Máquinas virtuais

Máquinas virtuais estão na moda, mas afinal o que são? Para que servem? E eu posso rodar uma delas?

[ Hits: 65.564 ]

Por: Cesar Cardoso em 29/06/2003


VMware



Agora vamos rapidamente falar das VMs existentes, começando pela grande VM existente: VMware (http://www.vmware.com).

A família VMware - não existe apenas o VMware que você baixa e testa por 30 dias pra depois apagar do seu HD :), mas também dois produtos (GSX e ESX) voltados para servidores - se tornou extremamente popular por dar flexibilidade e desempenho na execução das VMs; além disso, suporta oficialmente uma imensa gama de sistemas operacionais (MS-DOS, Windows 3.1/9x/ME/NT/2000/XP/2003, Linux, FreeBSD, NetWare) e permite com algum hacking rodar outra gama de sistemas (BeOS, AtheOS/Syllable, Plan9, OpenStep). Não é por acaso que, além do uso corporativo (consolidação de servidores, testes) se tornou popular também entre os testadores de OS e os autores de sistemas operacionais.

O VMware só tem como padrão (que você não pode mudar) em termos de hardware virtualizado a placa de vídeo (a infame VMware SVGA), de rede (AMD PCnet32 PCI) e o processador (claro, senão seria emulação :-]). Do resto, você pode escolher desde a quantidade de memória até se a sua VM vai ter portas USB.

O único contra do VMware é o preço, bem salgadinho (o pessoal da www.service.com.br está vendendo a versão eletrônica a R$1000). Fora isso, é um produto excelente, claro que quanto mais potente o processador (pelo menos 500MHz, de 1GHz pra cima fica velocidade quase nativa) e memória (rodar o VMware com 512MB de memória é uma delícia) melhor.

Existe uma outra VM comercial, mas este nunca vai rodar em Linux: é o Virtual PC para Windows, da Connectix, ops, Microsoft.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é uma máquina virtual? E para que serve?
   2. VMware
   3. Mac-on-Linux e plex86
   4. chroot, FreeBSD jail e User Mode Linux
Outros artigos deste autor

Utilizando o CUPS com estações Windows XP

Entendendo a configuração de rede para RedHat e similares

Para não se perder no mundo da memória Flash

NPTL, Exec-Shield e outros palavrões que fazem seus programas crasharem

Porque o RedHat 9 tem problemas com teclados US-International?

Leitura recomendada

Instalando VirtualBox 4.0 no CentOS 5.5

Integrando Nagios e Google Maps

Segurança em sistemas abertos e fechados

Arapuca - Expandindo as funcionalidades do FreeRADIUS

Projeto OpenFarm

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 29/06/2003 - 00:04h

Fala Cesar,

Depois de ler este artigo fiquei tentado à usar o VMware para rodar o Windows junto com Linux na minha máquina para poder testar os sites e sistemas que programo sob Mozilla também no Internet Explorer, uma vez que agora estou de máquina nova.

A questão é, qual seria o harware recomendável para executar Linux 2.4.x e Windows 98 ao mesmo tempo? Você acha que uma ASUS 1.1GHZ com 256 de RAM aguentaria o tranco?

[]'s,
Fábio

[2] Comentário enviado por cesarcardoso em 29/06/2003 - 00:28h

Sim, a máquina aguenta o tranco. A minha não é muito diferente da sua (Celeron 1.3 com mobo Matsonic e 512MB de memória).

Mas eu paguei R$130 num pente de memória PC133 de 256MB (no cartão!) e o pente de 256MB DDR está mais barato ainda... acho que isto vai te dar uma boa idéia :)

[3] Comentário enviado por fabio em 29/06/2003 - 00:59h

É, sim sim, mas... os maleditos que me venderam o CPU me mandaram uma placa mãe com only two slots para memória e me fizeram o favor de me fornecer dois pentes de 128 cada.

E uma dúvida que não quer calar os meros mortais, o que é mobo Matsonic?

[4] Comentário enviado por cesarcardoso em 29/06/2003 - 01:14h

Argh! Determinados montadores de micro, só espancando mesmo. Complicado vai ser se livrar dos dois pentes de 128 pra arrumar dois de 256.

Mobo é placa-mãe, e Matsonic é uma marca, confesso que nunca havia visto Matsonic mais gorda, mas a minha bichinha até que é razoável, apesar de não ter slot AGP offboard e de ter somente dois slots de memória.

[5] Comentário enviado por cesarcardoso em 29/06/2003 - 01:16h

Anyway, voltando ao que interessa: 256MB é muito legal e dá pra levar um VMware na boa, mas o que abunda não prejudica, né? :-)

[6] Comentário enviado por mrluk em 01/07/2003 - 17:10h

eee fabião, quem mandou não comprar a tua máquina nova com a DigitalBR?! Vacilou!!! hehe...

Aproveitando, esta foi REALMENTE um belo artigo! Já trabalho com VMs(precisamente o VMWare) há algum tempo e tem me ajudado bastante a simular situações pra alguns projetos em clientes! O recomendavel é trabalhar com os 512mb dito acima, mas atualmente...estou rodando Windows98 em uma VM e minha máquina está soh com 256mb! Sem dor de cabeça...naquelas! O fod# são as malditas "Operações Ilegais" que mesmo em tal circunstancia, insistem em turbular as poucas entradas na VM! Enfim, um mal nativo do Ruindows! Mas vale a dica...

um grande abraço,

MrLuk

[7] Comentário enviado por cesarcardoso em 01/07/2003 - 22:07h

As "Operações ilegais" do Windows 98 são parte da vida, né? Fazer o quê...

Quanto à memória, o que abunda não prejudica, e a memória voltou a ficar quase de graça.

[8] Comentário enviado por edwilsontj em 22/02/2005 - 20:01h

Olá galera, sou iniciante no Linux por isso me perdoem, eu instalei o Linux-Debian no VMWare for Windows. Mas não consegui fazer a parte gráfico do Linux funcionar, alguem poderia me dar uma força?

[9] Comentário enviado por prigolm em 28/07/2006 - 09:44h

Lançado o livro Máquinas Virtuais e Emuladores – Conceitos, Técnicas e Aplicações

Este livro aborda os conceitos e as técnicas para a construção de máquinas virtuais e emuladores. Apresenta exemplos de máquinas virtuais e emuladores, suas características internas e como instalar a máquina virtual em sua máquina. Também relaciona problemas que podem ser contornados ou minimizados com a utilização de máquinas virtuais. Com a ajuda deste livro, o leitor poderá instalar, analisar e testar as principais tecnologias de máquinas virtuais e emuladores disponíveis para os ambientes Linux e Windows.


http://www.novatec.com.br/livros/maquinasvirtuais/




[10] Comentário enviado por DiegoR0dr1gu3s em 11/01/2007 - 18:08h

Uso slack como SO de trabalho e tenho o vmware instalado nele. tenho 384 de memo e quando preciso subir o w2ksrv na vm fica lento pacas, usando o KDE. por isso quando vou usar a vm com SO mais pesado fecho o KDE e inicio apenas o XINIT. isso ajuda muuuiiito, amigos. fica uma bala, hehe! mas o ideal mesmo é colocar memo no PC. os preços estao bons e tal. só nao coloco nessa maquina q mencionei pq é do serviço....

Falows!

[11] Comentário enviado por jllitvay em 22/02/2007 - 09:05h

www.virtualbox.org Uma ótima máquina virtual, mais fácil que o vmware e livre.
Baseada no qemu


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts