Kernel 2.6: a instalação mais fácil

Neste artigo descrevo um método rápido e eficiente de se compilar e instalar o kernel 2.6.x num Slackware. Espero que seja didático e interessante o suficiente. O conceito aqui aplicado também deve servir para as demais distribuições sem nenhum problema.

[ Hits: 16.208 ]

Por: Paulo igor em 09/09/2004


kernel novo em poucos passos



Eis as instruções para você compilar o kernel (em um terminal ou no console) sem quaisquer problemas:

Baixe o arquivo linux-2.6.8.tar.bz2 do site:
NOTA: o arquivo pode mudar de acordo com a última versão estável disponível no site.

Mova-o do diretório onde o baixou para o diretório /usr/src (já como root):

# mv linux-2.6.8.tar.bz2 /usr/src
# cd /usr/src


Descompacte-o com o comando:

# tar -jxvf linux-2.6.8.tar.bz2

Remova o link "linux", que deve existir e está apontando para sua versão atual do kernel:

# rm linux

Crie um novo link apontando para o novo "linux" assim:

# ln -s linux-2.6.8 linux

Entre no diretório-link:

# cd linux

Limpe tudo por lá:

# make mrproper

Edite o arquivo /etc/lilo.conf assim:

image = /boot/vmlinuz
root = /dev/hda1
label = slack
read-only

image = /boot/vmlinuz.old
root = /dev/hda1
label = slack.old
read-only

Ou seja, criamos duas imagens de boot, a /boot/vmlinuz que irá apontar para nosso novo kernel e a /boot/vmlinuz.old que apontará para nosso kernel atual (que será o antigo) e que poderá ser carregado em caso de problemas com o novo.

Não mexa em mais nada do arquivo, especialmente na parte do boot do Windows.

Agora vamos editar o arquivo Makefile (em /usr/src/linux).

Descomente a seguinte linha:

export INSTALL_PATH=/boot.

Agora, a brincadeira, configurar o kernel.

Dê o comando:

# make menuconfig

Aqui você alterará as opções do kernel. Pode usar as do kernel antigo copiando o arquivo /usr/src/linux-2.4.22/.config (não esqueça o ponto antes, que significa arquivo oculto). Contudo, elas são tão genéricas que você terá que alterar algumas, como por exemplo, o seu tipo de processador, que com a instalação do Slack ficou como 486. Altere-o para Pentium ou Athlon navegando pelo menu com o comando sobredito.

OBS1: Se você salvou seu arquivo .config da instalação padrão do Slack, pode utilizar o 'make oldconfig' em vez de 'make menuconfig'. Neste caso, suas configurações originais ficarão inalteradas e lhe serão dadas as novas opções de configuração do kernel. A abordagem sobre as configurações do kernel depende muito do hardware do usuário, portanto não será considerada *neste* artigo.

OBS2: Se você tiver o QT instalado e estiver compilando no X (um desperdício de recursos do sistema, na minha humilde opinião), pode dar o comando 'make xconfig' em vez de 'make menuconfig'.

Depois de tudo configurado (que é a parte que requer maior estudo e não prevista aqui neste documento), dê os seguintes comandos:

# make all
# make modules_install
# make install


Se tudo der certo, dê o reboot, escolha a opção que não é a que tem a extensão .old e voilá! Eis o 2.6.x.

É isso!

Acho que recompilar não é o difícil, o usuário deve na verdade é conhecer seu hardware e aprender a configurar corretamente o seu kernel a fim de obter melhor performance.

   

Páginas do artigo
   1. kernel novo em poucos passos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Kernel 2.6.9 no Slackware

Compilando o kernel do Slackware em 10 etapas

cpulimit - Limitando o uso da CPU por processo

Máquinas velhas a todo vapor

Kernel-BALA

  
Comentários
[1] Comentário enviado por lordello em 09/09/2004 - 03:24h

Tem uma informação beeemm errada nesse artigo...
O arquivo de configuração do kernel 2.4.x NÃO funciona com a versão 2.6.x... Você pode até usar, mas muitas configurações críticas serão desabilitadas. As distribuições costumam fornecer o config do kernel. No Slackware ela ficam na pasta /boot. Seria até mais indicado usar o config padrão do Linux, que fica em arch/i386/defconfig

# cd /usr/src/linux
# cp arch/i386/defconfig .config

O comando "make all" não é necessário, um simples make já é o suficiente, mas claro, o "make all" não vai fazer sua máquina explodir ;-P
Falou ae!

[2] Comentário enviado por cvs em 09/09/2004 - 08:24h

hehehe... bom eu já ia gritando isso que o lordello falou, usar config do 2.4 no 2.6 é pedir pra dar kernel panic :P

[3] Comentário enviado por cvs em 09/09/2004 - 08:27h

Ah, sem contar que se estiver fazendo a migração do 2.4 pro 2.6 vai ser necessario instalar o module-init-tools... :D

[4] Comentário enviado por agk em 09/09/2004 - 22:35h

Já passei por isso também, de colocar o config do kernel 2.4 para o 2.6, não funcionou. O melhor se você não quer ter muito trabalho é copiar o config default mesmo e mandar compilar. Mas se você quer investir um pouco de tempo e aprender sobre hardware, software, configurações avançadas de kernel, eu recomendo, vale a pena, depois que personalizei meu kernel 2.6 meu pc ficou jóia, tá quase voando agora.
Valeu, [ ]'s.

[5] Comentário enviado por brasil200 em 10/09/2004 - 07:31h

Isto é baseado no tutorial do DaOne, que se encontra em:
http://www.linuxquestions.org/questions/showthread.php?s=&threadid=127095
fazendo de acordo com o tutorial do DaOne não tem erro.
Pode-se fazer assim tambem:
Primeiro atualize igual aqui http://distrowatch.com/weekly.php?issue=20040628#1 (muito facil) para o kernel 2.6.7, depois faça os ajustes do seu kernel (personalizando) seguindo o guia aqui ou a versão do DaOne...
Ja testei desta maneira e funciona.

[6] Comentário enviado por brasil200 em 10/09/2004 - 07:47h

Só pra lembrar um ponto, o cp /usr/src/linux-2.4.?/.config /usr/src/linux, nada mais é do que um ponto de inicio para a nova configuração do kernel (como dito pelo proprio DAOne).
Existe uma versão baseada no DaOne em portugues tambem que se encontra aqui:
http://www.slacklife.com.br/article.php?sid=614

[7] Comentário enviado por juliomortandela em 10/09/2004 - 09:03h

Caraca, eu como "negação" para hardware, fico boiando nestas matérias de recompilar Kernel e estas coisas... hehehehe aliás, nem um placa compativel com NE2000 padrão ISA eu consigo por pra funcionar... ahuahauha

Até mais ver...

[8] Comentário enviado por rodrigues em 10/09/2004 - 23:31h

good

[9] Comentário enviado por birilo em 13/10/2004 - 13:25h

É, realmente deu Kernel Panic pegar as configurações do 2.4
Estou tentando com a configuração Padrão, vamos ver se eu consigo por pra funcionar.

[10] Comentário enviado por pogo em 21/12/2004 - 13:04h

não sabia que isso de copiar o .config do kernel 2.4 para o 2.6 não funcionava.... sempre bom dar uma lidinha nos coments hehehe

[11] Comentário enviado por silvestre.paiva em 09/05/2005 - 02:07h

Tem outra maneira mais facil para o mandrake 9.1????????

[12] Comentário enviado por stdin em 06/11/2005 - 21:53h

Bem to no make all agora ta making ....
Configurei tudo na mao.. demorou 4 horas! :/

Eu tinha uma instalacao padrao slack 10.2 sem nunca ter tocado no kernel, o cfg dele era o original do Patrick, entao tava cheio de blablabla q nao preciso. Como nao entendo PATAVINAS de kernel, e essa e minha 1 compilada, eu segui ate o passo onde diz pra usar o config do 2.4, e em vez de usar o mesmo eu abri o xconfig dos 2 kernels, do 2.6 e do 2.4. E fui passo a passo comparando e habilitando o que preciso, e desabilitando o que nao preciso.

Demoro, e como eu disse estou no make, vamos ver q xabu da.



Contribuir com comentário