Instalando o asterisk no Debian GNU/Linux

Este tutorial pretende explicar os procedimentos básicos de instalação do asterisk num servidor rodando Debian Sarge e com somente o sistema básico instalado.

[ Hits: 42.643 ]

Por: Anderson Leite em 31/08/2006


Começo, meio e fim :)



O sistema de testes foi um Debian GNU/Linux (SARGE) com somente o sistema base instalado, mas os passos são os mesmos para qualquer distribuição, mudando somente a forma de satisfazer as dependências de pacotes.

Nota: Se pretende atualizar o kernel, a melhor opção é fazer isto antes de qualquer procedimento de instalação do asterisk, uma vez que ele usa os fontes do kernel para compilar a sua versão totalmente compatível com ele.

1. Instalar o pacote cvs:

# apt-get update
# apt-get install cvs


Aceite as configurações padrão e estaremos prontos para utilizar o CVS.

2. Baixar os pacotes do asterisk via CVS:

Ir ao diretório onde serão armazenados os códigos-fonte:

# cd /usr/src/

Exportar a variável com login, senha, host e diretório de onde o CVS irá buscar os arquivos:

# export CVSROOT=:pserver:anoncvs:anoncvs@cvs.digium.com:/usr/cvsroot

Solicitar que o CVS baixe as versões mais atuais dos pacotes necessários:

# cvs checkout zaptel libpri asterisk

Para instalar os pacotes extras (não necessários no momento), utilize:

# cvs checkout asterisk-sounds asterisk-addons

Update (04/07/2006): Desde novembro de 2005 o site do asterisk não suporta mais downloads via CVS, em seu lugar atualmente é utilizado o subversion, então, vamos instalar o pacote do subversion:

# apt-get install subversion

Após isto, basta obter os fontes atualizados da libpri, do zaptel e do asterisk:

# svn checkout http://svn.digium.com/svn/asterisk/branches/1.2 asterisk-1.2
# svn checkout http://svn.digium.com/svn/zaptel/branches/1.2 zaptel-1.2
# svn checkout http://svn.digium.com/svn/libpri/branches/1.2 libpri-1.2


Compilar/instalar o módulo zaptel:

# cd zaptel

OBS: Caso possua um processador Intel superior ao Pentium II, habilite o suporte às instruções MMX, editando o arquivo zconfig.h dentro do diretório zaptel e trocando a linha:

      /* #define CONFIG_ZAPTEL_MMX */

por:

      #define CONFIG_ZAPTEL_MMX

IMPORTANTE: Se estiver utilizando placas que utilizem o driver tormenta2 (no meu caso aqui estou utilizando as Xilinx 400P), baixe este arquivo e substitua pelo que se encontra em /usr/src/zaptel. Este arquivo é para um upgrade do firmware da placa.

Depois disso vamos proceder normalmente com a compilação:

# make clean
# make
# make install
# make config
# update-rc.d zaptel defaults 99


Compilar/instalar a libpri:

# cd ..
# cd libpri
# make clean
# make
# make install


Compilar/instalar o asterisk:

# cd ..
# cd asterisk
# make clean


OBS: na minha instalação foi necessário instalar antes alguns pacotes, então já fica a dica, se tiver o mesmo problema, manda um:

# apt-get install termcap-compat libedit-dev libedit2 libssl-dev zlib-bin zlib1g-dev mpg123 libnewt0.51 newt-tcl libnewt-dev

Sem pestanejar, isso deve resolver teu problema. Feito isto, vamos prosseguir com a compilação do asterisk:

# make

Nota: isto deve demorar um pouco, dependendo da máquina que possua, na minha máquina de testes (Um Intel Xeon 2.8 com 2GB de RAM e disco SCSI Ultra320 de 10k RPM) a compilação inteira durou cerca de 10 minutos, no livro "Asterisk: O futuro da telefonia" há relatos de compilação em um Pentium 133 que durou 5 horas.

Se tudo for compilado com sucesso, no fim do processo você verá uma mensagem parecida com esta:
       +--------- Asterisk Build Complete ---------+
       + Asterisk has successfully been built, but +
       + cannot be run before being installed by   +
       + running:                                  +
       +                                           +
       +               make install                +
       +-------------------------------------------+
Então, vamos fazer o que ele manda:

# make install

Agora vamos copiar o script de inicialização:

# cp contrib/init.d/rc.debian.asterisk /etc/init.d/

E adicionar as entradas dele na inicialização do sistema:

# update-rc.d rc.debian.asterisk defaults 99

Setar a permissão de execução aos scripts que copiamos anteriormente para o /etc/init.d:

# chmod +x /etc/init.d/rc.debian.asterisk
# chmod +x /etc/init.d/zaptel


E pronto, seu asterisk está instalado e pronto para rodar, faltando apenas a configuração propriamente dita, em /etc/zaptel.conf e /etc/asterisk.

   

Páginas do artigo
   1. Começo, meio e fim :)
Outros artigos deste autor

Squid autenticado no Active Directory com Winbind

Servidor de e-mail completo

Leitura recomendada

LPI - Certificação Profissional Linux

obshutdown, Shutdown Menu para OpenBox

Atualizando seu Gnome para o 2.6 experimental no Debian

A história do ogg na web

Como conheci o GNU/Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por agk em 31/08/2006 - 20:24h

Excelente artigo sobre instalação, está faltando agora alguém explicar como configurar e usar este software. Alguns cases também seriam interessantes.
No mais está de parabéns.

[2] Comentário enviado por arcosta em 03/09/2006 - 00:06h

Recomendo para aqueles que querem só "da uma olhada" ou até mesmo so dar uma testadinha usar o apt-get install asterisk o que não é recomendado pra um servidor de produção mas é bem mais rápido de se colocar no ar.

[3] Comentário enviado por cooperrj em 24/03/2007 - 21:15h

Nas versoes 1.4 tem que dar './configure' antes do 'make'...

Estou agora na parte do make, vou tomar aquele cafezinho e amanha eu volto pois estou fazendo isso em um pentium 2 350mhz com 256 de memoria, vai levar um tempinho legal, mas tudo bem =D

[4] Comentário enviado por cooperrj em 24/03/2007 - 22:39h

So para atualizar o nosso registro de tempo, na configuração da maquina acima (PII 350mhz com 256 de memoria) ele levou 1:30 para compilar tudo.

Otimo tutorial mano, deu super certo no kurumin 7...

Abraços.

[5] Comentário enviado por PeacePrince em 25/05/2007 - 17:44h

Vou testar esse FDS no meu Celeron 733, 128 de RAM... acho que vai ser demorado hehehe ...

[6] Comentário enviado por aripjr em 17/08/2007 - 17:43h

olá, o artigo é muito bom,mas tive problemas logo no zaptel , especificamente no make clean.Recebi a mensagem:
usr/src/zaptel-1.2#make clean
rm -f torisatool makefw tor2fw.h radfw.h
rm -f ztcfg torisatool ztmonitor ztspeed ztspeed zttest fxotune
rm -f patgen pattest patlooptest hdlcstress hdlctest hdlcgen hdlecverify timertest
rm -f *.o ztcfg tzdriver sethdlc sethdlc-new
rm -f zonedat.lo tonezone.lo libtonezone.so *.lo
make -C SUBDIRS=/usr/src/zaptel-1.2 clean
make:*** SUBDIRS=/usr/src/zaptel-1.2: No such file or directory. Stop.
make:*** [clean] Error 2

o que significa? crie o link simbolico , editei o Makefile e ainda não consigo compilar ?

[7] Comentário enviado por ronda em 25/10/2007 - 13:05h

Vc deve executar assim "./configure make clean", essa dica está em um comentário acima.

[8] Comentário enviado por forumpec em 02/09/2008 - 17:24h

caros amigos;

estou recebendo a mensagem que não existe esse servidor cvs.digium.com, qual seria outra alternativa ou outro servidor, obrigado pela atenção de todos

[9] Comentário enviado por leandrodeltorto em 25/06/2009 - 12:49h

SOCORRO quando Digito Make ou make install para compilar o zaptel o libpri e o asterisk esta dando erro 127, alguem poderia me ajudar
Grato

[10] Comentário enviado por adilsom em 08/04/2010 - 10:46h

Ola, coloque o erro aqui, assim podemos jaudar melhor.

Adilson Magnu
http://magnussolution.com
Voip Billing


Contribuir com comentário