessoal isolado, mas quando acessível através de uma rede, corre o risco de ter o arquivo corrompido. Para nós, a maior importância do mbox é que esse é o formato mais usado para exportar e importar correio.

O maildir e o mh têm uma abordagem diferente, um arquivo por carta. No maildir, cada caixa contém três diretórios e o arquivo da carta é transferido de um para o outro de acordo com o estado de processamento; normalmente todas as cartas estarão em CUR. O mh foi desenvolvido para uso num programa homônimo e tem a peculiaridade de nomear os arquivos com números que indicam a ordem de chegada (cumulativo), é mais seguro (em rede) que o mbox, mas menos que o maildir. Tanto o maildir quanto o mh ocupam mais espaço no disco rígido que o mbox, mas possibilitam maior velocidade na manipulação das cartas (mudar de caixa, apagar, etc).

A lista de contatos é implementada de forma diferente por cada aplicativo; o importante é saber os formatos usados para exportá-la. Infelizmente, dentro de cada formato há margem para diferenças importantes, por exemplo quantos e quais campos são usados para registrar o nome do contado (nome/sobrenome, nome completo/nome de exibição, nome/nome do meio/sobrenome, etc). Por isso, um aplicativo pode não entender a tabulação do outro, com perda parcial da informação ou impossibilidade de importação. Na pior das hipóteses, lembrem-se de que o conteúdo é legível num editor de textos comum.

Os formatos mais novos são o vCard e o LDIF. O vCard a princípio é utilizado para transferir contatos um a um (útil em palmtops!), embora haja uma exceção a essa regra. O LDIF é o formato utilizado na comunicação com servidores LDAP; por isso clientes de correio eletrônico que têm a funcionalidade de comunicar-se com esses servidores também usam o LDIF para importar ou exportar "manualmente" a lista de contatos. Alguns outros formatos são simples tabelas em que as células de cada linha são separadas por vírgulas (CSV) ou tabulações (TAB).

Links:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Apresentação
   2. Formatos de correio e de contatos
   3. KMail
   4. Mozilla Thunderbird
   5. Novell Evolution
Outros artigos deste autor

Como usar o dicionário do BrOffice.org em aplicativos GTK+/GNOME

Leitura recomendada

MailScanner - Email Gateway Virus Scanner

Alteração de temas no Zimbra 8.0.7

Configurar autenticação no Postfix

Implementando o Interscan VirusWall com Postfix

Postfix - Integração AD e autenticação

  
Comentários
[1] Comentário enviado por guifreitas em 13/04/2005 - 09:01h

Eu tenho uma dúvida, talvez vc pode me ajudar, migrei do evolution para o mozilla thunderbird, e deixei no evolution cerca de 30 mil emails, existe alguma forma de eu passar estes emails do evolution para o thunderbird?

Abraços!

[2] Comentário enviado por telurion em 22/04/2005 - 09:31h

Nenhuma forma elegante, ou automática. Para cada caixa/pasta de mensagens, selecione todas as cartas e "salve como" um arquivo no formato mbox (sem extensão), que deve ser colocado dentro da pasta de correio do Thunderbird; se você quer que a caixa "GdHnet" fique dentro da caixa de entrada, coloque o arquivo "GdHnet" dentro do diretório "inbox".

Repare que assim você transfere suas cartas, não mais que isso. Pastas virtuais, informações sobre ter lido ou não, esse tipo de coisa vai para o espaço.

(Desculpe-me demorar a responder. Fiquei uns dias sem internet.)

[3] Comentário enviado por francojsilva em 10/07/2007 - 18:19h

Opa

Kra... Tu tens alguma dica para importar as regras utilizadas no Evolution para outro programa de correio?

Obrigado.


[4] Comentário enviado por telurion em 10/07/2007 - 20:18h

Olá, Franco! Infelizmente, não sei como migrar os filtros do Evolution para outros clientes de correio eletrônico. Pelo que sei, não existe um padrão para que essa informação seja armazenada, o que dificulta seu intercâmbio.


Contribuir com comentário