Melhorando o nível de segurança com chflags

FreeBSD é um sistema bastante seguro na sua concepção. Foi escrito e auditado com base em parâmetros de segurança mundiais. O administrador de rede pode implementar perspectivas de segurança desde de sua instalação. Para teste foi utilizado o FreeBSD 7.2-RELEASE.

[ Hits: 12.559 ]

Por: cristofe coelho lopes da rocha em 18/01/2010


CHFLAGS(1)



FreeBSD é um sistema bastante seguro na sua concepção. Foi escrito e auditado com base em parâmetros de segurança mundiais. O administrador de rede pode implementar perspectivas de segurança desde de sua instalação. Contudo, algumas aplicações portadas não seguem os mesmos padrões ficando a responsabilidade para o administrador.

A segurança em arquivos do sistema é comumente implementado ajustando o modo ou permissões as quais são aplicadas em nível de usuário, grupo e other (outros). Como a maioria dos administradores de sistemas conhecem.

Desta forma por padrão o usuário root e/ou dono do arquivo poderão alterar estas permissões e manipular os arquivos, o que torna vulnerável o sistema mediante a uma possível intrusão no sistema com ganho de privilégios.

Baseadas nestas vulnerabilidades foram escritas algumas UserLands para facilitar a vida do administrador.

Utilizando CHFLAGS(1)

CHFLAGS - Change file Flags.

É um utilitário nativo do FreeBSD desde a versão 4.4. A finalidade é marcar o arquivo para diversas finalidades. Abordaremos aqui as marcações com foco em segurança de sistemas.

Sintaxe:

chflags <flags> <arquivo_alvo>

Flags utilizadas:

1) nodump - Marca o arquivo como nodump. Não permite backup com o utilitário dump. Todavia o dump 0 executa backup de arquivos com flags nodump. Esta marca só tem efeito para dump incremental - dump(8).

As marcas abaixo são ajustadas somente pelo usuário root, não podendo ser reajustada caso o nível de execução do sistema seja =1 ou superior.

2) schg, schange - System-level imutable. O arquivo se torna imutável e seu conteúdo não pode ser alterado, incrementado e não ele pode ser apagado.

3) sappnd, sappend - System-level append only. O arquivo com esta marca pode ter conteúdo adicionado, mas não pode ser removido e nem editado. Caso seja feito, a permissão será negada.

4) sunlink - Undeletable. Arquivo não pode ser apagado pelo proprietário.

As marcas abaixo são ajustadas pelo usuário proprietário ou root, podendo ser ajustada em qualquer nível de execução do sistema.

5) uchg, uchange - System-level imutable. Previne erros, mas não é muito interessante para segurança, pois é ajustada pelo usuário proprietário ou root podendo ser modificada em qualquer nível do sistema. Ou seja, em uma possível intrusão com ganho de privilégios o invasor poderá alterar a marcação.

6) uappnd, uappend - System-level append only. Arquivos com esta marca podem ter conteúdo adicionado, mas não pode ser removido e nem editado. Caso seja feito, a permissão será negada.

6) uunlink - Undeletable. Arquivo não pode ser apagado pelo proprietário. Contudo pode ser ajustado pelo usuário proprietário ou root em qualquer nível de execução do sistema.

Para remover as flags ajustadas adicionar "no" + flag.

Ex.: Flag -> uchange, comando: chflags nouchange <arquivo>

Para inserir marcas em diretórios utilizar parâmetro <-R> (recursivo):

Ex.: Flag -> uchange, comando: chflags -R uchange /diretório

Para listar arquivos com suas respectivas marcas:

# ls -lo

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. CHFLAGS(1)
   2. Níveis de segurança
Outros artigos deste autor

Varredura bruta com NMAP

Esgotando os recursos

Festa com SQL injection

Backups com TAR e DUMP

Um dia depois da inundação

Leitura recomendada

Procurando rootkits no seu sistema

Utilizando SSH com método de autenticação publickey + ssh-agend + ssh-add

IPtables e seus módulos

Iptables protege contra SYN FLOOD?

Gerenciar e configurar inetd e serviços relacionados

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts