Instalando o Adminer, do jeito certo, no Debian

Aqui mostrarei o "jeito Debian" de instalar o Adminer, a ferramenta WEB que gerencia seu banco de dados.

[ Hits: 4.470 ]

Por: Cézar Augusto em 21/09/2020 | Blog: https://cizordj.github.io


Introdução



O Adminer, formalmente conhecido como PhpMinAdmin, é uma ferramenta para administração de banco de dados que trabalha no contexto WEB.

Muitos tutoriais por aí ensinam a instalar o Adminer direto do código-fonte, em um único arquivo, sem mencionar que existe o pacote do mesmo programa para o Debian com todas as configurações prontas.

Neste tutorial, eu vou mostrar como instalar e configurar o Adminer no estilo Debian.

Instalação do Pacote

Vamos assumir que você já tenha o Apache2 e algum banco de dados instalados, caso não tenha, eu sugiro que a instalação seja feita por esse comando:

# apt-get install default-mysql-server apache2

Agora, instale o Adminer com esse comando:

# apt-get install adminer --yes-install-recommends

Durante a instalação, o Adminer será compilado em um único arquivo, arquivo esse que você encontra no local /usr/share/adminer/adminer.php.

Não mexa nesse arquivo.

Configuração do Apache

O pacote Adminer traz, por padrão, um arquivo de configuração pronto para ser usado com o servidor Apache, ele vai estar nesse local: /etc/apache2/conf-available/adminer.conf.

Para fazer com que o Apache utilize esse arquivo, dê os seguintes comandos:

# a2enconf adminer
# systemctl reload apache2

A partir de agora, você pode acessar a interface do Adminer no seu navegador a partir do endereço: http://localhost/adminer

Se você quiser, você pode mudar a URL padrão, por questões de segurança, a partir do arquivo de configuração que acabamos de habilitar. Abra-o e altere o alias para a URL desejada.

# vim /etc/apache2/conf-enabled/adminer.conf


Alias /URL_IMPOSSIVEL_DE_ACHAR /etc/adminer

<Directory /etc/adminer>
  Require all granted
  DirectoryIndex conf.php
</Directory>

Após a alteração desse arquivo, recarregue o Apache.

# systemctl reload apache2
Linux: Instalando o Adminer, do jeito certo, no Debian

Perfumaria

Se você é um camarada que gosta de embelezar as coisas, você pode baixar temas customizados para a interface do seu Adminer. Para isso, vá até o site:
...e baixe o CSS do tema que mais lhe agrada. No meu caso, eu baixei o tema Pepa-linha-dark pois é o tema que possui o visual mais consistente.

# wget https://raw.githubusercontent.com/pepa-linha/Adminer-Design-Dark/master/adminer.css

Na documentação, diz que você deve colocar o "adminer.css" do lado do "adminer.php", porém isso não funciona no Debian. O local correto é o /etc/adminer, onde fica o arquivo "conf.php":

# mv adminer.css /etc/adminer/

Se você atualizar a página, vai ver que o Adminer agora está customizado.
Linux: Instalando o Adminer, do jeito certo, no Debian
É isso, para fazer login no Adminer, crie um usuário no banco de dados e dê a ele as permissões necessárias para fazer o login, lembrando que não é recomendado entrar como root, pois pode expor muita coisa sobre o teu banco de dados na WEB.

Fontes

Arquivos de documentação no pacote do Adminer:
  • /usr/share/doc/adminer/readme-designs.txt
  • /usr/share/doc/adminer/readme.txt
  • /usr/share/doc/adminer/README.Debian

Testado no Debian Bullseye.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Como Desbloquear o Bootloader em Celulares Samsung

Como Modificar a Tela do Bootloader do Android

i3 para computadores antigos

Apresentando o Molotov

Como fazer root em aparelhos Samsung

Leitura recomendada

Configurando o X.org

Debian sem Systemd

Configurando wvdial com Gnome-ppp no Slackware

Bind9 em chroot no Debian Lenny

Audacity - Editando áudios sem instalação

  
Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 21/09/2020 - 18:15h


Bem legal.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[2] Comentário enviado por diegomrodrigues em 23/09/2020 - 07:17h

Muito interessante o Adminer (PhpMinAdmin). Irei testar.

Abraço,
Diego M. Rodrigues


Contribuir com comentário