Instalar um LAMP com boa performance

Este artigo demonstra como realizar a instalação de um servidor web LAMP (Linux, Apache, MySQL e PHP), incluindo suas configurações além de questões relacionadas com a performance desse ambiente. A distribuição utilizada será o Ubuntu Server 20.04.1 LTS.

[ Hits: 709 ]

Por: Diego Mendes Rodrigues em 02/09/2020 | Blog: https://www.linkedin.com/in/diegomendesrodrigues/


Instalar o LAMP no Ubuntu 20.04 LTS



A LAMP é uma pilha composta por aplicações como o Apache, MySQL/MariaDB e o PHP, instalados em um sistema Linux para a hospedagem de websites e sistemas on-line.

O PhpMyAdmin é uma aplicação web livre, de código aberto, com um frontend intuitivo e de fácil utilização para a administração dos bancos de dados MySQL e do MariaDB. Ela suporta várias operações no banco de dados, viabilizando a gestão, importação e exportação de informações, execução de queries, dentre diversas outras funcionalidades.

Pré-requisitos para a instalação do LAMP:
  • Um servidor Ubuntu 20.04 LTS (ou 18.04 LTS)
  • Acesso via SSH ao servidor, caso você não tenha o acesso direto ao servidor
  • Privilégios de root, ou a viabilidade de utilizar o comando sudo em todas as ações executadas nesse artigo

Passo 1 - Instalar o Apache no Ubuntu 20.04 LTS

A primeira ação recomendada é a atualização dos pacotes e softwares no seu sistema operacional, e depois, a instalação do Apache, utilizando o comando apt.

sudo apt update
sudo apt -y upgrade
sudo apt install apache2

Após a instalação terminar, o serviço do Apache deve iniciar automaticamente, sendo também habilitado para ser iniciado automaticamente junto com o sistema operacional. Você pode verificar se o serviço está em execução da seguinte forma:

sudo systemctl status apache2
Caso você tenha um firewall habilitado e em execução, deve abrir as portas 80 e 443 para habilitar que os clientes possam realizar a conexão no seu servidor web através do HTTP e do HTTP. Após liberar as portas, as regras do firewall precisam ser recarregadas.

sudo ufw allow 80/tcp
sudo ufw allow 443/tcp
sudo ufw reload
Agora, você pode verificar seu Apache funcionando através do IP de sua máquina, utilizando um navegador web, no endereço:

http://IP_DO_SERVIDOR/

No meu caso, o IP é 192.168.0.15.
Caso você visualize a página inicial do Apache, ele está funcionando corretamente.

Passo 2 - Instalar o MariaDB no Ubuntu 20.04 LTS

Iremos agora instalar o banco de dados MariaDB, sendo ele livre e de código aberto, criado através de um fork do MySQL e sendo desenvolvido pela comunidade, junto com os desenvolvedores que faziam parte da equipe original do MySQL.

sudo apt install mariadb-server mariadb-client

O MariaDB deve iniciar automaticamente após sua instalação. Para verificar, utilize o comando systemctl da seguinte forma:

sudo systemctl status mariadb.service
A instalação padrão do MariaDB não é segura, então você deve executar um script de segurança que é disponibilizado junto com este banco de dados. Neste script, você deverá definir uma senha root para assegurar que ninguém pode se conectar de forma indevida nesse banco de dados.

sudo mysql_secure_installation

Ao iniciar o script, ele irá perguntar pela senha atual do root, pressione ENTER, já que ainda não temos nenhuma senha root no banco de dados (enter for none).

Depois, pressione yes/y nas seguintes perguntas:

Set root password? [Y/n]: y
Remove anonymous users? (Press y|Y for Yes, any other key for No) : y
Disallow root login remotely? (Press y|Y for Yes, any other key for No) : y
Remove test database and access to it? (Press y|Y for Yes, any other key for No) : y
Reload privilege tables now? (Press y|Y for Yes, any other key for No) : y

Passo 3 - Instalar o PHP no Ubuntu 20.04 LTS

O PHP é uma das linguagens de scripting mais utilizadas atualmente para gerar conteúdo dinâmico em websites e aplicações on-line. Você pode instalar o PHP 7.4, junto com seus módulos principais, através do seguinte comando.

sudo apt install php php-common php-mysql php-gd php-cli

Depois da instalação, podemos testar o instalação realizada criando um arquivo denominado info.php, na pasta raiz do servidor web, da seguinte forma:

echo "<?php phpinfo(); ?>" | sudo tee /var/www/html/info.php

Abra esse novo arquivo no seu navegador web, utilizando o endereço:

http://IP_DO_SERVIDOR/info.php

Passo 4 - Instalar o PhpMyAdmin no Ubuntu 20.04 LTS

Iremos agora instalar o PhpMyAdmin, que viabiliza a administração do MySQL/MariaDB de forma confortável, utilizando seu navegador web.

sudo apt install phpmyadmin

Durante a instalação do PhpMyAdmin, algumas questões será realizadas. Responda como exposto nas próximas imagens.
Após a instalação do PhpMyAdmin, você deve reiniciar o serviço do Apache, para que as alterações nas configurações sejam aplicadas.

sudo systemctl restart apache2

Agora, entre no PhpMyAdmin utilizando o seguinte endereço:

http://IP_DO_SERVIDOR/phpmyadmin

Caso seu PhpMyAdmin não funcione, siga com as seguintes configurações adicionais.

sudo cp /etc/phpmyadmin/apache.conf /etc/apache2/conf-available/phpmyadmin.conf
sudo a2enconf phpmyadmin
sudo systemctl restart apache2

Agora, tente novamente entrar no PhpMyAdmin, utilizando o seguinte endereço:

http://IP_DO_SERVIDOR/phpmyadmin
Agora você deverá criar um usuário administrador para utilizar no PhpMyAdmin, já que a autenticação utilizando o usuário root sempre irá falhar na web. Irei criar o usuário admin com a senha [email protected]#30Min.

sudo mysql -u root -p
MariaDB [(none)]> CREATE USER 'admin'@'localhost' IDENTIFIED BY '[email protected]#30Min';
MariaDB [(none)]> GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'admin'@'localhost' WITH GRANT OPTION;
MariaDB [(none)]> FLUSH PRIVILEGES;
MariaDB [(none)]> quit;

Podemos agora logar no PhpMyAdmin com esse novo usuário admin.
Desta forma, encerramos a instalação da pilha LAMP, junto com o PhpMyAdmin no servidor web com o Ubuntu 20.04.1 LTS.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalar o LAMP no Ubuntu 20.04 LTS
   2. Melhorar a Performance do seu Servidor Apache
Outros artigos deste autor

Instalando MariaDB no Debian e Ubuntu

Instalando WPS Office no Debian, Linux Mint e Ubuntu

Linux Lite - Distribuição Leve baseada no Ubuntu

Storj - Armazenamento na Nuvem utilizando a tecnologia Blockchain

13 dicas de segurança para o Apache

Leitura recomendada

Configurando o laptop Acer 5050-3284 no Gentoo Linux

Servidor Fedora 11 de maneira fácil e funcional

Convertendo o HP Pavilion dv2000 ao Ubuntu

Request Tracker 3 - Ticketing system

Instalação do Asterisk - Distribuição Trixbox

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 03/09/2020 - 13:12h


Muito bom. Está bem completo.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[2] Comentário enviado por viroguim em 05/09/2020 - 16:39h

Muito maneiro, tutorial excelente !!
Obrigado.

[3] Comentário enviado por baza em 24/09/2020 - 18:22h

Difícil encontrar um tutorial sobre o assunto com esta qualidade!
Após longo tempo consegui instalar no meu Linux Mint 20. No final o deu problemas com o phpmyadmin que resolvi da seguinte forma:
Voltei a instalação do phpmyadmin respondendo "não" a 2a.pergunta, visto que já tinha banco de dados no mysql. Depois editei o arquivo /etc/apache2.config
adicionando a seguinte linha no final: Include /etc/phpmyadmin/apache.conf
Finalmente é necessário reiniciar o apache 2 com sudo service apache2 restart
Aí coloque no browser http:localhost/phpmyadmin e surgiu a tela que tanto queria!
Abraço e obrigado!

[4] Comentário enviado por mauricio123 em 24/09/2020 - 23:53h


[3] Comentário enviado por baza em 24/09/2020 - 18:22h

Difícil encontrar um tutorial sobre o assunto com esta qualidade!
Após longo tempo consegui instalar no meu Linux Mint 20. No final o deu problemas com o phpmyadmin que resolvi da seguinte forma:
Voltei a instalação do phpmyadmin respondendo "não" a 2a.pergunta, visto que já tinha banco de dados no mysql. Depois editei o arquivo /etc/apache2.config
adicionando a seguinte linha no final: Include /etc/phpmyadmin/apache.conf
Finalmente é necessário reiniciar o apache 2 com sudo service apache2 restart
Aí coloque no browser http:localhost/phpmyadmin e surgiu a tela que tanto queria!
Abraço e obrigado!


bacana cara.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts