Instalar Minecraft, League of Legends e Fortnite no Linux

Instalação dos jogos Minecraft, League of Legends e Fortnite em sete distribuições Linux: Debian, Ubuntu, Arch Linux, Linux Mint, Manjaro, Fedora e OpenSUSE.

[ Hits: 1.659 ]

Por: Buckminster em 11/11/2021


Introdução



As instalações foram testadas nos sistemas operacionais indicados, sendo que, após as instalações, os jogos em funcionamento foram gravados em vídeo. Foi priorizada a parte técnica das instalações concernente aos erros que foram acontecendo. Tais erros não estão demonstrados no artigo.

As instruções das instalações podem parecer longas, mas quando executadas na prática você verá que é tudo muito rápido. Em 10 minutos, mais ou menos, você instala qualquer jogo, descontando o tempo de download dos jogos em si.

O artigo foi revisado com cuidado, mas caso alguém perceba algum erro poste nos comentários.

Leia todo o artigo antes de sair executando comandos tipo um maluco dando chineladas numa barata imaginária. Reforçando a máxima: LEIA O ARTIGO ANTES DE SAIR EXECUTANDO COMANDOS.

As distribuições utilizadas foram: Debian (no notebook), Ubuntu, Linux Mint, Arch Linux, Manjaro, openSUSE e Fedora.

Lembrando que quando estiver o símbolo $ (cifrão) antes do comando é porque deve ser executado como usuário e quando estiver o símbolo # (cerquilha, sharp, jogo da velha etc) é porque o comando deve ser executado como root, apesar de que como root quase não foi utilizado.

Quando for para utilizar sudo, estará no comando.

Coloquei as imagens dos jogos funcionando em cada sistema para mostrar que as instalações deram certo.

Com o Wine instalado e funcionando como deve, você pode instalar outras plataformas de jogos além do Lutris. E recomendo que tenha bastante espaço no HD (ou SSD). No mínimo uns 150 GB para os jogos. O Fortnite sozinho (que ainda não funciona muito bem no Linux), por exemplo, tem 35.5 GB de tamanho, o League of Legends tem 2,5 GB e por aí vai. Caso você resolva instalar outros jogos depois, recomendo ter a pasta pessoal /home com uns 150 GBs, ou mais. Caso não tiver muito espaço em home pode fazer as instalações, mas depois terá que ir deletando um jogo para liberar espaço e instalar outro.

São várias páginas no artigo, mas está dividido por instalação, cada página tem a instalação dos jogos que é a mesma para um, dois ou mais sistemas semelhantes. Quando a instalação for para somente um sistema estará no título. Caso quiser, após ler esta Introdução, vá direto na página do teu sistema.

As instalações foram salvas na pasta Games. Caso não tiver, crie uma em /home/usuário/Games (em usuário vai o nome de usuário de cada um).

sudo mkdir ~/Games

Lembrando que ~/ (til barra) no Linux significa a pasta do usuário, o mesmo caminho de: /home/usuario.

Para registrar um usuário e poder usar o sudo:

# [aptitude] [pacman] [zypper] [dnf] [etc] install sudo

Depois entre no arquivo /etc/sudoers:

# nano /etc/sudoers

Abaixo da linha:

root ALL=(ALL:ALL) ALL

Acrescente a linha

usuario ALL=(ALL:ALL) ALL  #em usuario coloque o nome do usuário registrado no sistema, é aquele nome que você coloca na instalação do sistema

Em alguns sistemas estará root ALL=(ALL) ALL. Repita como está após root, deixando assim:

usuario ALL=(ALL) ALL

Exemplo:

root ALL=(ALL:ALL) ALL
percival ALL(ALL:ALL) ALL

ou:

root ALL=(ALL) ALL
percival ALL=(ALL) ALL

Como são várias distribuições optei por instalações que se adequassem à maioria delas, respeitando as particularidades de cada uma. A base das instalações são praticamente as mesmas: atualizar o sistema, atualizar os drivers da placa de vídeo, instalar as dependências e instalar os programas.

As instalações do League of Legends e do Fortnite foram diferentes da instalação do Minecraft. Para o LoL e o Fortnite as instalações do Wine e do Lutris são exatamente as mesmas, só muda depois na hora de acessar o link de cada jogo e instalá-lo.

Uma vez instalados o Wine e o Lutris funcionando redondo depois é só procurar um jogo do seu interesse.

Para o League of Legends e o Fortnite funcionarem a contento deve se estar com o drivers gráficos (drivers da placa de vídeo) atualizados, isso é muito importante. Aqui não será mostrado como fazer, pois a variedade de placas de vídeo é grande e cada um que cuide da sua. Porém, serão dadas instruções gerais de como fazer isso.

Terá de ter um bom hardware e uma boa conexão de internet para poder jogar depois de instalado.

Todas essas instalações de Wine, Lutris, dependências etc, que foram feitas para o League of Legends foram aproveitadas também para o Fortnite (que instala, mas não funciona muito bem no Linux, às vezes nem funciona) e para vários outros jogos que você encontrará no Lutris e/ou no Wine.

Na página 10 "League of Legends e Fortnite no Arch e no Manjaro" tem uma lista de dependências para consulta que se adequam à maioria das distribuições.

Foram utilizados um notebook Dell Vostro 3550 e um PC com uma configuração um pouco melhor.

Para certos jogos é imprescindível uma excelente (e cara) máquina e uma excelente velocidade de internet.

Notebook:
  • Processador Intel Core i5 2.40 GHz
  • Placa de vídeo integrada Intel 2nd Generation
  • 8 GB de RAM

PC:
  • Processador AMD FX (tm) Six-Core 3.30 GHz
  • Placa de vídeo offboard GeForce GTX 1050 Ti
  • 8 GB de RAM

Espero que apreciem o esforço e não fiquem choramingando depois que "ah a instalação não deu certo".

Leia com calma, faça passo a passo, quando "pegar o jeito" verá que é tudo muito fácil e rápido.

Procurei fazer as instalações de um modo que abrangesse vários sistemas com suas derivações.

Eu sei que erros acontecerão durante as instalações, mas faça com calma, veja o retorno das mensagens após cada comando.

Caso teu sistema não esteja elencado nas instalações, terá uma instalação de um sistema parecido que se adequará.

Agora é com vocês!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Minecraft no Debian, Ubuntu, Mint e derivados
   3. Minecraft no Arch, Manjaro e derivados
   4. Minecraft no OpenSUSE
   5. Minecraft no Fedora
   6. League Of Legends e Fortnite no Debian
   7. League Of Legends e Fortnite no Ubuntu e Mint
   8. League Of Legends e Fortnite no OpenSUSE
   9. League of Legends e Fortnite no Fedora
   10. League of Legends e Fortnite no Arch e no Manjaro
   11. Telas de instalação do Fortnite
   12. Conclusões
Outros artigos deste autor

Redes de Computadores · IPtables · Endereços IPs - Explicações básicas

Manual traduzido do Squid - Parte 2

Manual do IPtables - Comentários e sugestões de regras

Como um monte de letras de um código fonte transforma-se em voltagens?

DHCP com controle de IP e compartilhamento no Debian Squeeze

Leitura recomendada

Hippo Viewer: Cliente para acesso a mundos virtuais

Jogando Xadrez online e gratuitamente no Linux

Jogos no Arch Linux - Porque nem tudo é tela preta!

Jogos de PS1 no GNU/Linux com Dualshock 3

Brutal DOOM no Linux (com Freedoom)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 11/11/2021 - 20:02h

Baita artigo! O mais completo sobre o assunto que já vi.

[2] Comentário enviado por Buckminster em 16/11/2021 - 23:25h


[1] Comentário enviado por fabio em 11/11/2021 - 20:02h

Baita artigo! O mais completo sobre o assunto que já vi.


Obrigado, Fabio.

[3] Comentário enviado por Jodyfurt em 30/11/2021 - 04:34h


instalações de Wine, Lutris, dependências etc, que foram feitas para o League of Legends foram aproveitadas também para o Fortnite https://www.mybalancenow.kim/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts