Máquina Virtual Java (Java Virtual Machine)

Com a linguagem Java, é possível desenvolver aplicações que rodem em uma infinidade de plataformas. Para isso, basta que elas tenham uma Java Virtual Machine (JVM) ou, em português, Máquina Virtual Java. Este artigo explicará o que esse mecanismo faz e o porque de ser um componente tão essencial à linguagem Java.

[ Hits: 46.162 ]

Por: Emerson Alecrim em 24/01/2005


Introdução



Com a linguagem de programação Java, você pode, por exemplo, criar um aplicativo que rode tanto no Linux quanto no Windows. Mas a linguagem Java não se limita a esses sistemas operacionais. É possível desenvolver aplicações para uma infinidade de plataformas. Para isso, basta que elas tenham uma Java Virtual Machine (JVM) ou, em português, Máquina Virtual Java. Este artigo é voltado a iniciantes e explica o que esse mecanismo faz e o por quê de ser um componente tão essencial à linguagem Java.

O que é Máquina Virtual Java


Você já deve ter usado Java antes e não sabe. Por exemplo, em uma fila de banco, onde você fica jogando em seu telefone celular enquanto aguarda a sua vez. Os aplicativos feitos em Java estão presentes em uma infinidade de dispositivos, desde relógios até mainframes. Tudo isso graças a Máquina Virtual Java (Java Virtual Machine), que passaremos a chamar simplesmente de JVM a partir deste ponto.

A JVM é, em poucas palavras, um mecanismo que permite executar código em Java em qualquer plataforma. Segundo a definição da Sun, a principal responsável pela criação da linguagem Java, a JVM pode ser entendida como "uma máquina imaginária implementada via software ou hardware que executa instruções vindas de bytecodes". Os bytecodes são explicados mais à frente.

Para servir de exemplo, suponha que você desenvolveu um aplicativo para um telefone celular. Com poucas modificações, você poderá rodar esse mesmo aplicativo em um palmtop, como mostra a imagem abaixo:


Outro exemplo: um fabricante de geladeiras constatou que é mais confiável controlar a temperatura desse eletrodoméstico por software. Assim, seus engenheiros criaram um programa para esse fim e ele foi feito em Java. Para executá-lo, eles criaram uma JVM para essa moderna geladeira.

Imagine agora que um fabricante de aparelhos de som desenvolveu um software em Java para permitir que um de seus produtos fosse compatível com músicas no formato MP3. Meses depois, a empresa lançou um outro aparelho e aproveitou esse mesmo recurso nele. Tudo isso, graças a JVM desenvolvida para os aparelhos.

Os exemplos acima deixam claro que praticamente todo dispositivo pode rodar aplicações em Java. Basta que ele tenha uma JVM. A implementação de uma JVM pode ser feita em hardware, como em chips, ou em software, como a JVM existente para o Linux.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Como a JVM funciona
Outros artigos deste autor

Usando cron e crontab para agendar tarefas

O gerenciador de boot GRUB

Processos no Linux

Leitura recomendada

Programação orientada a objetos e o Java (parte 7)

Programação orientada a objetos e o Java (parte 3)

Instalando e Configurando o JAVA

Introdução ao Swing (parte 1)

Manipulando erros com try catch finally

  
Comentários
[1] Comentário enviado por yago.bs_12 em 29/01/2005 - 00:58h

eu adorei o seu artigo pq eu tenho um celular em java e pensava que java era só um programa para jogos e com seu artigo eu pude ter mais informações a respeito do meu celular e do meu computador.

[2] Comentário enviado por luiz0067 em 08/03/2006 - 11:45h

Gostei do artigo java é uma plataforma que permite uma diversa gama de aplicações que rodam em diversas outra plataforamas operacionais. oa unicos defeitos dela são quanto a perca de desempenho do hardware e que ela ainda não suporta multi linguagem como o .net

[3] Comentário enviado por cllaudiox em 23/09/2006 - 21:07h

muito bom o artigo, principalmente para quem está começando a desenvolver em java ...

parabéns ..

[4] Comentário enviado por thiagopriest em 07/06/2008 - 18:59h

Parabéns.

ÓTIMO artigo

[5] Comentário enviado por Luan Techio em 06/10/2009 - 14:05h

muito bom o artigo...
Parabens

[6] Comentário enviado por removido em 05/02/2010 - 16:42h

muito bom esse artigo !!! Parabéns !!! :)

[7] Comentário enviado por Primo NT em 13/03/2010 - 09:12h

Cara muito bom!!!
Principalmente pra mim que comecei o curso de ADS esse ano!
Vou programar em JAVA!!!! ;D
To muito ancioso pra aprender! ;D

[8] Comentário enviado por sukelly em 06/08/2010 - 15:54h

Muito bom o seu artigo.
Explica de forma resumida a importância do JVM.
Estou estudando java e pretendo me especializar em promação a java.

[9] Comentário enviado por dubozzo7 em 17/04/2015 - 17:42h

Ótimo artigo!

Gostaria apenas de alertar que neste pedaço do texto está escrito assim---> ...linguagem multi-plataforma, permite o desenvolvido de aplicativos e..
Acredito que deveria estar escrito assim---> ...linguagem multi-plataforma, permite o desenvolvimento de aplicativos e...
Minha intenção é de apenas ajudar e não de ser professor de português pois sei que enganos acontecem!
Abraço e obrigado pelo ótimo artigo!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts